Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré-colombiana

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
A crença dos povos pré-colombianos de que homens poderiam se transformar em animais inspira a nova coleção H.Stern

Conta a lenda que uma serpente emplumada se tornou rei e ensinou os astecas a tecer, medir o tempo, ler a sorte nos astros e a se alimentar com milho. Por suas cores e o corpo sinuoso, também estava ligada ao arco-íris, surgindo sempre após as chuvas para unir o céu e a terra.

As histórias dessa divindade, Quetzacóatl, e de outros mitos da América pré-colombiana sobre deuses e homens que se transformavam em animais – ou o contrário – dão alma e riqueza cultural à nova coleção da H.Stern, batizada de Ancient America, que chega às lojas em dezembro.

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
Representações de Quetzacóatl, também conhecido como “Serpente Emplumada” ou “Pássaro Serpente da Guerra”. Imagens: Wikipédia

“O desafio foi fugir das interpretações étnicas, que acabam infantilizando culturas que no seu devido tempo foram mais avançadas que as nossas”, explica Roberto Stern, presidente e diretor de criação da H.Stern, sobre a preferência pelo animismo como fio condutor.

Fazia parte do cotidiano de astecas, maias ou incas render homenagens aos seres espirituais, já que eles proporcionavam sustento diário, afastavam doenças e protegiam dos inimigos. Como o mundo é dual e feito de contrários, essas forças mágicas eram boas ou más e estavam ligadas ao dia ou à noite.

Nessa visão pan-andina, a alma do homem podia ir e vir durante o sono ou após a morte. Segundo a historiadora peruana Paloma Mufarech, tudo que rodeava essas civilizações estava conectado com a natureza e era animado, tinha “alma” e sofria como ser humano.

Nessa forma de compreender o mundo, homens e animais, além das plantas, da terra, das águas e do céu, estavam em sintonia. “Não há dúvidas da importância do mundo animal como expressão de poder. Muitos deuses antigos estão ligados aos bichos, cada um deles com poderes sobrenaturais”, afirma a pesquisadora.

O ouro, símbolo do imperador inca Manco Capac, o Filho do Sol, foi a base escolhida para a coleção. Recortado, texturizado, flexível e em tonalidades variadas, dá suporte à combinação mimética entre diamantes, pérolas e ônix. “Desenvolvemos novas cores de ouro, maneiras de escová-lo e formas diferentes de cravar pedras”, conta Stern, acrescentando que a inovação na maneira de executar as joias foi necessária para dar corpo aos desenhos das peças.

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
Manco Capac, ou Ayar Manco, o Filho do Sol. Imagens: Portal de Órion e Wikipédia

Apesar de todas serem bastante elaboradas, ele elege a pulseira inspirada na serpente como a mais complexa. Dezenas de elementos arredondados ou irregulares feitos de ouro nobre estão dispostos em 21 fileiras verticais ligadas por pequenas argolas e garantem que o movimento da joia no braço lembre o de uma serpente. O toque final fica por conta de três mil diamantes em dégradé do branco ao negro.

Por Silvana Holzmeister, via Vogue H.Stern

A seguir, um pouco mais sobre as inspirações que levaram às joias Ancient America, uma coleção marcada por padronagens que reproduzem a pele de bichos, que continuam em alta, pelo contraste de gemas pretas e brancas e por diferentes tons de ouro, incluindo o rosa, uma tendência no mundo da joalheria.

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
Brincos de ouro rosé com diamantes e anéis de ouro nobre, diamantes negros e cognac.

A serpente era tida como símbolo do mundo subterrâneo, do renascimento e da renovação. Nas joias, diamantes de vários tons de cognac e negro cravados sobre Ouro Nobre simulam a padronagem das cobras. Anéis enrolam-se pelo dedo. O bracelete é um show: largo, mimetiza a pele da cobra e tem movimento, assim como os brincos, longos e sinuosos. O colar abraça o pescoço e deixa-se cair pelas costas. Todas as peças são de pavé de diamantes.

O peixe simbolizava a fertilidade que vem da água, da nutrição e da vida. Nas joias, vemos a representação das escamas: plaquinhas triangulares de Ouro Nobre e de ouro amarelo, tudo maleável. Brincos longos, bracelete e anéis. Há opção de brincos de ônix, pedra preta usada desde a Antiguidade e conhecida por absorver e dissolver as energias negativas. Para quem prefere o branco, brincos de madrepérola, nácar que reveste o interior de conchas e reflete nuances coloridos de acordo com a incidência da luz.

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
Colar de ouro nobre com diamantes negros e cognac e brincos de ouro nobre com ônix e diamantes.

A tartaruga era o símbolo da fertilidade que vem da terra. Seu casco era associado aos desenhos formados pela terra seca e craquelada que, após as chuvas, deixava brotar o milho, base alimentar dos povos pré-colombianos. Nas joias, o casco é substituído por gemas pretas (ônix) ou brancas (madrepérolas), cortadas de forma precisa, com encaixes perfeitos que lembram um mosaico. Podem ser vistos em dois anéis grandes e poderosos, ambos com um toque de pavé de diamantes.

O pássaro simbolizava o mundo dos deuses, da paz e espiritualidade. Nas joias, as penas foram estilizadas e transformaram-se em brincos longos, anéis e um grande bracelete. Tudo muito leve, mas com volume, como os grandes pássaros que cortam os céus. Há peças de ouro amarelo escovado e de ouro rosa com diamantes cognac.

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
Anel de ouro nobre com ôniz e diamantes e bracelete de ouro amarelo texturizado.

O jaguar era símbolo do mundo terreno e dos homens, da força e do poder. A pele do jaguar, com suas manchas, foi trabalhada no ouro rosa, salpicada de diamantes negros e brancos. Há três tamanhos de anéis e dois de brincos, um deles coladinho ao lóbulo da orelha para aquelas mulheres que gostam de joia pequena e cheia de personalidade. A pulseira é recoberta de pavé de diamantes negros e brancos, montados em ouro rosé. A cravação é espetacular, um trabalho incrível de ourivesaria!

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
Brincos de ouro rosé com diamantes negros e brancos e anéis de ouro rosé com diamantes negros e brancos

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
Pulseira de ouro nobre com diamantes negros e cognac e pulseira de ouro amarelo, ouro nobre e diamantes.

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombianaAncient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
Brincos longos de ouro nobre com diamantes negros e brancos e anéis de ouro amarelo, ouro nobre e diamantes

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombianaAncient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
Brincos de ouro amarelo, ouro nobre e diamantes

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana
Brincos de ouro nobre com madrepérolas e anel de ouro nobre com madrepérolas e diamantes

Veja quem esteve presente no lançamento da coleção Ancient America da H.Stern:

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana

Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana Ancient America: Nova coleção da H.Stern mergulha na riqueza cultural pré colombiana

Publicação: 28 de outubro de 2010

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Luana-Teifke-M.Officer-1
M. Officer por muito menos no BrandsClub

Via MagXone A M. Officer foi criada nos anos 1980, por um dos estilistas festejados no mundo, o brasileiro Carlos...

Fechar