Slow fashion, o luxo em 2009

Slow fashion, o luxo em 2009

Slow fashion é o conceito que define que a moda terá uma velocidade menor, com peças perenes, ou que pelo menos persistam mais de uma estação. É o movimento que defende peças duráveis, de qualidade para serem guardadas e não descartadas. 

O The Guardian já falou sobre o assunto em agosto do ano passado,na reportagem com o título : ‘Slow fashion is a must-have … and not just for this season’.

O Globo.com também já se pronunciou, em janeiro deste ano ‘A era do consumo frívolo acabou’.

O que mais chama atenção, é que não se trata de tendência e sim de um movimento que já é realidade, hoje os consumidores pensam mais na hora de gastar. A crise tão falada, certamente contribui. A quantia investida no consumo passa a ter importância e por consequência o produto será melhor avaliado pelo consumidor.

Slow fashion, o luxo em 2009 
Peça feita a mão por Sandra Backlund

Sob um outro viés, existem definições tratando o slow fashion como moda sustentável, usando tecidos Eco, agindo eticamente com os trabalhadores, mas acredito que a grande sacada é mesmo em relação ao sistema da moda. É aí que o impacto será percebido.

É a indicação de que algo tem que mudar em relação ao planejamento das coleções, produção, calendários, etc. Claro, que no fim tudo se integra e as matérias primas Eco entram como elementos de composição deste novo cenário.

No report do trendwatching, divulgado aqui no Fashionbubbles, listamos um resumo das tendências de consumo de 2009, lá comentamos que em 2009 devemos  reorganizar o conceito de luxo, apontando que o luxo não será ligado ao preço do produto, e sim à sua disponibilidade e acesso.

Slow fashion, o luxo em 2009 
Peça de Sandra Backlund

O acesso deve ser restrito, atendendo aos desejos dos consumidores de serem únicos . É o que podemos chamar do luxo simples, sem grandes exageros, sem gastar enormes quantias para ter o produto, ter exclusividade é fundamental, ou seja, produtos que não estão à venda em lugares de grande acesso ou até mesmo nas lojas mais consagradas.

É o slow fashion entrando em cena como antítese ao fast fashion ao luxo tradicional.

Slow fashion, o luxo em 2009
Peça de Sandra Backlund

Um ótimo exemplo do slow fashion li na Vogue deste mês, Ana Claudia Lopes dá destaque a uma estilista Sueca chamada Sandra Backlund, (fotos).
A matéria conta que Sandra vem sendo chamada de precursora do slow fashion, vale a pena entrar no site e conferir toda a coleção,

As peças são todas feitas a mão pela própria estilista, ela se recusou, por exemplo, a participar da atual temporada de moda em Londres, justamente por ser contra o ritmo alucinante da moda. Faz peças por encomenda, entre suas clientes está Bjork, colaborou também com a Louis Vuitton em algumas peças de knitwear da coleção fall/winter 07/08.

Slow fashion, o luxo em 2009
 
Peça de Sandra Backlund

A estilista diz que : o corpo humano é sempre o ponto de partida de suas coleções , que é realmente fascinada por todas as maneiras possíveis de realçar a silhueta natural com roupas e acessórios. A percepção do feito a mão é realmente muito importante. Experimenta muito com diferentes materiais e técnicas, mas foi com a colagem em malharia de lã que encontrou a maneira de expressar-se.

“ Isso são coisas reais e tudo que a indústria da moda moderna não é.

O que eu faço – não é possível correr”.

 Diz Sandra Backlund.

Fonte:
www.sweden.se
The Guardian
Vogue

Publicação: 16 de fevereiro de 2009

AUTOR

Alessandra Janaudis Gimenez é pós-graduada em Ciências do Consumo pela ESPM e em Moda e Criação pela Santa Marcelina. Cursou Cool Hunting em Milão na Domus Academy, programa em parceria com a Central Saint Martins e o instituto de pesquisa Future Concept Lab. Hoje atua como buyer na Adar Millenium. É importadora de tecidos para o mercado de moda, teve passagens também pela Cia Hering, Vicunha e Rosset.

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Aprenda a customizar o seu abadá

A micareteira Flavia Bueno ensina alguns cortes simples para customizar abadás e curtir a folia no Carnaval.

Fechar