O poder da jovem Daslu

O poder da jovem Daslu

Bernardino e Luciana, os filhos de Eliana Tranchesi, se unem à executiva Donata Meirelles para criar a 284, uma marca de roupa que será inaugurada em outubro

REUNIÃO DOS SÓCIOS:
Luciana, Donata (sentada) e Dinho
investirão R$ 3 milhões no lançamento da 284.

O poder da jovem Daslu

NAS FAMÍLIAS DE GRANDES empresários, a figura do pai é essencial na formação profissional dos filhos. Há, porém, algumas exceções. E na casa de Eliana Tranchesi, a dona da Daslu, essa exceção virou tradição. Lá, a inspiração profissional passa de mãe para filho. Eliana, por exemplo, começou a carreira no mundo da moda guiada por sua mãe, Lucia Piva de Albuquerque, a fundadora da butique. Agora chegou a vez de Eliana passar por uma sensação parecida. Seus dois filhos, Bernardino Tranchesi, 22 anos, e Luciana Tranchesi, 19, se preparam para seguir os seus passos. Os dois jovens, em sociedade com Donata Meirelles, fiel escudeira de Eliana e diretora de compras da Daslu, anunciaram um investimento de R$ 3 milhões na criação da marca de roupas 284. “Olho para eles e lembro de quando comecei”, diz Eliana, inflada de orgulho. A nova grife, voltada para o público jovem e que foi batizada com o número do antigo endereço da Daslu, na Vila Nova Conceição, em São Paulo, será lançada em outubro de 2008 na própria Daslu.

Na verdade, esse é apenas o primeiro passo. “Em 2009 abriremos mais duas lojas em São Paulo e uma no Rio de Janeiro”, prevê Bernardino Tranchesi, ou simplesmente Dinho, como gosta de ser chamado. “Esperamos faturar R$15 milhões no próximo ano”, completa. Ao contrário das outras marcas que estão na Daslu, a 284 virá com um estilo diferente. “Será um produto mais barato, porém com as mesmas qualidades das outras marcas de luxo da loja”, explica Donata Meirelles, sócia no negócio. A 284, que venderá roupas masculinas e femininas, terá camisetas, calças jeans, camisas, vestidos para festas e acessórios cujos preços variarão entre R$ 90 e R$ 800. “Tudo está sendo planejado com detalhes. Além do calendário das quatro estações do mercado da moda, a 284 trará novidades a cada 15 dias”, destaca Dinho.
O poder da jovem Daslu

A grife funcionará no futuro espaço Daslu Village Brasil (acima), que reunirá outras 54 marcas

A 284 funcionará em um espaço de 300 metros quadrados e fará parte do projeto Daslu Village Brasil, que será inaugurado no início de maio. Nesse espaço, que tem dois mil metros quadrados e será voltado ao público jovem, estarão reunidas 55 marcas, como Maria Bonita Extra, Cris Barros e Oakley, entre outras. “A estrutura da Daslu poderá contribuir para o sucesso da nova grife”, analisa André Robic, diretor executivo do Instituto Brasileiro de Moda. “Porém, é importante que a marca faça um trabalho de construção de imagem desvinculado da Daslu”, sugere. Para essa observação, os dois jovens empresários da moda têm uma resposta. “É claro que a figura da nossa mãe abrirá portas. Mas a 284 terá identidade própria”, garante Dinho. “Da minha mãe, nesse novo projeto, só prevaleceram as características genéticas”, brinca.

Isto É Dinheiro por GUSTAVO GANTOIS

Via Mercado Competitivo.

Publicação: 7 de maio de 2008

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Show da Banda Sisal

A Banda Sisal nasceu da idéia de tocar um repertório sofisticado de MPB, Bossa Nova e Standards de Jazz. Estes...

Fechar