Diversidade de técnicas e artistas plásticos compõem a 1ª Mostra de Artes Figueiredo

Diversidade de técnicas e artistas plásticos compõem a 1ª Mostra de Artes Figueiredo

Diversidade de técnicas e artistas plásticos de várias gerações e origens compõem a 1ª Mostra de Artes Figueiredo
No próximo dia 24 de setembro a galeria Sérgio Caribé, na capital paulista, recebe a vernissage da 1ª Mostra de Artes Figueiredo, quem tem como curador o colecionador de artes e marchand Fernando Figueiredo.

A exposição das obras deriva do trabalho de seleção assinado por Figueiredo, que também atua no mundo das artes como orientador de carreira de diversos artistas plásticos. A curadoria da 1ª Mostra de Artes Figueiredo contempla uma diversidade técnica e de estilos, que envolve 30 artistas de diferentes gerações, estágios na carreira e nacionalidades. “A abordagem da mostra permite mostrar aos admiradores das artes uma leva de profissionais com potencial de crescimento ou aqueles que já alcançaram um patamar mais elevado em sua área de atuação”, explica Figueiredo. “Nosso intuito é mostrar que existe arte de excelente qualidade para todos os gostos”, complementa o curador.

Leia também:  1ª Mostra de Artes Figueiredo foi um sucesso: veja fotos, artistas e obras.

Diversidade de técnicas e artistas plásticos compõem a 1ª Mostra de Artes FigueiredoDiversidade de técnicas e artistas plásticos compõem a 1ª Mostra de Artes FigueiredoDiversidade de técnicas e artistas plásticos compõem a 1ª Mostra de Artes Figueiredo

Entre os artistas que compõem a 1ª Mostra Figueiredo está Israel Macedo, jovem escultor paulista que já alcançou o reconhecimento internacional por suas obras, pela originalidade e criatividade no uso das técnicas que envolvem a utilização argila e a incorporação de materiais como bronze, latão, estanho e pedra, entre outros, para o acabamento de esculturas lúdicas. Premiado durante a 8ª edição da Bienal Internacional de Arte em Roma e representado por galerias nos Estados Unidos, França e Suíça, Macedo traz para a mostra as obras L’Artiste e Theresa, resultante do sucesso do artista com suas esculturas no formato de maçãs.

Passando para as telas, a pintura hiperealista e surrealista da artista Sônia Menna Barreto também compõe a primeira edição da Mostra de Artes Figueiredo. Primeira artista brasileira a ter uma obra incluída na Royal Collection da família real britânica, Sônia demonstra seus traços cuidadosos e perfeitos com a obra Varrição onde retrata sua maleabilidade no uso de técnicas mistas.

Radicada no Brasil desde a década de 70, a artista plástica portuguesa Odete Figueiredo se apropria da escultura orgânica para promover a forma de suas peças em inspirações que remetem as formas da natureza como o mar ou a vegetação. Durante a mostra, Odete será representada por duas esculturas, sendo uma delas uma mulher com sombrina batizada com o nome Charlotte.

Diversidade de técnicas e artistas plásticos compõem a 1ª Mostra de Artes FigueiredoDiversidade de técnicas e artistas plásticos compõem a 1ª Mostra de Artes Figueiredo

Outro destaque da 1ª Mostra de Artes Figueiredo é a artista Magda Colares. Após 10 anos sem expor, ela retorna com as obras Maternidade e Força, revelando o expressionismo de sua pintura onde destaca as formas junto às ideias que deseja transmitir em cada uma das telas.

Representando a arte internacional, o búlgaro Iskren Semkov expressa sua sensibilidade no uso das técnicas de pintura a óleo sobre a tela na obra surrealista Sea Memory. No Brasil desde 1973, o francês Dominique Lecomte, que reúne em sua carreira trabalhos de pinturas e esculturas, revela a maturidade de suas técnicas com a tela Cavalo Marinho.

Junto com a exposição das peças também será lançado o livro com as peças que compõem a primeira edição da mostra, com obras de Sônia Menna Barreto e Israel Macedo na Capa. Ao todo, a exposição apresentará duas obras de cada um dos 30 artistas relacionados.

Veja a relação de todos os artistas que estarão presentes na 1ª Mostra de Artes Figueiredo:

Alejandro Laprovitta (Argentina) – Pintura figurativa contemporânea
André Amaral (Brasil) – Escultura Figurativa com expressões fortes e marcadas
Anna Guerra (Brasil) – Pintura contemporânea que remete ao Frevo
Clau A (Cláudia de Angelis, Brasil) – Esculturas onde o objeto principal são mulheres gordinhas em formas sensuais
Claudia Fernandes (Brasil) – Escultura, é considerada uma das melhores retratistas do Brasil e durante a Mostra apresentará dois seres mitológicos: Netuno e Bacco
Claudio Souza Pinto (Brasil) – Pintura surrealista e romântica em óleo sobre linho
Dominique Lecomte (França) – Pintura Surrealista
Drica Queiroz (Brasil)– Escultura em vidro – considerada uma das principais escultoras da nova geração
Edu Cardoso (Brasil) – Pintura figurativa, faz uso de temas como a mitologia e folclore brasileiro
Felippe Mohr (Brasil) – Pintura com traços cubistas
Felix Perdomo (Venezuela) – Pintura surrealista
Gil Sibin (Brasil) – fotógrafia

Iskren Semkov (Bulgária) – Pintura surrealista
Israel Macedo (Brasil) – Escultura lúdica, traços acadêmicos perfeitos e temas lúdicos
Kika Goldstein (Brasil) – Pintura POP
Levy Pinotti (Brasil) – Artista essencialmente acadêmico, apresenta telas com surrealismo
Magda Colares (Brasil) – Pintura expressionista contemporânea, focada em partes para destacar as formas e a ideia a ser transmitida
Magrini (Alexandra Magrini Nunes, Brasil) – Pintura Pop com influência de street art
Maramgoní (Waldemar Maramgoní Júnior, Brasil) – Pintura inspirada no movimento urbano, as duas telas da mostra retratam cenas de São Paulo
Marcelo Neves (Brasil) – Escultura, tem suas obras pautadas na admiração das formas da anatomia de figuras humanas gordinhas
Margarita Farré (Espanha)– Escultura, realiza obras figurativas e foca na forma sem demasiados detalhes
Milton Mota (Brasil) – Pintura Optical Art, onde cria ilusão de ótica em suas obras
Odete Figueiredo (Portugal) – Escultura orgânica, usa as formas da natureza como o mar ou vegetação para criar as formas de suas peças
Paulo Cabral (Brasil) – Pintor acadêmico, pinta quase sempre mulheres, muitas nuas com perfeição fantástica
Ramon Chirinos (Venezuela) – Pintura contemporânea figurativa em poucas cores
Rose Fernandes (Brasil) – Pintura realista da natureza, retrata luz e sombras tão claras que se assemelham à fotografias
Simone Schaustz (Brasil) – Pintura abstrata contemporânea com textura em tela aplicada ponto a ponto
Sônia Menna Barreto (Brasil) – Pintura Hiper-realista e surrealista
Vera Ferro (Brasil) – Aquarelas
Vera Toledo (Brasil) – Pintura figurativa contemporânea

Diversidade de técnicas e artistas plásticos compõem a 1ª Mostra de Artes Figueiredo

Vernissage: 1ª Mostra de Artes Figueiredo
Data: 24/09. Após a vernissage, a exposição acontecerá entre os dias 24/09 a 04/10
Horário da venissage em 24/09: das 16h às 22h
Horário da exposição: 9 às 18h.
Local: Galeria Sérgio Caribé
Rua João Lourenço, 79 – Vila Nova Conceição – São Paulo (SP)

Diversidade de técnicas e artistas plásticos compõem a 1ª Mostra de Artes Figueiredo

Leia também:  1ª Mostra de Artes Figueiredo foi um sucesso: veja fotos, artistas e obras.

Via Artes Figueiredo

Publicação: 13 de setembro de 2011

AUTOR

Fernando é colecionador, marchand e relações públicas de artistas, fundador do Artes Figueiredo que orienta e desenvolve carreiras artísticas assim como aconselha e orienta compradores e investidores em arte.

COMENTÁRIOS

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Leia o post anterior:
editorial-crochet1
Coletes, boleros e casaquinhos de crochê – Modelos, gráficos e receitas

Peças e detalhes em crochê são itens fundamentais para o romantismo do Verão 2012. Muitas grifes internacionais apostam nos looks...

Fechar