Você conhece a Insuficiência Venosa Crônica?

Você conhece a Insuficiência Venosa Crônica?
As manifestações mais comuns da doença são os sintomas de varizes, que ocorrem quando o sangue se acumula nas pernas, gerando dor, inchaço, sensação de pernas pesadas e cansadas e outros desconfortos

Insuficiência Venosa Crônica (IVC) é o nome desta doença com vários estágios que inicia com inchaço nas pernas, aparecimento de pequenos vasos vermelhos ou azulados (“aranhas vasculares”) ao redor dos joelhos ou tornozelos, passando por edemas (inchaços) mais intensos, dor, sensação de peso e cansaço nas pernas, até o aparecimento de veias mais calibrosas, tortuosas, escurecimento da pele, e finalmente feridas chamadas de úlceras varicosas. Uma complicação relevante é o aparecimento de trombos (coágulos) que expressam maior gravidade da doença.

Uma grande disfunção que leva a esta seqüência é atribuída às válvulas existentes dentro das veias, cuja função é conter a coluna de sangue que é impulsionado para cima cada vez que nossos músculos das pernas (na “barriga” da perna, ou panturrilhas) se contraem. Como elas passam a não funcionar adequadamente, o sangue reflui, ao invés de seguir seu curso para veias maiores em direção ao coração. Esta sobrecarga de sangue nas veias das pernas promove a saída de plasma (fluidos) para fora das veias e um processo inflamatório. Como conseqüência, ocorre o edema nas pernas e vários sintomas .

As pessoas mais afetadas pela IVC são as mulheres – duas a três vezes mais que os homens, em função de fatores hormonais. A doença também se apresenta com grande potencial para afetar profissionais que permanecem muito tempo em pé ou sentados, como cabeleireiros, manicures, comerciantes, entre categorias de profissionais mais suscetíveis. Um estudo epidemiológico realizado no Brasil, constatou que cerca de 35%¹ de uma população estudada apresentava alterações venosas nas pernas, percentual que pode ser ainda maior entre profissionais que enfrentam jornadas de trabalho longas nessas condições e nos indivíduos que permanecem muito tempo em pé ou sentados.

O componente hereditário expresso pelo histórico familiar e obesidade são fatores que também podem tornar os indivíduos propensos a desenvolver varizes e sofrer com seus sintomas. Somado a isso, alguns hábitos como pouca atividade física contribuem para a manifestação do problema.

Embora os sintomas de varizes sejam um problema crônico, alguns cuidados podem ajudar a atenuar o desconforto e a sensação de cansaço nas pernas. Além de mudança de hábitos (veja as dicas abaixo), existe a abordagem com meias compressivas e medicamentos que podem ser grandes aliados para aliviar os sintomas de varizes.

Para conscientizar as pessoas sobre esses problemas, o laboratório alemão Boehringer Ingelheim criou um manifesto de amor às pernas, ressaltando a importância dos cuidados com essa parte do corpo, que muitas vezes é esquecida ou pouco priorizada. O movimento Amo Minhas Pernas tornou-se um portal extremamente rico em conteúdo e interatividade, entre no site e confira. Nele podem ser encontradas informações sobre como as varizes se formam, como abordar os seus sintomas e curiosidades.

Embora muitas pessoas se preocupem com o problema apenas por estética, a manutenção da saúde deve vir em primeiro lugar. Os sintomas de varizes prenunciam uma doença que pode resultar em úlceras nas pernas e flebite (inflamação nas veias), transtornos bastante graves.

Dicas para evitar os sintomas da IVC:

·         Evite ficar acima do peso e use roupas e sapatos confortáveis;

·         Não se esqueça de andar um pouco pelo menos uma vez por hora;

·         Para as pessoas que passam muito tempo sentadas, é aconselhável fazer alongamentos nas pernas, ainda que sentadas, pelo menos uma vez a cada hora. Evite também cruzar as pernas, o que comprime o fluxo do sangue;

·         Para quem permanece muito tempo em pé, faça alongamentos periódicos;

·         Procure um angiologista (médico especialista em doenças e lesões do sistema vascular) para avaliar o seu caso.

Exercícios de alongamento:

Semi-agachamento

Ponha-se de pé, com os pés afastados à largura dos quadris e mantendo boa postura. Desça lentamente o corpo dobrando os joelhos. Mantenha as costas retas e desça o corpo como se fosse sentar-se numa cadeira. Não dobre demasiadamente os joelhos. Gradualmente estique as pernas para voltar à posição inicial. Repita 10 a 20 vezes.

Subir a barriga das pernas

Começar de pé, cuidando da postura. Mantenha as mãos ao lado do corpo e os pés afastados cerca de 15 centímetros para se equilibrar. Suba lentamente apoiando-se na planta dos pés e desça outra vez. Experimente 10 a 20 repetições deste exercício.

Marchar no mesmo lugar

De pé, levante uma perna até a parte superior da coxa ficar paralela ao chão. Desça e levante a outra perna. Continue como se estivesse marchando no mesmo lugar. Tente marchar 15 a 20 vezes com cada perna.

A Boehringer Ingelheim
É uma das 20 principais empresas farmacêuticas e a maior farmacêutica de capital fechado do mundo. Há 125 anos, a empresa familiar mantém o compromisso com pesquisa, desenvolvimento, fabricação e comercialização de novos produtos de alto valor terapêutico para a medicina humana e animal. Em 2010, a companhia registrou vendas líquidas de 12,6 bilhões de euros e investiu 24% deste valor em P&D.

A responsabilidade social é um componente importante da cultura empresarial da Boehringer, o que inclui tanto o compromisso global com projetos sociais como a preocupação com os seus mais de 42 mil funcionários em 145 afiliadas em todo o mundo. Respeito, oportunidades iguais e equilíbrio entre as obrigações de carreira e a vida familiar são a base da gestão da empresa, sendo que a proteção e sustentabilidade ambiental representam sempre o principal foco em qualquer empreendimento da companhia.

No Brasil, a Boehringer Ingelheim possui um escritório central em São Paulo e uma fábrica em Itapecerica da Serra, responsável pela produção de medicamentos que abastecem o mercado nacional e ainda são exportados para a América Latina, Ásia e Europa.

Há 55 anos no país, a empresa estabelece parcerias com instituições brasileiras que promovem o desenvolvimento educacional, social e profissional da população e mantém ainda o programa Ajudar é o Melhor Remédio, uma plataforma colaborativa online de estímulo ao volutariado que aproxima quem quer ajudar de quem precisa ser ajudado.

Foto de abertura: Prefeitura de Manaus

Via Press à Porter Gestão de Imagem

Publicação: 18 de novembro de 2011

Tudo sobre:

COMENTÁRIOS

DESCONTOS & BENEFÍCIOS

Leia o post anterior:
coquelux
Coquelux traz marcas exclusivas para o melhor clube de compras online

Quem não ama as marcas internacionais? Dior, Yves Saint Laurent, Marc Jacobs, Jimmy Choo, Missoni, Lacoste, Lancôme, Trussardi, Nike, entre...

Fechar