Bubbles in the City – Sem querer ofender as antas

Bubbles in the City – Sem querer ofender as antas

Tenho uma amiga que está com grandes dificuldades (!!!) de terminar o namoro. Motivo não falta. O rapazola só apronta: sempre muita mentira, muito telefone na caixa postal, uma infinidade de desculpas esfarrapadas. É óbvio que tá tudo MUITO errado, mas ela insiste em encontrar as desculpas mais esfarrapadas para evitar o ponto final. A preferida tem sido o chefe do mancebo, grande culpado porque “tá fazendo a cabeça” do moço.

Longe de mim meter o bedelho no namoro alheio. Mas ela pediu minha opinião, então, eu vou dar. E nem vou falar de coisas como “falta de integridade”, “mentira”, “falta de respeito” etc. Ter valores é coisa de gente grande.

Pra avaliar gente tosca e babaca, é preciso abdicar de toda e qualquer sabedoria. Melhor ser rasa. Então, resolvi pinçar, de todo o circo de horrores, apenas quatro fatos suficientemente esdrúxulos para fazer qualquer uma sair correndo gritando “socorraaaa”. Mais claro do que isso, só desenhando.

Bubbles in the City – Sem querer ofender as antas

Fato 1: o cara fez lipo. Na boa, num dá, né? Se fosse “ômi”, como diz que tanto é, teria mais vergonha na cara: uma boa dieta e já pra academia. (nada contra homens – de verdade – que fazem lipo, ok?)

Fato 2: fez lipo e… Engordou tudo de novo.

Fato 3: o mancebo tem um plano de carreira – resolveu ser puxa-saco do dono da empresa. Vive com o chefe pra cima e pra baixo. Se faz de motorista, motoboy, dama de companhia… Desconfio que vá morrer de cirrose, porque – olha que coincidência – todas as “reuniões de trabalho” são num bar, bebendo todas. Ele jura que tudo é uma estratégia, que vai se dar muito bem e que, olha que bonzinho: “é para garantir o futuro dela também”.

Fato 4: leiam os e-mails que o calango mandou pra minha amiga (só cuidado para não ter um infarto do miocárdio):

“Pra sua mae vc liga e pra sua irma tbm ne pra mim nao legal estou tentando falar com vc des das 9 horas da manha tavendo como e se fosse eu fazendo isso de desligar os telefones ta bom acho entaum q nao vai rolar nada hj ne blz feliz dia dos namorados ate mais bjs”

“Ola esta bem vc não quer falar comigo pq
Olha não sei onde vc esta mais vc deixou de ganhar uma coisa muito legal mais como vc fala NE q eu não do atenção q agora estou menosprezando vc então ta bom desculpa por tudo feliz dias dos namorados”

Gente, me avisem: pontuação não existe mais? E o verbo “taver”, de onde ele tirou??? Eu “tovendo”, tu “tavendas”, ele “tavendo”??? O que ele quis dizer com “NE”??? Que ele está no Nordeste??? E o “des das 9 horas”???? SURREAL!!!!
E a frase: “mais você deixou de ganhar uma coisa muito legal”??? De tão primário, só faltou cantarolar um “lá, lá, lá” no final!!!

Ou seja, fato 4 é: o cara, além de t-u-d-o, escreve como uma anta.

Pensando bem, desculpe. Não dá pra comparar. Seria ofender demais as antas.

Bubbles in the City – Sem querer ofender as antas

Por Mila Brito

Publicação: 18 de junho de 2008

AUTOR

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
satc0
O peladão de Sex and the City

O modelo e ator francês Gilles Marini fez carreira desfilando e exibindo roupas de grifes, mas a fama só chegou...

Fechar