Câncer de Mama – A maior preocupação na saúde das mulheres

Câncer de Mama   A maior preocupação na saúde das mulheres

O câncer de mama é uma das principais preocupações das mulheres. De acordo com dados do INCA, o Instituto Nacional do Câncer, as ocorrências dessa doença duplicaram nos último 30 anos. Segundo a Sociedade Americana de Cancerologia, mais de 11 milhões de pessoas são diagnosticadas com câncer de mama a cada ano.

Entre os principais fatores de risco comprovados cientificamente, estão o uso de anticoncepcionais orais, primeira menstruação precoce (antes dos 11 anos), menopausa tardia (depois dos 50), idade da primeira gestação (o risco é maior a partir dos 30 anos), reposição hormonal, histórico da doença na família e alta densidade do tecido mamário.

Entretanto, muitos cientistas ao redor do mundo buscam outras possíveis causas e hábitos que podem desencadear o câncer de mama. Na Europa, pesquisadores britânicos descobriram recentemente que o parabeno, substância usada como conservante em diversos cosméticos e alimentos, pode agir no organismo como o estrogênio, hormônio feminino que é comprovadamente um fator de risco de câncer de mama.

Os cientistas examinaram tecidos mamários extraídos de 40 mulheres que realizaram mastectomia – das 160 amostras, 158 apresentaram o parabeno em alguma forma. Em 96 amostras de tecido a substância foi encontrada em suas cinco formas mais comuns.

Apesar dos resultados, os cientistas envolvidos dizem que não é possível afirmar que o parabeno foi o responsável pelo câncer de mama das mulheres avaliadas. A única conclusão confirmada pelos pesquisadores é a capacidade do parabeno de ser absorvido. Quanto ao fato da substância imitar o estrogênio após a absorção, os cientistas afirmam que esse comportamento é muito fraco e está longe de causar os danos que o hormônio é capaz. O estudo foi publicado em janeiro no Journal of Applied Toxicology.

Entretanto,  há suspeitas de que componentes presentes nos desodorantes, como o alumínio e também o parabeno, podem causar câncer de mama. Na Europa muitas mulheres estão trocando de desodorante com alumínio e parabeno free. A oferta no mercado ainda é pequena, mas a demanda está crescendo. Pesquisas sobre estes componentes estão sendo feitas em  Genebra.

Leia também: Universidade de Genebra estuda a relação entre desodorantes e o câncer de mama

Câncer de Mama   A maior preocupação na saúde das mulheres

Principais sinais e sintomas do câncer de mama

  • Aparecimento de caroço que não desaparece após o início do ciclo menstrual, ou de caroço antigo que começa a crescer ou a se modificar.
  • Abaulamento (arqueamento, curvatura) da pele da mama.
  • Alteração no formato da mama
  • Secreção espontânea e persistente em um dos seios sanguinolenta ou transparente.
  • Aumento no tamanho da mama, incluindo inchaço, vermelhidão, descamação da pele.
  • Mamilo (bico do seio) invertido, com aparência de que foi escavado.
  • Pele da mama escamada ou com aparência de casca de laranja.
  • Dor localizada no seio, com duração maior que um período pré- menstrual
  • Infecção da pele que não desaparece com antibióticos, ou eczema (coceira e descamação) que continua inteiro mesmo com o uso de creme a base de corticóide.

Importância da Detecção Precoce

Não existe forma de se evitar o câncer de mama, mas é possível diminuir os índices de mortalidade pela doença. A chave é a detecção precoce, pois quando a doença é diagnosticada em estágio bem inicial a chance de cura e de não-reincidência nos próximos cinco anos chega a 98%.

Promover a detecção precoce é incentivar o auto-exame, o exame clínico de mamas e a mamografia, formas complementares de diagnosticar a doença e iniciar o tratamento rapidamente. A rotina de exames de toda mulher deve incluir esses exames, de acordo com a idade, o histórico familiar e o perfil de saúde.

O Auto-Exame

A partir dos 20 anos toda mulher precisa começar a trocar idéia sobre o auto-exame com o ginecologista. Esse profissional é o mais capacitado para dar orientações sobre como avaliar a própria mama, por meio de um procedimento que pode ser feito pela própria mulher. Porém, o auto-exame não substitui o exame realizado por profissional de saúde (médico ou enfermeiro) qualificado para essa atividade.

Câncer de Mama   A maior preocupação na saúde das mulheres
Foto: IN

O Exame Clínico

Mulheres com idade entre 20 e 30 anos devem submeter-se ao exame clínico das mamas pelo menos uma vez a cada três anos. Para as com 40 ou mais, a periodicidade diminui para um ano.

O médico irá, primeiramente, avaliar mudanças em tamanho e forma nos seus seios. Usando a ponta dos dedos, ele irá procurar por nódulos nas mamas e nas axilas e irá observar também a textura e a forma. Quando realizado por um médico ou enfermeira treinados, o exame clínico pode detectar tumor de até um centímetro, se superficial.

A Mamografia

A partir dos 40 anos a mulher já deve começar a fazer uma mamografia por ano ou pelo menos a cada dois anos. Esse é um exame da raio X capaz de detectar pequenos nódulos dois anos antes de serem percebidos no auto-exame. A mamografia ainda é o melhor método para detectar o câncer de mama.

Fonte: Instituto Avon. Clique aqui para ler mais informações sobre o câncer de mama.

O Instituto Avon também disponibiliza para leitura a Pesquisa Instituto Avon/IPSOS – Percepções sobre o câncer de mama (2010).

Leia também: Universidade de Genebra estuda a relação entre desodorantes e o câncer de mama

Câncer de Mama   A maior preocupação na saúde das mulheres
Foto: RFT

Foto de abertura: Dica Feminina

Por Samantha Mahawasala

Pauta enviada por Josana Mendes

Publicação: 1 de fevereiro de 2012

AUTOR

Josana é jornalista.

COMENTÁRIOS

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Leia o post anterior:
val
Sexo, dinheiro e felicidade – Entenda o fenômeno “Mulheres Ricas”

"Champanhe é vida! Hello!", Val Marchiori O reality show "Mulheres Ricas" virou uma sensação, neste verão de BBB morno. Fomos apresentados...

Fechar