A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?

A maré de otimismo que o Brasil vivencia nos últimos é um reflexo no grande crescimento da nova classe média. Entre os anos de 2002 e 2011, a classe C apresentou uma alta de 38% na população e de 62% na renda – é o que aponta a pesquisa feita pela Editora Abril em parceria com a Data Popular, que desvenda a mulher da nova classe média.

Intitulada de “As poderosas da nova classe média”, o estudo aponta que a renda feminina cresceu 78%, contra os 48% da renda masculina. “As mulheres deram o grande empurrão para a evolução da nova classe média”, afirmou Demétrius Paparounis, diretor do Núcleo Femininas Populares da Abril.

Renato Meirelles, CEO do Instituto Data Popular, afirma que as mulheres da nova classe média incorporaram novos papéis sem romper com as gerações anteriores. “Ela continua ligada à família e ao trabalho, mas agora também se preocupa em cuidar de si. Suas atitudes e comportamentos giram em torno desses três pilares”, disse o CEO.

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?A renda feminina cresceu 78%, contra os 48% da renda masculina. A classe C apresentou uma alta de 38% na população e de 62% na renda. Foto via Mulher Saudável

Segundo Meirelles, isso reflete na maneira como essas mulheres se relacionam com os diversos segmentos de consumo. “A mulher da nova classe média gasta mais com beleza, moda e utiliza de todas as ferramentas para assegurar seu crescimento e evolução”, pontua.

A pesquisa As Poderosas da Nova Classe Média – Editora Abril/Data Popular foi realizada entre os meses de março e julho de 2011. A análise de pesquisa nacional contou com 5 mil pessoas, além da pesquisa online com 30,6 mil pessoas em 26 estados. Foram 556 horas de observações etnográficas em 12 residências em São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará.

O estudo mapeou cinco grandes tendências no comportamento da mulher da nova classe média: sofisticação de consumo, carreira profissional, poder de decisão, valorização da cor e valorização das marcas.

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?Foto: Hora do Flush

ELA SOFISTICA O CONSUMO

No primeiro ciclo de conquistas, as brasileiras que ascenderam para a nova classe média compraram geladeira dúplex, máquina de lavar roupa, produtos para o cabelo e outros itens relativamente básicos. Agora, começam a sofisticar o consumo, adquirindo bens e serviços antes restritos às mulheres da elite.

Ontem Conquistou: Linha branca (geladeira, fogão, etc), computador, celular pré-pago, produtos para cabelo, prótese dentária, carro usado, armários básicos.

Agora, está conquistando: Viagem de avião, decoração, maquiagem, notebook, perfume importado, ar condicionado, jantar fora, internet banda larga, escola particular para os filhos, carro semi-novo ou novo e viagens.

QUER UMA CARREIRA

Foi-se o tempo em que as mulheres da classe C se contentavam com um emprego sem perspectiva de crescimento profissional. As jovens da nova classe média querem uma carreira, mas não estão dispostas a abrir mão do equilíbrio entre vida pessoal e profissional em nome da carreira.

•    21% para 11% foi a queda do número de mulheres de classe C em empregos domésticos
•    70% das jovens almejam uma carreira (não só um emprego)
•    56% não sacrificam tempo com a família pelo trabalho
•    20% foi a redução do número de mulheres de classe C fazendo hora extra entre 2002 e 2010

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo? A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?
Foto: Fialki
e Foto: Mondo Moda

DECIDE MAIS

Se antes elas eram vistas como “donas de casa”, hoje elas são as “donas da casa”, pois decidem ou influenciam praticamente todas as compras da família.

Elas têm mais poder porque contribuem mais para a renda da família, conhecem mais as necessidades da casa e são mais bem informadas do que os homens.

•    41% da renda familiar da nova classe média vêm da mulher (na classe A, a mulher contribui com 25% do orçamento)
•    70% são as principais responsáveis pelas compras da casa
•    45% delas leem revistas, onde ficam sabendo das novidades de consumo (contra 31% deles)

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?Foto: Allis

ORGULHO DA COR

Até alguns anos atrás, boa parte dos negros e pardos da classe C se declaravam brancos nas pesquisas. Na nova classe média, o orgulho da cor está em alta.

A maior presença dos negros na mídia, as políticas de afirmação e, principalmente, o maior poder econômico da nova classe média estão entre os principais motivos desse fenômeno.

•    51% dos brasileiros se disseram negros e pardos em 2010.
•    18 milhões de pessoas que se declararam brancas em 2003 se declararam negras ou pardas em 2010.
•    48% da classe C se dizem negros ou pardos (há 7 anos, eram 40%)

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?Alisadas começam a invejar cabelos cacheados (mas ainda preferem o liso, por praticidade). Foto: Lovlilac

MAIS VALOR ÀS MARCAS

Elas já experimentaram os produtos talibãs – e se deram mal. Hoje, as mulheres da nova classe média sabem que, por trás de uma marca conhecida, existem garantias que elas querem e precisam.

Mas existe um fato novo nessa história: elas estão estreando em segmentos mais sofisticados, nos quais ainda não conhecem nem herdaram preferências de marca. Estão escolhendo agora.

Segmentos em que elas já tem suas marcas preferidas: Alimentação, personal care, eletrodomésticos, home care, maquiagem, perfume, lojas de roupas, operadora de celular.

Estão escolhendo as marcas favoritas agora: Roupas, sapatos, eletroeletrônicos, automóveis, móveis e decoração, bancos, TV a cabo, plano de saúde.

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?Foto: Womanews

ALIMENTAÇÃO

•    66% buscam refeições saudáveis e balanceadas
•    Só 37% valorizam produtos diet e light (contra 66% na classe A)
•    Maioria prefere produtos semi-prontos que permitam à mulher dar seu “toque pessoal” à receita
•    6,4 milhões de mulheres compram algum tipo de congelado todo mês

FINANÇAS

•    72% se dizem cuidadosas com dinheiro
•    71% planejam antes o que vão comprar
•    Maioria quer prazos mais curtos de financiamento
•    Têm orgulho do crédito, que representa segurança em imprevistos

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo? A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?
Foto: M de Mulher e Foto: Vidi

MODA

•    Gostam de roupas mais curtas, mais justas e mais coloridas que as mulheres da elite
•    57% das mulheres abaixo de 34 anos amam novidades

•    16 pares de sapato é a média entre elas (na classe D, o número é inferior a 5 pares)
•    60% das mulheres com carteira assinada compram roupas especiais para trabalhar

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?Foto: She Knows

BELEZA

•    70% acreditam que cuidar da beleza aumenta as chances de sucesso na vida
•    39% querem emagrecer
•    14% delas possuem plano odontológico – e o mais novo desejo é corrigir dentes tortos e fazer clareamento
•    Alisadas começam a invejar cabelos cacheados (mas ainda preferem o liso, por praticidade)

CASA

•    31% querem comprar casa nos próximos 2 anos
•    62% têm interesse em decoração
•    40% querem reformar a casa (na elite, só 36%)
•    80% tem prazer de receber pessoas em casa (a decoração é símbolo de status)
•    59% consideram cozinha a parte mais importante do lar – e querem uma cozinha planejada.
•    Preferem casa, mas cogitam mudar para apartamento (por localização, financiamento e segurança)
•    Em apartamento, se encantam com a cozinha americana

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?Foto: Mulher Saudável

AUTOMÓVEL

Carro = conforto (não passar mais por constrangimentos em transporte coletivo lotado)

•    44% compram carro financiado (índice maior que o dos homens e de mulheres da elite)
•    64,8% escolhem carro pela potência do motor
•    62% valorizam o design na hora da compra
•    31% querem comprar ou trocar de carro nos próximos 12 meses

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?
Foto: Movimento Mulher 360

TECNOLOGIA

•    74,7% consultam amigos e parentes antes de comprar computador
•    65% consultam antes de comprar celular
•    46% vão comprar um notebook nos próximos 12 meses
•    50,8% vão trocar de celular nos próximos 12 meses

SAÚDE

•    61% fazem consultas e exames preventivos (índice igual ao das mulheres A/B)
•    72% afirmam cuidar da saúde de toda a família (na elite, o número é 63%)
•    56% compram os remédios da família
•    Preferem os genéricos, exceto para doenças mais complexas

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?
Foto: Mundo das Tribos

 EDUCAÇÃO

•    38% das mulheres de classe C querem fazer curso de inglês
•    36% querem fazer faculdade
•    58% dos universitários de classe C são mulheres.
•    26 anos é a média de idade das universitárias de classe C (era 27 há cinco anos)

TURISMO – Elas vão viajar e muito!

•    62% viajaram no último ano (contra 54% dos homens)
•    72% vão viajar nos próximos 12 meses
•    42% das que vão viajar o farão de avião
•    20% querem viajar para o exterior
•    Em 25% das viagens, se hospedam em hotel

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?
Foto: UOL

A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo? A nova classe média, Abril pesquisou: O que é possível fazer com o novo salário mínimo?
Foto: Russian Woman e Foto: Art

Foto de abertura: via Época.

Por Samantha Mahawasala pesquisa via Abril

a classe C apresentou uma alta de 38% na população e de 62% na renda

Foto: Mondo Moda

Publicação: 8 de fevereiro de 2012

AUTOR

Paulistana formada em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo e com curso técnico de locução pela Rádioficina. Atuou como redatora e locutora no Grupo Bandeirantes de Rádio e também como repórter para um telejornal segmentado.

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
03
Armadilhas do destino – VENDE FRANGO-SE

O caminho era longo e a certa altura até monótono. Não tinha planos de comprar nada, mas me impressionei com...

Fechar