Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Por Teté Almeida

Quando o assunto é fotografia de moda, geralmente se pensa em produções em larga escala, entretanto, o argentino Gustavo Di Mario produz com muita simplicidade imagens com grande forca de expressão, quase sempre um encontro do fotógrafo e o ser fotografado.

Gustavo já realizou trabalhos de publicidade para marcas como Adidas, Mastercard, Nissan entre outros. Colabora em editoriais nas principias revistas de moda argentinas e também em revistas internacionais como Nylon, Vogue, ELLE, Arena Homme Plus…

Em 2007, lançou seu primeiro livro de fotos – o “Potrero” – que entra no mundo do futebol amador argentino. Nos próximos meses será lançado “Gauchos” retratando típicos homens do campo, da região de Buenos Aires. Estes trabalhos são um belo convite a cultura argentina através de sua poética lente.

Segue uma entrevista exclusiva para que você conheça um pouco mais acerca deste original fotógrafo e seu trabalho.

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

1- Como foi o seu início na fotografia?

GM: Tirando fotos dos meus amigos e de gente usando roupas de amigos estilistas.

2- Gauchos é uma série em que você trabalha desde 2004, como surgiu a idéia do projeto?

GM: Todas as minhas fotos surgem de casualidade, encontro por acidente, diria.

3- Seus retratos trazem uma visão intimista destes homens do campo. Como você faz para se aproximar de gente que não conhece e obter deles confiança para tirar as fotos?

GM: Passo dias com eles e já me conhecem depois de algum tempo, mas também tem o fator surpresa, o homem gaucho é uma pessoa orgulhosa de si mesmo, de sua tradição, etc.

4- Em seu primeiro livro “Potrero”, Diego Maradona escreveu o prólogo, como foi isso?

GM: Isso foi por parte de Gustavo Santaollaya que indicou a pessoa certa para escrever um texto, em um livro de fotografia sobre futebol.

5- Existe um paralelo entre seus trabalhos de moda/publicidade e seus projetos pessoais?

GM: Creio que na moda busco o mesmo que no resto das coisas: originalidade, frescor, rostos.

6- Com tantos anos de experiência, como vê o cenário fotográfico argentino?

GM: Muito chato, muito igual, pouca busca de identidade, muito gringo, claro que há exceções e também não conheço tudo.

7- Falando em inspiração, quais são suas referências?

GM: Fotógrafos de outras épocas, retratistas. Para nomear alguns: Pierre Verger, que fotografou muito tempo na Bahia, Malick Sedibe, Mario Sorrenti.

8- Quais são seus projetos futuros?

GM: Seguir tirando fotos. Agora estou fazendo um trabalho sobre o norte argentino, mas gostaria de ir para algum país árabe.

9- O que você mais gosta do Brasil?

GM: A alegria é brasileira! O samba, ritmo que “mata”! Minha avó foi criada no bairro do Catete no Rio de Janeiro e tenho muito dela. Sou apaixonado por esse bairro, pelo idioma, por estar com pouca roupa, pelos beijos… Poder estar tomando cerveja toda tarde, levantar e caminhar sem destino…

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Rápidas:

– Seu lugar favorito no mundo: Muitos! Índia, Nova York, Calábria, Córdoba, Missiones, Morere, Sri Lanka…

– Músicas que mais anda escutando ultimamente: “2 a 2” de Gal Costa e “Bajo la Luna” de Celia Cruz.

– Um filme que recomenda: “Je t ‘aime Moi Non Plus” e “Domésticas”.

– Um lugar que recomenda: Em Buenos Aires: Bar San Juan no bairro de San Telmo. No Brasil: um lugar para bailar salsa, na Lapa, não me lembro o nome.

http://www.gustavodimario.com/

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Entrevista com o fotógrafo de moda argentino Gustavo Di Mario

Por Teté Almeida

Teté Almeida se formou em História pela Universidade Estadual de Londrina em 2007, onde já realizava atividades na área de comunicação. Em 2008 se mudou para Buenos Aires, estudou fotografia básica na Escuela de Fotografia de La Boca e Fotografia e Produção de Moda na Universidad de Palermo. Desde que chegou realiza cobertura dos principais eventos na área de música, moda e arte para diferentes meios de comunicação argentinos. Atualmente trabalha como fotógrafo para o jornal inglês ‘The Argentimes’ e agora esta feliz em fazer parte do Fashion Bubbles.
E-mail: w_tete@hotmail.com

Publicação: 27 de outubro de 2008

AUTOR

Colaboradores do Fashion Bubbles

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
mascaras-gregas
Máscaras: as relíquias do teatro grego

O carro de Thespis, cheio de máscaras, é uma convenção lendária confirmada pela existência de mármores atenienses onde se lê...

Fechar