Tecnologia marítima nos primórdios do teatro romano

Tecnologia marítima nos primórdios do teatro romano

Da Marinha, o teatro romano herdou além do velarium que cobria o público, o siparium, cortina da boca de cena que, ao invés de subir no início do espetáculo, descia, revelando primeiro a cabeça dos atores, indo até abaixo do piso do palco. No final do espetáculo a cortina subia, fazendo desaparecer o ator dos pés para a cabeça. Este siparium era sustentado por dois mastros laterais à boca de cena. Era uma vela marítima, acionada por uma manobra marítima.

Leia matéria completa no blog do Cyro del Nero.

Publicação: 10 de outubro de 2008

AUTOR

Cyro del Nero é Professor Titular da Cadeira de Cenografia e Indumentária Teatral do Departamento de Artes Cênicas, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Artes, atuando principalmente nos seguintes temas: Cenografia, Indumentária Teatral, Ópera, Televisão, Moda e Artes Gráficas.

COMENTÁRIOS

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Leia o post anterior:
cheerleaderb_02
Conhecidas no mundo todo, as líderes de torcidas chegam ao Brasil

Corinthians x Santo André terá apresentação de cheerleaders Leia também Cheerleaders: vídeos, fotos e dicas. No esporte, as cheerleaders, conhecidas...

Fechar