A gota que faltava – Para entender os conflitos em São Paulo contra a alta dos preços

 A gota que faltava   Para entender os conflitos em São Paulo contra a alta dos preços

Para entender melhor o que está acontecendo na rua, imagine que você é o presidente de um um país fictício. Aí você acorda um dia e resolve construir um estádio. Uma “arena”.

O dinheiro que o seu país fictício tem na mão não dá conta da obra. Mas tudo bem. Você é o rei aqui. É só mandar imprimir uns 600 milhões de dinheiros que a arena sai.

Esses dinheiros vão para bancar os blocos de concreto e o salário dos pedreiros. Eles recebem o dinheiro novo e começam a construção. Mas também começam a gastar a grana que estão recebendo. E isso é bom: se os caras vão comprar vinho, a demanda pela bebida aumenta e os vinicultores do seu país ganham uma motivação para produzir mais bebida. Com eles plantando mais e fazendo mais vinho o PIB da sua nação fictícia cresce. Imprimir dinheiro para construir estádio às vezes pode ser uma boa mesmo.

Mas e se houver mais dinheiro no mercado do que a capacidade de os vinicultores produzirem mais vinho? Eles vão leiloar as garrafas. Não num leilão propriamente dito, mas aumentando o preço. O valor de uma garrafa de vinho não é o que ela custou para ser produzida, mas o máximo que as pessoas estão dispostas a pagar por ela. E se muita gente estiver com muito dinheiro na mão, essa disposição para gastar mais vai existir.

Agora que o preço do vinho aumentou e os vinicultores estão ganhando o dobro, o que acontece? Vamos dizer que um desses vinicultores resolve aproveitar o momento bom nos negócios e vai construir uma casa nova, lindona. E sai para comprar o material de construção.

Só tem uma coisa. Não foi só o vinicultor que ganhou mais dinheiro no seu país fictício. Foi todo mundo envolvido na construção do estádio e todo mundo que vendeu coisas para eles. Tem bastante gente na jogada com os bolsos mais cheios. E algumas dessas pessoas podem ter a ideia de ampliar as casas delas também. Natural.

Então as empresas de material de construção vão receber mais pedidos do que podem dar conta. Com vários clientes novos e sem ter como aumentar a produção do dia para a noite, o cara do material de construção vai fazer o que? Vai botar o preço lá em cima, porque não é besta.

Leia matéria completa na Super Interessante.

Dica do Guilherme Cury

E para entender melhor todo este fenômeno e o risco real da inflação voltar no Brasil vale a pena ler o livro  – Crash!: Uma Breve História da Economia – Saiba de onde vem o dinheiro, sua história e engrenagem, que traz de uma forma super divertida e leve conceitos da Economia.

 A gota que faltava   Para entender os conflitos em São Paulo contra a alta dos preços

Leitura que vale a pena

Conhecer o mecanismo do dinheiro e as bases da economia é essencial para quem quer prosperar na vida. Em Chash!: Uma breve história da economia: Da Grécia Antiga ao Século XXI, você vai entender de forma muito divertida toda a engrenagem do dinheiro e como chegamos até aqui.  Uma leitura deliciosa, tanto para leigos como para os profissionais que vão conhecer a história por traz da Economia e de termos como Bolsa de Valores e Derivativos.

Seja em sua carreira, em sua empresa ou  apenas por curiosidade será um livro extremamente enriquecedor. O autor conta como o Brasil conseguiu vencer o monstra da inflação nos anos 80 e porque o plano Real deu certo, ao contrário dos outros. Além de passar por Florença, contar a história dos Médicis, passa por Veneza e pelos moinhos da Holanda, conta até mesmo a história do futebol no Brasil. Tudo com muito humor e muitas curiosidades. É na verdade história do homem e da nossa civilização tendo a economia como pano de fundo.

Esta é uma daquelas obras que você começa a ler e não tem mais vontade de parar:

“De onde vem o dinheiro? Quem o inventou? Por que hoje ele é tão importante na vida das pessoas? Como funciona o sobe e desce do valor do dólar? Por que isso ocorre? O que determina o valor de uma ação na Bolsa? Com que finalidade os papéis de uma empresa são negociados? De que maneira opera a Bolsa de Valores? Quem pode investir? O que é inflação e por que ela ocorre?

Em Crash!: Uma Breve História da Economia, o autor conta histórias curiosas e interessantes como a dos primeiros especuladores, que investiam em tulipas na Holanda, flor que caiu no gosto dos europeus no século XVII; a dos alemães, que precisavam sair carregados de dinheiro quando iam às compras, em meio a uma das maiores inflações que já existiram, perdendo apenas para a dos húngaros após a Segunda Guerra Mundial; e a dos brasileiros, que detêm até hoje o recorde de maior período de inflação da história.”

Veja no Submarino.

Publicação: 15 de junho de 2013

AUTOR

Denise Pitta é digital Influencer e é editora do Fashion Bubbles. Estilista, formada em Moda e Artes Plásticas, atuou em diversas confecções e teve marca própria de lingeries, a Lility. Começou o blog em 2006 e está entre as primeiras blogueiras brasileiras da moda. Também desenvolve pesquisas sobre História e Identidade Brasileira na Moda e Psicologia Analítica. É apaixonada por filosofia, física quântica, psicanálise e política. Siga Denise no Instagram: @denisepitta e @fashionbubblesoficial

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
vestidos de festa AMFAR 2013 00b
Vestidos de festa da celebridades – Confira os looks do AMFAR 2013

O The Plaza, em Nova York, mais uma vez recebeu o Inspiration Gala da amfAR. A quarta edição do evento...

Fechar