Coven mergulha no processo de tecelagem – Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Com forte influência de Coco Chanel, a Coven fez um mergulho no processo de tecelagem e mostrou um trabalho de exploração de fios e tecidos, dando menos atenção à forma. Para compor as peças os fios mais utilizados foram lurex, flamé, bouclé e chenille.

A predominância na cartela de cores era do preto e do branco, mas tons mais vivos de azul, vermelho, rosa e verde também apareceram. O grande destaque vai para o xadrez e também as franjas, que estavam presentes em vários looks. Algumas peças tiveram um toque de étnico.

As modelagens apareceram ajustadas ao corpo e com comprimento na altura dos joelhos. As calças, que também foram feitas em jeans, ficaram com a barra acima do tornozelo. O destaque vai para os blazers estilo tweed e as jaquetas em animal print.

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011 Coven mergulha no processo de tecelagem   Fashion Rio Inverno 2011

Fotos: Osvaldo F

Veja a cobertura completa do Fashion Rio Inverno 2011

A mineira Liliane Queiroz teve seu primeiro contato com linhas e fios em 1987, quando cursava arquitetura na UFMG. Com forte talento para misturar cores e criar texturas, a estilista começou a desenvolver roupas de forma artesanal. Com o tempo a Coven passou a apostar em tecnologias de ponta e se transformou em sinônimo de tricô de qualidade.

Além do mais, as roupas by Coven são facilmente reconhecidas, pois apresentam malhas trabalhadas de maneiras inovadoras. Sabe qual é o significado do nome da marca? Convenção de bruxas. E o motivo é simples: para Liliane, elas trazem sorte. Ao que tudo indica, para a Coven também.

Informações da Revista Estilo

Publicação: 13 de janeiro de 2011

COMENTÁRIOS

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Leia o post anterior:
foto-22-299x450
Barbara Bela desfila pela primeira vez no Fashion Business

A Barbara Bela apresentou a sua coleção outono-inverno 2011, nesta quinta-feira, no Fashion Business. Esta foi a primeira vez que...

Fechar