Cuidar do corpo. O momento é agora.

Que atividade física é  mais interessante para a sua atual situação de vida?

Por Thais Vasconcelos

Cuidar do corpo. O momento é agora.
Imagem do site Womens Health

Psicólogos especialistas em esportes explicam porque é tão interessante descobrir o que cada atividade tem de bom para você e qual se adequa mais ao seu momento e ao que você  precisa em cada fase da sua vida.

“O ser humano é dinâmico e suas necessidades também. Cabe a cada um reconhecer o momento em que está vivendo e perceber as atividades que são pertinentes para ela”, diz João Ricardo Cozac, presidente da Associação Paulista da Psicologia do Esporte.

Qual é o esporte para chamar de seu?

Cuidar do corpo. O momento é agora.
Imagem do site Wall Paper Sotck

O prazer da prática deve vir em primeiro lugar. A vida já envolve muitos deveres e responsabilidades demais. A escolha da atividade física deve estar vinculada com algum tipo de prazer.

Cuidar do corpo. O momento é agora.
Imagem do site Brief Case Diva

Infelizmente, algumas pessoas acham que tem que fazer ginástica por obrigação. “Quando uma pessoa resolve se enquadrar em um exercício no qual não sente satisfação, dificilmente conseguirá aderir e a chance de parar é altíssima”, diz a psicóloga esportiva Carla di Pierro. “Outra questão é relacionar esse momento ao ambiente da academia, que pode ser desestimulante. Existem outras possibilidades de se exercitar, em escolas específicas de dança, natação e Pilates ou em parques”, diz.

Carla conta que faz triatlon amador há 12 anos. Quando começou, ainda na faculdade, buscava reconhecimento (confessou que se sentia a bambambã porque tinha poucas mulheres na época fazendo o esporte).

“Em psicologia, chamamos isso de reforçadores – tudo o que nos gera recompensas”, diz Carla. Pode ser o fato de ver o corpo mudar, ficar mais forte, ter mais resistência, se sentir mais bonito, se divertir, ter saúde, aumentar a rede social, enfim, cada pessoa busca um “reforçador” quando escolhe uma atividade física.

Agora, o mais interessante é que o tal “reforçador” muda com o passar do tempo. E o esporte que era tão empolgante depois de um tempo não provoca mais as mesmas emoções ou acaba ganhando outro significado.

Por exemplo, permanecer fiel ao triatlon mesmo com uma idade mais avançada, tem outras recompensas. A prática ajudará a  manter a forma e, sobretudo, será também um momento de lazer com amigos.

Uma coisa é certa: seres humanos não nasceram para ficar parados como um poste. O corpo precisa de movimento. Esse é um processo de escolha individual que depende das necessidades físicas e psicológicas de cada um.

Muito difícil saber qual a sua?

Cuidar do corpo. O momento é agora.
Imagem do blog Blogaretto

Compreenda pelos exemplos a seguir: para uma pessoa que tem um trabalho estressante e quer gastar energia, não é recomendado fazer musculação, que é o caminho contrário – acaba tencionando a musculatura.

Se a rotina é nervosa, o que vai favorecer será  alguma atividade aeróbica, como correr, caminhar, nadar e pedalar, que estimula e melhora o desempenho cardiovascular e diminue a pressão sanguínea, ajudando a aliviar a tensão.

Para quem tem contato diário com um grande público, pode ter necessidade de ficar só em algum momento. Nessa situação experimentar uma atividade  individual, como a natação e a corrida, pode trazer uma certa tranquilidade.

Cuidar do corpo. O momento é agora.
Imagem do site Irishtimes

Já quem tem um cotidiano solitário e quer se socializar pode procurar um esporte coletivo (futebol, tênis, vôlei, basquete, corrida em grupo) ou ainda dança de salão.

A ioga pode ajudar como coadjuvante de terapia para os casos de depressão e síndrome do pânico, por exemplo. A arte marcial é muitas vezes prescrita para quem busca sua força.

Cuidar do corpo. O momento é agora.
Imagem do site Dreamstime

Casos de atletas são tratados por um psicólogo do esporte,  mas  que também pode atender  pessoas que estão em conflito com a própria prática esportiva, por falta de motivação ou por não se sentirem realizadas.

As estatísticas mostram que nos seis primeiros meses do início de uma atividade física, 50% das pessoas acabam desistindo. Algumas estratégias ajudam a manter a regularidade: que o exercício seja feito próximo da casa ou do trabalho, ter um amigo que faça o esporte,  mas o mais  importante é que a atividade seja coerente com a sua personalidade.

Cuidar do corpo. O momento é agora.
Imagem do site Art

Mesmo com certas mudanças na maneira de ser, temos uma personalidade definida. Se conhecer bem suas características, saberá com mais assertividade qual atividade se adequa melhor ao seu perfil e ao seu momento de vida.

Por fim, ao compreender o que pode ser mais prazeroso para a sua personalidade, comece a experimentar. Busque informações técnicas, converse com pessoas que praticam a atividade escolhida, faça aulas testes,  perceba qual o melhor horário do dia para se exercitar.

Cuidar do corpo. O momento é agora.
Imagem do site Life Way Dental

Encontrando-se em uma atividade, certamente irá passar por uma boa transformação interna e externa, aumentando  radicalmente sua disposição para encarar desafios, ter mais equilíbrio e muito mais saúde.

Informações úteis no site Vida Simples

Por Thais Vasconcelos

Publicação: 29 de setembro de 2009

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
curso-novas-midias-casa-quem
Curso Novas Mídias

Fonte: blog da Casa de Quem O workshop de aperfeiçoamento abordará tópicos importantes ligados à inovação digital, ao fenômeno das redes...

Fechar