Exposição – Rótulos de cachaça e anúncios de bonde

Exposição – Rótulos de cachaça e anúncios de bonde

Como parte do ciclo de exposições “Anônimos e Artistas”, projeto desenvolvido pelo Instituto Tomie Ohtake que procura revisitar a origem de uma identidade no design brasileiro, serão apresentadas, a partir do dia 10 de fevereiro para o público em geral, as mostras “Veja ilustre passageiro: o Atelier Mirga e os cartazes de bonde” e “Caprichosamente engarrafada: rótulos de cachaça”.

A primeira traz uma seleção com cerca de 300 obras do Atelier Mirga. Criado e dirigido por Henrique Mirgalowski, ou apenas Mirga, o ateliê produziu, entre 1928 e 1970, mais de oito mil anúncios para bondes e ônibus de São Paulo, dos quais pequena parte está reunida nesta exposição. O que pouca gente sabe é que este escritório foi o único responsável por todos os cartazes de bonde criados para a antiga “Companhia dos Annuncios em Bonds”.

Paralelamente acontece também a exposição Caprichosamente engarrafada: rótulos de cachaça traz cerca de 400 rótulos, além de pedras litográficas, que fazem parte das coleções do designer gráfico e pesquisador carioca Egeu Laus e do extenso acervo da Fundação Joaquim Nabuco, o maior centro de estudos sociais do nordeste brasileiro.

Com curadoria de Egeu Laus, a mostra retrata essa bebida popular que sempre esteve presente no cotidiano brasileiro e que circulou em todos os meios sociais. Com uma provocante reunião de rótulos, impressionantes por sua capacidade de chamar do mais rico ao mais pobre a compartilhar um gole, a exposição busca compreender o brasileiro, sua identidade e sua relação com a modernidade.

Exposição – Rótulos de cachaça e anúncios de bonde Exposição – Rótulos de cachaça e anúncios de bonde

Exposição – Rótulos de cachaça e anúncios de bonde Exposição – Rótulos de cachaça e anúncios de bonde Exposição – Rótulos de cachaça e anúncios de bonde

Exposição – Rótulos de cachaça e anúncios de bonde

Anônimos e Artistas

Conjunto de quatro exposições que se concluirá em 2012, Anônimos e Artistas, partindo da mostra de produtos de realização e consumo em massa, provoca um questionamento sobre quais seriam as origens do nosso design, atualmente reconhecido dentro e fora do Brasil, mas ainda em busca de uma definição. Foi idealizado há mais de dez anos pelos designers gráficos Milton Cipis, coordenador da série, Sylvia Monteiro e Ricardo Ohtake, e tem participação ativa da equipe de pesquisa do Instituto Tomie Ohtake.

Serviço

Data: de 10/02 a 10/04

Horário: de terça a domingo das 11h às 20h

Local: Instituto Tomie Ohtake

End.: Rua Coropés, 88 – Pinheiros

Entrada gratuita

Fotos: Folha e UOL

Publicação: 15 de fevereiro de 2011

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
renault logan
Renault adere ao conceito “Mude a direção” e coloca o foco no bem estar das pessoas

Se vivemos em um mundo onde pessoas gostam de carros, por que não fazer carros que gostam de pessoas? É...

Fechar