Nossos sonhos podem estar por um fio

Nossos sonhos podem estar por um fio

A beleza da vida é nos darmos conta de que nem tudo é acaso ou tampouco pré-determinado. Há uma linha tênue entre a vida e morte que nos foge o controle mesmo quando lutamos para evitar o menor dissabor. Somos desafiados a nos superar em questões complexas e também naquelas que não parecem ser tão decisivas, entretanto fazem com que nossas vidas, carreiras, amores e sucessos estejam por um fio.

Nesta semana fiquei comovido em testemunhar o resgate (um a um) dos mineiros que ficaram presos na mina de cobre San Jose no norte do Chile. Após um deslizamento da mina, 33 mineiros tiveram suas vidas por um fio, entretanto perseveraram durante 68 dias vivendo em um buraco.

Nossos sonhos podem estar por um fio
Resgate dos 33 mineiros no deserto do Chile Via Portal MS

No início do mês presenciamos a apuração dos votos candidatos a presidência do Brasil, ao senado, ao governo de estados, a cargos de deputados federais e municipais. Foi uma eleição muito complexa do ponto de vidas de escolha de candidatos devido às diversas alianças partidárias nacional, estadual e municipal. Muitos candidatos estiveram por um fio para serem eleitos no primeiro turno e outros foram eliminados também por um fio.

Na mitologia grega, Teseu se oferece para ir para Creta enfrentar o Minotauro que vivia em um labirinto onde ninguém jamais havia saído de lá com vida. Entretanto, Ariadne (filha de Minus) lhe ofereceu um novelo e Teseu por um fio pode se orientar para sair do labirinto após ter matado o monstro. Ele se salvou por um fio, entretanto esqueceu-se de levantar a bandeira branca de sua embarcação quando retornava a Atenas conforme acordado com seu pai (Egeu), que por não ter visto a bandeira branca, deduziu que seu filho Teseu havia morrido então se matou antes do mesmo deste ancorar.

Nossos sonhos podem estar por um fio Nossos sonhos podem estar por um fio

Por um fio – Via Bedelho e Teseu enfrentando Minotauro Via Inteligência de Mercado

Não precisamos refletir somente sobre questões de vida ou morte, tampouco real ou metafórica para saber que em muitas situações nos sentimos por um fio. Decisões tempestivas, atitudes precipitadas ou situações limites nos desafiam no campo do amor, carreira e vida.

O programa “Por um fio” da GNT propõe a cada semana um desafio a profissionais que se sentem mais do que bem preparados para lidar com uma questão muito delicada, a cabeça das pessoas. Um corte, um penteado, um tingimento nunca acontecem isoladamente, mas sim estão acompanhados a uma expectativa emocional e uma ocasião especial. Podemos dizer que há vaidade ou questões narcísicas, mas diante de um casamento, festa de quinze anos ou um acontecimento marcante (Oscar) ninguém está muito interessado em saber a razão inconsciente, mas sim se apresentar de forma radiante, glamurosa. Os profissionais dos salões de beleza dos quatro cantos do mundo estão sempre preparados para enfrentar questões como tempo, cabelos mal-tratados, mal humor do cliente e até a insegurança, mas apresentam sempre resultados surpreendentes.

Nossos sonhos podem estar por um fio
Via Real Nobile

Entretanto, quando tudo está por um fio – tempo escasso, jurados exigentes, um grande número de expectadores e uma tarefa extremamente desafiadora, o mundo fica muito diferente e não se pode mais contar somente com a experiência e criatividade. Afinal de conta, cada profissional diante deste desafio em um reality-show não estará no seu espaço de trabalho, com seus equipamentos e produtos, gerenciando seu próprio tempo e conhecendo cada um de seus clientes. O cenário é outro, desta forma as condições internas e emocionais são as mais testadas e todo trabalho pode estar por um fio.

Os candidatos que participam do programa vivenciam a experiência de estar sempre por um fio. Cada um com seus motivos inconscientes, mas com uma escolha clara de competir e se expor como pessoa e profissional. A experiência de cada participante não pode ser explicada por ser muito subjetiva, mas podemos especular e fazer referência a outras experiências da vida, guardadas as devidas proporções. Doze cabeleireiros de diversos cantos do Brasil se vêm presos em um desafio no qual um a um vai sendo eliminado. Como será a sensação de ser eliminado (a), estar imune em algumas das provas ou passa para o próximo turno (etapa). Certamente dever ser uma mistura de sentimentos (ansiedade, angustia, arrependimento e alívio). Como Teseu, que para matar o Minotauro se preparou fisicamente e tecnicamente, teve coragem para enfrentar o monstro em seu território, mas só conseguiu sair do labirinto por um fio do novelo de Ariadne.

Boa sorte para aqueles que continuam seus desafios determinados a vencer a cada prova e sair do “por um fio” vitorioso.
Nossos sonhos podem estar por um fioNossos sonhos podem estar por um fio


Nossos sonhos podem estar por um fio

Publicação: 14 de outubro de 2010

AUTOR

Psicanalista e economista, com pós-graduação em Administração pela USP e Marketing pela ESPM. Tem MBA em Gestão Internacional pela Thunderbird School of Global Management‚ Arizona‚ USA e formação nas áreas de Psicologia e Filosofia.

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
feira
Expo Center Norte recebe o São Paulo Prêt-à-Porter 2011

Via Onix Jeans Em paralelo à Couro Moda, de 18 a 21 de janeiro 2011, a primeira edição da SÃO...

Fechar