Projeto Design contra o Crime conquista prêmio internacional

 Projeto Design contra o Crime conquista prêmio internacional

Premiado em 2008 no Brasil por seu caráter inovador, o projeto Design contra o Crime conquista seu primeiro prêmio internacional: o Hermès de l’Innovation 2009, na categoria Inovação e Desenvolvimento Humano. Concedido pelo Instituto Europeu de Inovação e Estratégias Criativas, o prêmio que está em sua primeira edição será entregue no dia 25 de maio, em Paris.

O projeto é uma iniciativa do coronel Roberson Luiz Bondaruk, comandante da Academia Policial Militar do Guatupê, e do Senai Paraná. A proposta do projeto é adaptar o design de roupas, bolsas, mochilas, acessórios e móveis a fim de evitar pequenos delitos, como furtos em ônibus por exemplo. O projeto promove pequenos ajustes que tornam a vida do assaltante bem mais difícil. A idéia nasceu a partir de uma pesquisa feita pelo coronel Bondaruk com 287 presos de unidades do sistema penitenciário paranaense que identificou as técnicas mais utilizadas pelos assaltantes em pequenos furtos.

Projeto Design contra o Crime conquista prêmio internacional

Os protótipos foram desenvolvidos por designers do Senai. O bolso da calça é mais baixo que o normal e tem velcro. Os zíperes têm uma cobertura que dificulta o acesso. As bolsas têm cadeados e bolsos flutuantes, revestidos com redes de pesca. No Brasil, o projeto ficou em segundo lugar, na categoria Processo Inovador do Mostra Inova Senai 2008, que premiou produtos de inovação tecnológica.

Leia mais: Projeto Design contra o Crime conquista prêmio internacional

Projeto Design contra o Crime conquista prêmio internacional

O livro Design contra o crime: prevenção situacional do delito através do design de produtos (capa), de Roberson Luiz Bondaruk, apresenta várias soluções de design de produto capazes de proteger seus usuários contra roubos. São móveis, mochilas e roupas, entre outros objetos.

Um dos projetos pioneiros é o de uma mochila com diferentes dispositivos de proteção como alça única, larga e reforçada; bolsos internos ‘flutuantes’ para objetos de valor; cadeado com segredo para fechamento externo; corrente interna para fixação de carteira; e zíper visível em contato com o corpo e difícil acesso para o delinqüente. Por fim, soluções aplicadas nos bolsos: oculto na parte interna da manga, com zíper e viés em jeans ou oculto na parte interna do revel para guardar cartões e cédulas de dinheiro, ou ainda, interno no forro à altura da cintura e tipo canguru com aberturas fechadas com zíper e duas tiras com botões de pressão sobre o mesmo.

Leia mais: Design contra o Crime – Paraná Online

Publicação: 15 de abril de 2009

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
moda-paris-200x300
Fashion Clipping – 14/04/2009

Procon inicia cadastro para bloqueio de ligações de telemarketing São Paulo - Usuários já podem se inscrever no site do...

Fechar