Fibra de bambu – prós e contras

Desde 2006, temos publicado vários artigos sobre as vantagens ecológicas da fibra de bambu. Os leitores têm participado ativamente da discussão, uns contra outros a favor.

Leiam algumas das msg que recebemos sobre o tema:

“Eu já fui enganado pela farsa da fibra de bambu, mas antes de sair por aí espalhando que ela é ecologicamente correta, fui pesquisar.

O único fator que torna a fibra de bambu “ecológica” é o fato de ser produzida através de uma matéria-prima renovável e de rápido crescimento. Eu não diria ecológica, mas SUSTENTÁVEL. Esse seria o termo correto.

O processo de produção de qualquer fibra celulósica artificial tem como primeiro passo a produção de celulose (polpa de celulose), como para o papel. As polpas de celulose para a produção de fibras precisam ser muito puras, o que exige processos químicos avançados. Quem já esteve num raio de 20km de uma fábrica de celulose sabe o cheiro que tem. É o cheiro da poluição.

No caso da fibra de bambu e da viscose, o processo seguinte a produção da polpa é ainda mais poluente, pois utiliza Bissulfeto de Carbono, umas das substâncias mais tóxicas ainda usadas industrialmente.

Se fosse pra chamar uma fibra de ecológica, chamaria o liocel (conhecido pela marca Tencel by Lenzing), pois utiliza um produto químico menos nocivo que o álcool de cozinha e que é totalmente recuperado no processo. Mesmo essa, não escapa do processo de produção da polpa de celulose…”

“Não existem tecidos de FIBRAS de bambu, mas sim de VISCOSE de celulose de bambu. Como a viscose é decorrente de um processo altamente poluente, o tecido de viscose de bambu não é necessariamente ECOLÓGICO.”

“ATENÇÃO PESSOAL:
O que estão chamando de tecido de fibra de bambu na realidade é o Rayon, ou viscose, e é obtido a partir de qualquer vegetal, pelo processamento da celulose com o uso de produtos químicos fortíssimos que prejudicam tanto o meio ambiente que não são mais permitidos no ocidente – esses produtos são fabricados na China, usando o bambu, mas poderiam usar até capim, e seria a mesma coisa – o produto quimico usado transforma a celulose (qualquer origem) em um material plástico que é extrudado e posteriormente tecido. O produto final nada tem a ver com o Bambu, não é ecologicamente correto nem tem suas características – e a mão de obra é semi-escrava. dúvidas? eco-design@hotmail.com.”

“A fibra de bambu é um mito. Na realidade se trata de viscose. Por um processo químico usando o reagente dissulfeto de carbono (CS2) toda a suposta massa de bambu (celulose) é transformada em viscose.
Não importa se a origem dessa celulose seja o bambu, eucalipto, etc etc etc… no final do processo teremos VISCOSE.
As características que o produto possui, citadas acima, são da viscose. Algum empresário de mau caráter usa o bambu, como sendo ecológico e todas as baboseiras descritas no texto apenas como pretexto de vender mais, e nos enganar.

Trabalho em um lab. químico têxtil no sul do país, e todos os nossos clientes enviam amostras da tal “fibra de bambu”, e a análise de composição é sempre a mesma: 100% VISCOSE.
Todos relutam em aceitar a verdade, e saber que foram enganados, mas de fato, o foram.”

O outro lado se defende:

“Acredito que o Pedro Caribé tenha sido um pouco precipitado ao comparar o uso da fibra de bambu ao capim! Isso é uma afirmação completamente equivocada. A única coisa certa que disse, é que o processo de fabricação é como o da viscose, o que significa que é muito poluente. Entretanto é uma fibra biodegradável, regenerada da celulose de polpa de bambu, que não degrada o meio ambiente. O que o degrada é a sua produção. Seu toque fica similar à viscose, tem função antibactericida (garantida por uma associação japonesa), é inibidora de odores, tem a secagem rápida e é bem absorvente. A grande vantagem é que o bambu cresce rapidamente (uns 4 anos para a maturidade).”

“Tenho roupas feitas com fibra de bambu.
Esta fibra é autenticamente de bambu, com patente, isos 9001 e 14001(este último referente ao Meio Ambiente).
È certificado por 2 órgãos reconhecidos na China também.(Torch Program Certification and Certification of AAA Trustworthy Enterprise by Agricultural Bank of China.
° Tecido possui a finess e maciêz da seda : tecidos brilhantes, confortáveis, alta durabilidade e elegância.
° Fibra com poder regulador de temperatura : o tecido possui poros de vários tamanhos trançados a fibra do bambu que podem absorver e evaporar a água três vezes mais rápido do que o cotton.
° Anti bactericida: Experimentos feitos no “Shangai Institute of Microbiology and China Textile Academy”
comprovaram a diminuição de 75% no crescimento bacteriano comparado ao algodão. Por este motivo, o
tecido foi usado em profissionais nos hospitais da Ásia na época do surgimento da epidemia de SARS.
° Ecológicamente correto: o tecido foi induvidávelmente tachado como um produto ecológicamente correto.
O processo fisico adotado para o refino e produção do material é sem elementos quimicos ou poluentes.100% biodegradável, a fribra do bambu é com certeza chamada de “Fibra verde” nos termos da proteção ambiental. A fibra possui os efeitos do bambu: repelente a insetos, ácaros e é resistente a odores.
° Possui proteção contra raios UV: sem que haja qualquer reação em sua pele, pois não usa produtos quimicos para que haja esta função. A insidência de Raios UV na fibra de bambu é de 0.6? enquanto no algodão é de 250?, o que mostra que o bambu tem a capacidade de proteger 417 vezes mais.
° Contém vários tipos de aminoácidos que fazem bem a pele, como a celulose e a pectina que hidratam a pele e recupera a aparência cansada. Ajuda na microcirculação. É resistente a eletricidade estática.
A fábrica é chinesa sim, mas se formos deixar de usar coisas por causa da mão de obra chinesa não teremos nada pois, mais de 90% das coisas que estão no mercado são feitas lá. Desde as famosas marcas de roupa (quase todas), brinquedos, móveis etc.
É bom se informar realmente antes de dizer besteiras.”

(mensagens postados no artigo Bambu promove uma autêntica revolução no mundo têxtil)

Leia o que publicamos sobre a fibra de bambu:

Visite o grupo de discussões sobre bambu:

  • br.groups.yahoo.com/group/agabambu
  • br.groups.yahoo.com/group/bambu-brasil

Publicação: 30 de janeiro de 2008

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Riach1
Programa de Trainees 2008 Riachuelo

A Riachuelo, segunda maior empresa de varejo de moda no país, presente em 23 estados brasileiros e com 94 lojas...

Fechar