Cheap Monday – Você conhece?

Cheap Monday – Você conhece?

O sucesso da Cheap Monday explodiu em março de 2004, quando o apertado denim com o logotipo de um crânio lançou o seu  primeiro hit  no mercado.

“Na realidade, não existe um segredo para o sucesso. As pessoas apenas apreciam o fato desta ser uma marca original e ao mesmo tempo acessível”, explicam Örjan Andersson e Adam, os fundadores da marca, que tem marcado terreno como uma das grandes marcas de jeans européias.

Tudo começou em 2000, quando Örjan Andersson, depois de ter trabalhado durante 10 anos em uma loja de roupa e ter sido o “missionário” da Lee na Suécia, se juntou com outros dois sócios, iniciando o próprio negócio, com uma pequena loja em Estocolmo. O espaço foi batizado de Weekend e, tal como o nome indicava, só abria aos sábados e domingos.

O sucesso foi imediato e, apesar da localização um pouco afastada do centro da cidade, a seleção de artigos diferenciados atraía clientes, permanentemente. Mudaram-se, então, para uma loja maior, em uma região mais central da cidade. A nova loja, que abria diariamente, foi rebatizada de Weekday. O foco da loja era marcas diferenciadas de jeans e peças de segunda-mão com muito estilo e que conseguiam chamar a atenção de uma clientela abastada.

Naquela altura, muitos dos jeans vendidos na loja tinham preços bastante elevados. Através disso, Örjan sentiu a necessidade de oferecer uma alternativa mais acessível, mas não menos “fashion”. Foi assim que surgiram as primeiras calças da marca Cheap Monday.  As primeiras calças criadas pela grife já tinham uma marca registrada: eram justas e com uma lavagem moderna. O estoque desapareceu rapidamente.

Desde então, a marca tem crescido de forma significativa e consagrou-se como uma das mais inovadoras marcas de jeans da atualidade. Além de chamarem a atenção, por serem extremamente originais e, ainda assim, sofisticados, os modelos da marca sueca são acessíveis devido a duas características fundamentais. Primeiro, porque todas as coleções de jeans são “unwashed”, isto é, não passam pelas tradicionais fases de lavagem, as quais originam grandes economias. Depois, no que condiz às t-shirts e outras peças de vestuário, o trabalho de diferenciação é feito manualmente por um grupo de amigos, não existindo custos de impressão associados.

Cheap Monday – Você conhece?

Slim fit – unwashed

Cheap Monday – Você conhece?

Cintura altíssima

Para Örjan Andersson, esta é uma forma de recuar um pouco no tempo até ao princípio dos anos 80, em que todos os jeans eram “puros e não sofriam nenhuma lavagem”. Da mesma forma, todos os modelos da marca seguem um estilo bastante característico, com cortes extremamente ajustados e cores diversificadas e alegres.

A empresa se transformou em uma especialista em criação de jeans slim fit. São muitas as bandas de rock fiéis à marca. Aliás, uma das estratégias da Cheap Monday é vestir algumas bandas atuais de forma a criar um visual apelativo e “copiável” pelos jovens seguidores dos referidos grupos musicais.

Por esse motivo a marca tem conquistado cada vez mais notoriedade nos últimos anos, saltando fronteiras da Suécia para o resto do mundo. Os jeans Cheap Monday foram até nomeados como “best jeans design” pela revista Elle.

Cheap Monday – Você conhece?

Banda americana Panic at the Disco –  consumidores do slim fit  da Cheap Monday

A Cheap Monday ainda é pouco conhecida no Brasil.  A grife A Mulher do Padre (AMP) será  a distribuidora do produto no Brasil ainda esse ano.

Spring/Summer 2009 – Collection

Cheap Monday – Você conhece?

Cheap Monday – Você conhece?

Cheap Monday – Você conhece?

Imagens: HyperBeast.com

Por Leonize Maurílio

Publicação: 19 de novembro de 2008

AUTOR

Leonize Maurílio é formada em moda pela UNIP (Universidade Paulista) desde 2004, atua como compradora de confecção e desenvolve coleções como estilista free-lancer. E.mail: leonize_maurilio@yahoo.com.br

COMENTÁRIOS

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Leia o post anterior:
girbaud18nov08-fibra-de-milho
Girbaud adere à fibra de milho

Produzida a partir de uma fonte renovável – o milho, a Ingeo continua a conquistar adeptos em todo o mundo....

Fechar