Os quarenta são os novos trinta

Os quarenta são os novos trinta 

Os 40(ões) são de fato um segmento de mercado e um grupo social definido. Este grupo possui peculiaridades, é fruto de uma mudança de comportamento da sociedade e certamente é interessante para o mercado em geral, com destaque para os mercados de cosméticos, moda, cirurgia plástica e perfumaria.

O que notamos é que a partir dos anos 2000, a expectativa de vida aumentou tendo em vista os avanços da medicina, a renda mundial também cresceu, as pessoas começaram a contar com dietas mais saudáveis, todos estes fatores contribuíram para aumentar a população com idade mais avançada.

Segundo pesquisa da Nielsen – de 2007 – os indivíduos com 40 anos agora são os novos “trintões”. As cirurgias plásticas estão alterando não só o aspecto das pessoas, mas também seu comportamento.  A pesquisa aponta que 60% dos norte-americanos fazem plásticas e são os maiores consumidores de tratamentos anti-idade do planeta.
Em escala global, 60% dos entrevistados acham que ter 40 anos agora é como ter 30 antigamente. Nossos 40 anos estão sendo celebrados como a década em que podemos ficar confortáveis e confiantes, tanto em termos pessoais quanto financeiros. Porém, não queremos aparentar 40 anos e sim 30!

Os quarenta são os novos trinta

Notam-se cada vez mais cirurgias plásticas especializadas em procedimentos faciais, especialmente nos olhos. Outro mercado promissor, de acordo com pesquisa da Nielsen, é o de tratamentos anti-envelhecimento, a empresa francesa Clarins, por exemplo, lançou o que garante ser o primeiro spray para proteger a pele da radiação eletromagnética emitida por celulares e outros equipamentos. As empresas buscam inovação e diferenciação neste mercado tão promissor e competitivo.

Os quarenta são os novos trinta

Socialmente, vemos que ser jovem significa ter sucesso, ser aceito, fazer parte do in group, (pertencer ao grupo). Nas empresas, a geração dos 35 aos 45 anos é a que está fazendo acontecer, esta geração tem espaço para crescer os mais velhos não tem mais. Por isso, ser jovem é importantíssimo.

Existe também uma explicação biológica / científica para o comportamento deste segmento conhecido como climatério, que vem do grego klimacton e significa crise. Por outro lado é também a possibilidade de rever os valores e dar novos rumos à vida.

No caso das mulheres, um dos principais fatores para a crise é a queda no nível de estrógeno, sua escassez provoca sintomas fisiológicos e psíquicos como: pele seca, facilidade em ganhar peso, mudanças súbitas de humor e depressão, mas são os aspectos culturais que possuem maior impacto nas emoções deste segmento. O mundo, em geral, parece tentar convencer de que alguém ali é “carta fora do baralho”.

Diferentemente desta visão de “complexo de Peter Pan”, segundo reportagem da revista Exame, julho de 2007, existem empresas apostando nos profissionais com mais de 40 anos. Elas estão acompanhando uma tendência observada em mercados mais maduros do que o brasileiro. Inspirada em supermercados americanos e europeus, desde 1999 uma rede de supermercados gaúcha Imec, adotou a política de contratar pessoas com mais de 40 anos de idade para funções que exigem contato direto com o público. Segundo o presidente do grupo “Os profissionais mais maduros têm maior empatia com os fregueses, dão dicas, trocam experiências e ajudam a torná-los fiéis.” A rede emprega 955 funcionários, sendo que mais de 15% ultrapassaram a barreira dos 40 anos.

A experiência de grandes empresas no exterior indica que esta prática de valorizar a maturidade, dá resultados. As maiores redes de supermercados inglesas – Asda, Tesco  e Sainsbury’s, – há tempos vêm colhendo os benefícios de contratar funcionários com mais idade. Na Asda, por exemplo, em lojas onde a proporção de trabalhadores maduros é grande, as taxas de absenteísmo chegam a ser menos de um terço da média da rede. Em empresas européias e americanas, o emprego de profissionais mais maduros começou, em parte, como conseqüência do envelhecimento da população.

Os quarenta são os novos trinta

Os quarenta são os novos trinta
 Malu Mader                                                                             Patrick Dempsey

A partir do momento que as empresas se voltarem para as reais necessidades e desejos dos indivíduos mais velhos, podem descobrir um cenário muito interessante para lançamentos de produtos, por que não, ao invés de uma cirurgia plástica oferecer uma massagem facial revigorante e constante, que proporciona o benefício de mudar a textura da pele fortalecendo os músculos. Bem mais natural e delicada do que um procedimento cirúrgico.

Estamos vivendo a Era em que podemos ser quem quisermos, com o arsenal de truques de beleza acessíveis, será que um dia seremos nós mesmos? Não resisti e coloquei dois exemplos de quarentões mais do que bem resolvidos! Malu Mader e Patrick Dempsey, eles não são tudo?!

Fontes:http://portalexame.abril.com.br
Trecho de trabalho realizado por Alessandra Gimenez na ESPM Curso – Pós em Ciências do Consumo Aplicadas.

Por Alessandra Janaudis Gimenez

(Alessandra Janaudis Gimenez é pós-graduada em Ciências do Consumo pela ESPM, atua na área têxtil há 7 anos com passagens pela Cia Hering, Vicunha e Rosset. Hoje faz parte do time de compras na Adar Milenium – importadora de tecidos para o mercado de moda. E-mail: alejanaudis@gmail.com .)

Publicação: 25 de março de 2008

AUTOR

Alessandra Janaudis Gimenez é pós-graduada em Ciências do Consumo pela ESPM e em Moda e Criação pela Santa Marcelina. Cursou Cool Hunting em Milão na Domus Academy, programa em parceria com a Central Saint Martins e o instituto de pesquisa Future Concept Lab. Hoje atua como buyer na Adar Millenium. É importadora de tecidos para o mercado de moda, teve passagens também pela Cia Hering, Vicunha e Rosset.

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
petshop2
Harness Dog, Pet Shop no SoHo, New York

A loja Harness Dog é a filial em New York de uma pet shop japonesa. As roupinhas e o visual...

Fechar