Encontros de Cinema: “David Lynch e o Cinema do Onírico”

Encontros de Cinema: “David Lynch e o Cinema do Onírico”

Interpretações e significações dos filmes do diretor David Lynch em quatro encontros.  Discussões estéticas da linguagem fílmica, das dimensões onírica e mental das personagens.

Sobre David Lynch e seus filmes

Nascido nos Estados Unidos, o cineasta David Lynch é notório pela maneira não ortodoxa de fazer filmes.

“… As obras dele são bem mais profundas do que aparentam – um tema em si predominante nos filmes dele. Para começar, devo esclarecer que Lynch não é um surrealista (estigma essa tão freqüente e irritante quanto classificar Bresson como austero). O que temos em Lynch é uma constante busca pela ‘imagem diferente’; uma imagem arrebatadora e inesquecível, cuidadosamente trabalhada, e que, por vezes (mas não sempre) utiliza-se do surreal e do obscuro para causar impacto, e fazer-nos entrar no clima. Clima: essa sim é uma boa palavra para definir a obra do diretor.

Há de se perceber também que Lynch não é um diretor de cinema, e sim um artista que se utiliza do meio cinematográfico para se expressar.”  (Saiba mais sobre David Lynch no Cineplayers)

Sobre os encontros

1º encontro: David Lynch artista e diretor. A linguagem fílmica. Mostra e discussão do 1º longa: “Eraserhead”

2º encontro: Mostra e discussão do filme “Os Últimos Dias de Laura Palmer”

3º encontro: Relações entre o filme anterior e o seriado “Twin Peaks” realizado para a TV.

4º encontro: Mostra e discussão do filme “Cidade dos Sonhos”

Encontros de Cinema: “David Lynch e o Cinema do Onírico”

Datas:

Mês de Abril: Dias 9, 16, 23 e 30 – Sextas-Feiras – 19:00 às 22:00 horas
Mês de Maio: Dias 8, 15, 22 e 29 – Sábados – 10:00 às 13:00 horas
R. Cel. Joaquim Ferreira Lobo, 330 V. Olímpia SP
Investimento: R$ 200,00

Formação das turmas sujeita a número mínimo de interessados.

Mais informações: Rosa Cohen – corderosacohen@yahoo.com.br

Rosa Cohen

Professora, escritora e crítica de arte, produziu cursos e palestras com temas da arte contemporânea e linguagem do cinema em diferentes centros de cultura e Universidades como SESC, SENAC, FIESP, TUSP, MAC-USP, Universidade de São Paulo, Universidade Federal de Minas Gerais, UNICAMP, UNESP , Universidade de Lanús, Buenos Aires, Centro Cultural Brasileiro em Frankfurt entre outros.

É doutora em Artes pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Pós-Doutorado em Artes e Multimeios na UNICAM. Membro do grupo de estudos e produção, NAT, Núcleo de Arte e Tecnologia, sobre arte e multimeios

Realizou suas pesquisas acadêmicas anteriores junto à FAUUSP, Universidade de Barcelona e Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP.

Ministra disciplinas nos Cursos de Graduação em Artes Visuais e Arquitetura. É professora e orientadora no Curso de Pós- Graduação em Cinema, Vídeo e Fotografia do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.

Em 2003 entrevistou o artista e cineasta Peter Greenaway, cuja obra foi objeto de sua tese de doutorado. O resumo encontra- se no site “Greenaway Guide by Uwe Hemmen “ / Abstract. Em 2008 publicou o livro “Motivações Pictóricas e Multimediais na Obra de Peter Greenaway”. Editora Ferrari, São Paulo, 2008.

Publicação: 20 de abril de 2010

AUTOR

Psicanalista e economista, com pós-graduação em Administração pela USP e Marketing pela ESPM. Tem MBA em Gestão Internacional pela Thunderbird School of Global Management‚ Arizona‚ USA e formação nas áreas de Psicologia e Filosofia.

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
mulheres_meisel
Especial Dia das Mães: Dona de Casa Fashion

Ir ao mercado será a função mais divertida do dia-a-dia - foto do site Oavessodoespelho A mamãe já não é...

Fechar