Reality Shows- Entre a Fama e o Anonimato

Reality Shows  Entre a Fama e o Anonimato

Como será o momento em que você é o escolhido para participar de um reality show? Um dia você decide e faz uma inscrição. Sem grandes expectativas, volta para casa e não diz nada para ninguém, afinal, quais são as chances reais de participar? Depois de algum tempo você recebe um telegrama, um e-mail, um telefonema informando que foi escolhido. Depois da frase clássica: Não acredito! Acontecem coisas loucas…

Neste momento tudo se transforma. O dia nublado se reverte em iluminado, uma alegria incomum te invade e o profissional comum é alçado às alturas. Como não poderia deixar de ser você liga para os amigos. Seus clientes ficam sabendo e transmitem para seus mailings, os parentes ficam orgulhosos, os (menos) amigos passam a te lembrar e incluir nos eventos… Agora você é, verdadeiramente, um dos escolhidos.

Deve ser uma sensação sem igual. Você imagina que deve ter sido o “eleito” por critérios em que outras centenas, ou milhares de pessoas inscritas também se submeteram e nem sequer foram notadas. Uau! Por um Fio, Juliana Paes, canal GNT… Agora você poderá mostrar todo o seu talento, dará tudo para ter a aprovação dos jurados e do público e isso é só o começo. Onde será que tudo isso vai parar? Até onde pode se chegar?

Reality Shows  Entre a Fama e o Anonimato

Via Revista Cabelos –   Saiba tudo sobre o Reality Show Por um Fio da GNT

Enfim, um dia começa o programa e você vai com toda a expectativa de não frustrar aqueles que agora estão acompanhando seu trabalho. Não exatamente olhando para o trabalho em si, sejamos francos, a maioria das pessoas sentadas no sofá não entendem nada das técnicas capilares, mesmo o resultado anunciado pelos jurados soa tão subjetivo… Mas, o que interessa é que todos olham para a “nota”. Todos esperam, torcem e divulgam que você é o personagem “famoso” da vez. Fora do programa isso é transformado em crédito, dentro do programa, imagino, deve ser mais um peso. Tem que ser o melhor para conseguir “imunidade”, tem que evitar ser o pior para não excluído…

Mas, quem ganha? Quem perde? Independente da torcida a favor ou contra algum participante, não é exatamente do corte final (de cabelos) o temido desafio-mor do programa que vai definir oficialmente o campeão do Por Um Fio. Veja bem, o espaço de campeão dos campeões é estreito e neste espaço só cabe um. Mas, como pode ser uma participação digna de campeão independente do resultado oficial? Como pode se ganhar ainda que não se tenha conseguido chegar à final?

As regras do jogo são bem conhecidas: participam doze concorrentes, que são eliminados um a um a cada semana, até se promover uma final onde se elege o grande campeão. Sair do jogo – olhando fria e estatisticamente – é muito mais provável do que chegar a final, será um vencedor e onze serão os “derrotados”.

Como seria possível todos ganharem? É nesta resposta que eu encontro a rara oportunidade, senão a única, do participante alavancar sua carreira. Comecei dizendo sobre a expectativa inevitável que as pessoas próximas depositam naquele que foi selecionado, que virará por algum tempo a “celebridade” da família. Ganhar efetivamente o grande desafio vai depender de fatores maiores do que seu nato talento e dom para a função de visagista. Vai implicar em sorte de ser selecionado para um cliente com um perfil (e cabeleira) que encaixe e aceite a proposta da sua idéia e de se submeter a uma mudança. Isso por si só, já é um grande desafio. Aqui se apura sua habilidade de vender-se, seu poder de influência e seu carisma. Mais algumas outras coisas tornam o desafio ainda mais desafiante: tem que dominar a ansiedade, ter talento para trabalhar sob pressão, autocontrole para não se sentir intimidado pelas reais celebridades e seus concorrentes de programa…

Como ganhar? O programa por si só é uma gigantesca vitrine. Expor-se é uma grande chance. Como todos os reality shows há sempre a oportunidade de um contrato de publicidade, um dom artístico que se revela e com isso a participação em novos programas, sessão de fotos para revistas famosas…

Na mesma linha: quem perde? O prepotente, o pouco profissional que cria fofocas e espalha picuinhas… No fim da contabilidade todos irão sair e só sobrarão os frutos daquilo que se plantou no programa.

Só há uma resposta para o sucesso da participação. Esta resposta é a ética. Esta será sempre uma lição para os telespectadores, da mesma forma que abranda a possível frustração daqueles que torceram para te ver na final. Participar desta batalha e se manter solidário, parceiro, só vai te tornar ainda mais digno.

E é exatamente isso que os patrocinadores, fabricantes e distribuidores esperam encontrar, alguém que tenha carisma e transmita com naturalidade eficiência e confiança podendo agregar a esta imagem suas marcas e produtos. E é exatamente isso que as pessoas que te assistem esperam que aconteça: doze vencedores independentes do júri.

Reality Shows  Entre a Fama e o Anonimato
Imagem  Eatock

Reality Shows  Entre a Fama e o AnonimatoReality Shows  Entre a Fama e o Anonimato

Por Vinícius Moura

Publicação: 22 de outubro de 2010

AUTOR

Vinicius é empresário do setor de auto-peças.

COMENTÁRIOS

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Leia o post anterior:
olay
Promoção “Quero ser a próxima estrela”: Experimente em primeira mão os cosméticos Olay e seja capa de revista!

Fernanda Lima, Priscilla Fantin e Mayana Moura inauguram o Lounge de Olay no Morumbi Shopping Uma das marcas mais glamurosas...

Fechar