Moda, Arte e Filosofia – Curso traz relações e diálogos para criação

Escritor e pesquisador em filosofia, Brunno Almeida Maia, realiza curso na FAAP, com base em metodologias arqueológicas e cartográficas.  As inscrições estão abertas

A Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) realiza o curso Moda, Arte e Filosofia, que propõe uma leitura do momento atual, a partir da relação entre Moda, Arte e Filosofia, apoiando-se nas metodologias arqueológicas e cartográficas. O curso será apresentado pelo pesquisador em filosofia, Brunno Almeida Maia, entre os dias 21 de março a 04 de abril.

Moda, Arte e Filosofia   Curso traz relações e diálogos para criação Moda, Arte e Filosofia   Curso traz relações e diálogos para criação

“O arqueólogo é aquele que procura o que não somos mais, em termos de cultura, economia, política, arte e pensamento. O cartógrafo, por seu turno, é aquele que, ouvindo os sinais das ruas, percebe e antecipa o que está em vias de se produzir numa sociedade e numa determinada época”, argumenta Almeida Maia, que desenvolve pesquisa sobre o diálogo entre Literatura e Moda desde o ano de 2012.

Num trabalho de abertura do pensamento – por meio da filosofia, a história da arte, da fotografia, do cinema e da literatura – o principal objetivo do curso é transformar o olhar – muitas vezes intuitivo e sem apuro metodológico – para a relação entre a Moda e a História, entendendo o passado como uma potência para a prospecção – futuro – na criação. Neste sentido, cada aula terá um tema, como a Moda e a Arte, a Moda e o Corpo, a Moda e a História, a Moda e a Narrativa, a Moda e a Imagem e a Moda e a Memória, que pretende instigar nos estudantes a observação que o ato de vestir-se vai além de mera estética, e engloba questões mais profundas sobre o contemporâneo, o nosso tempo e a nossa cultura.

Saiba mais sobre o trabalho do Brunno Almeida em: Moda e Filosofia em 4 grandes questões para entender a força do espírito do tempo (Zeitgeist) da Moda.

Moda, Arte e Filosofia   Curso traz relações e diálogos para criaçãoEm entrevista especial para o Fashion Bubbles,  o escritor e pesquisador em filosofia, Brunno Almeida Maia,  apresenta de forma didática, quatro grandes questões da Moda: Filosofia, Imagem e Narrativa, o arqueólogo e o cartográfico e como tudo isso interfere em sua realidade com muitos exemplos.

Olhar intuitivo

Autor dos livros “O Teatro de Brunno Almeida Maia” (Ed. Giostri, 2014), “Moda Vestimenta Corpo” (Ed. Estação das Letras e Cores, 2015), e “São Paulo em Palavras” (Ed. Aquarela Brasileira, 2017), o filósofo pretende destacar a nova fase do projeto de pesquisa, a partir da costura de diversos autores – entre os quais Walter Benjamin, Guy Debord, Gilles Lipovetsky, Roland Barthes, Friedrich Nietzsche, Charles Baudelaire, Giorgio Agamben, Hannah Arendt, Gilles Deleuze, Judith Butler, Simone de Beauvoir, Donna Haraway, Michel Foucault, Jacques Rancière, Richard Sennet, Virginia Woolf, Marcel Proust. Além disso, estuda os movimentos políticos, artísticos e culturais como o Surrealismo, o Maio de 1968, os estilistas belgas do The Antwerp Six (Escola da Antuérpia), os costureiros japoneses – Rei Kawakubo, Yohji Yamamoto, Issey Miyake – a Queda do Muro de Berlim, e a questão dos gêneros e sexualidades no contemporâneo.

Segundo Brunno Almeida Maia, desde 2012, sua pesquisa investiga a questão da narrativa, tanto presente nas obras de ficção, como numa criação de Moda. “A escolha   de um   possível diálogo entre Moda, Arte e Filosofia, por meio da história, consiste neste desejo em decifrar as constelações que conjugam uma atitude visionária, e a capacidade que temos em decifrar os sinais de mudanças históricos, pensando o processo de criação”.

Moda, Arte e Filosofia   Curso traz relações e diálogos para criação
Moda, arte e filosofia

Moda, Arte e Filosofia   Curso traz relações e diálogos para criação

 Sobre a Fundação Armando Alvares Penteado

A FAAP, que em 2017 completa 70 anos, oferece educação de qualidade, formando cidadãos conscientes e profissionais empreendedores para ocupar posições de liderança em seus respectivos mercados de trabalho. No total são seis faculdades (Artes Plásticas, Comunicação e Marketing, Administração, Direito, Economia e Engenharia) com 18 cursos de graduação, além de colégio e pós-graduação. Há sete décadas, a FAAP conserva o espírito vanguardista, consolidando-se como um importante polo de educação global, que integra arte, cultura, excelência de ensino e tecnologia.

 Na área de moda contemporânea, a FAAP é um polo de ensino e de difusão. A bem-sucedida história da instituição com esse setor, desde a criação do primeiro curso livre de modelagem nos anos 1980, resulta em cursos de graduação, pós-graduação, extensão e cursos livres. Palco de grandes desfiles e de eventos internacionais, a Fundação também criou um concurso exclusivo, o FAAP Moda, hoje em sua 13ª edição, que já faz parte do calendário fashion da cidade de São Paulo.

Sobre o pesquisador Brunno Almeida Maia     

Pesquisador em Filosofia pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), atualmente ocupa a cadeira “Expressões Artísticas Contemporâneas”, do curso técnico em Produção de Moda, do Senac Lapa Faustolo. Dedicou-se à pesquisa sobre o autor francês Georges Bataille (1897-1962); ao estudo de gêneros, sexualidades e diferenças no grupo INANNA da PUC-SP, ao pensamento nômade e à epistemologia feminista da diferença, e teoria queer, com apreço, sobretudo, por pensadores como Walter Benjamin, e outros autores da Teoria Crítica da Escola de Frankfurt. Desde 2012, ministra aulas sobre a relação entre a literatura e a moda, a partir do ponto de vista da Filosofia, ao lado do estilista brasileiro Walter Rodrigues nas Oficinas Culturais Oswald de Andrade, e, atualmente, ao lado do chapeleiro Eduardo Laurino (FASM – Faculdade Santa Marcelina), na Escola São Paulo, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, na Oficina Casa da Palavra Mário de Andrade, na Oficina Cultural Hilda Hilst, na cidade de Campinas, na Casa da Palavra Mário Quintana, em Santo André (SP), na Galeria AMDO, em Belo Horizonte (MG), no Sesc Consolação, no CPF – Centro de Pesquisa e Formação Sesc SP, no Projeto “Pano pra Manga”, do Sesc Pompéia, no projeto #ForadaModa, com co-curadoria de Fause Haten, no Sesc Ipiranga, nas Fábricas de Cultura e na Biblioteca Mário de Andrade. “O Teatro de Brunno Almeida Maia” (Editora Giostri, 2014) é o seu primeiro livro publicado. Integra a equipe de pesquisadores do volume sobre “Moda Vestimenta Corpo” (2015) da coletânea “Moda Brasileira”, da Editora Estação Letras & Cores, assinando um capítulo de análise sobre a relação da literatura e a moda no romance “Lucíola” (1862) de José de Alencar. Participa, também, da coletânea “São Paulo em Palavras”, da Editora Aquarela Brasileira (2017).

SERVIÇO:

 

Moda, Arte e Filosofia da FAAP

Data:                                       21 de março a 4 de abril/2017

Horário:                                  19h às 22h (terças e quintas-feiras)
Local:                                     FAAP

Endereço:                              Rua Alagoas, 903 – Higienópolis

Informações:                         (11) 3662-7449

Site:                                        www.faap.br/pos

& nbsp;

Moda, Arte e Filosofia   Curso traz relações e diálogos para criaçãoModa, Arte e Filosofia

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Publicação: 14 de fevereiro de 2017

AUTOR

Denise Pitta é digital Influencer e é editora do Fashion Bubbles. Estilista, formada em Moda e Artes Plásticas, atuou em diversas confecções e teve marca própria de lingeries, a Lility. Começou o blog em 2006 e está entre as primeiras blogueiras brasileiras da moda. Também desenvolve pesquisas sobre História e Identidade Brasileira na Moda e Psicologia Analítica. É apaixonada por filosofia, física quântica, psicanálise e política. Siga Denise no Instagram: @denisepitta e @fashionbubblesoficial

COMENTÁRIOS

DESCONTOS & BENEFÍCIOS

Leia o post anterior:
Prancha de garrafa PET - Donavon Frankenreiter 
Os heróis eco-friendly e a pranchas de garrafas PET

Você já parou para pensar que futuro quer construir para seus filhos, seus netos, seus afilhados ou até mesmo para...

Fechar