Vêm de Nova Hamburgo os sapatos da badalada coleção de Kate Moss para a Topshop

 Vêm de Nova Hamburgo os sapatos da badalada coleção de Kate Moss para a Topshop

A coleção desenhada por Kate Moss para a rede londrina Topshop tem lugar garantido na lista de grandes aconte­cimentos da moda em 2007. 0 lançamento parou a Oxford Street, com filas quilométricas na calçada e caos generalizado dentro da loja. Em menos de 24 horas, a primeira fornada dos 50 itens da coleção sumiram das prateleiras – entre eles, três sapatos, três botas e uma sandália, todos com deta­lhes de couro de cobra.

O que pouca gente sabe é que os sete modelos foram desen­volvidos por uma marca brasileira, a Studio TMLS (lê-se timeless). Criada em 1990 pelo gaúcho Jeferson Dib, especializou-se em fazer, com sapatos, exatamente o que redes como Topshop e H&M fazem com roupas. Ou seja, levar rapidamente para as prateleiras tendências desfiladas por grifes que ditam moda (Prada, Balenciaga, Marc Jacobs…) a preços bem mais acessíveis. Embora a fábrica fique em Nova Hambur­go, a marca tem sede em Londres, já que seu foco hoje é a exportação: desde 2000, a equipe de Jeferson Dib desenvolve calça­dos para 21 clientes internacionais, entre eles as redes londrinas Harrods, Selfridges e, claro, a própria Topshop.

Vêm de Nova Hamburgo os sapatos da badalada coleção de Kate Moss para a Topshop

Há dois anos, a marca TMLS abriu loja própria em Moema (SP). O espaço virou hotspot de fashionistas que sabem que encontrarão lá tendências que só mais tarde estarão nos pés das brasileiras. É que Dib seleciona al­guns pares e os coloca à venda na loja an­tes mesmo de serem embarcados rumo a Topshop, Selfridges e afins. As ankle boots, por exemplo, estavam disponíveis no Studio TMLS desde janeiro de 2006, um ano e meio antes de invadirem as nossas vitrines.

Os modelos envernizados em tons cítricos, outro best-seller da estação, também che­garam lá antes. “Viajo para as principais capitais da moda em busca de novas tendên­cias”, conta Dib. “Vou a desfiles, claro, mas também visito brechós, já que a moda vive de referências do passado”, explica. Para o próximo verão, a TMLS assina as sandálias do desfile de Gloria Coelho, desde já objeto de desejo da estação. Dib está atrás de um sócio para entrar com força no mercado nacional. Quando isso acontecer, as fashio­nistas vão perder seu endereço secreto, mas muito mais gente vai poder andar na moda gastando menos.

Por Vogue Brasil.

Matéria do site Mercado Competitivo.

Publicação: 31 de julho de 2007

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
A era do design

A socióloga Virginia Postrel defende que qualquer objeto de consumo pode ser hoje uma experiência estética MARCOS FLAMÍNIO PERES EDITOR...

Fechar