A história do Antwerp Six – Como um coletivo de novos designers belgas dominou o mundo da moda

A história do Antwerp Six   Como um coletivo de novos designers belgas dominou o mundo da moda

No começo dos anos 80, seis estilistas recém graduados pela Royal Academy of Fine Arts of Antwerp se reuniram para fundar o coletivo Antwerp Six. Ao longo dos 30 anos seguintes, os designs de Dries Van Noten, Ann Demeulemeester, Dirk Van Saene, Walter Van Beirendonck, Dirk Bikkembergs e Marina Yee mudaram a cena da moda internacional, trazendo uma nova estética para as passarelas do mundo inteiro. Posteriormente, o grupo se separou para trabalhar de maneira individual, mas o seu legado permanece vivo e muito forte, servindo de exemplo para as gerações que vieram depois e colocando a Antuérpia no radar do universo fashion. Essa história fascinante está em exposição no MoMu (Fashion Museum Antwerp) e nós trouxemos ela até você, confira:

A história do Antwerp Six   Como um coletivo de novos designers belgas dominou o mundo da moda

The Antwerp Six – As origens

Distante do mundo online e repleto de hashtags no qual os estilistas vivem hoje, o clima da moda nos anos 80 foi marcado por rebelião, anarquia e transformação. A cultura jovem estava com toda a força após os movimentos sociais dos anos 60 e 70 e Londres havia roubado o trono de Paris como o novo epicentro cultural da Europa. Na capital inglesa, as subculturas ganhavam forças e a cidade estava cada vez mais aberta para o potencial dos novos criadores, em uma atmosfera onde pipocavam jovens talentos e revistas underground importantes, como a Dazed&Confused. Nesse clima de inovação, o governo britânico passou a oferecer bolsas e promover concursos incentivando esses designers; a própria Semana de Moda de Londres surgiu como um showcase para os recém graduados da Central Saint Martins, London College of Fashion e Royal College of art. Esse foi o cenário perfeito para o debut do coletivo Antwerp Six, que ficou conhecido assim pela imprensa devido à dificuldade que os jornalistas tinham em pronunciar os nomes de cada estilista.

 

A história do Antwerp Six   Como um coletivo de novos designers belgas dominou o mundo da moda

Da esquerda para a direita: Marina Yee, Dries Van Noten, Ann Demeulemeester, Walter Van Beirendonck, Dirk Bikkembergs e Dirk Van Saene. Imagem dos anos 80 acima e a foto da reunião do coletivo em 2013 abaixo.
 Em 1986, o grupo de estilistas alugou um trailer e dirigiu até Londres para exibir suas criações. Com proposta vanguardista e inteligente, o coletivo logo chamou atenção dos editores de moda. Muito além de roupas, eles se esforçaram para criar um universo, com vocabulário próprio e boas noções de marketing pessoal. Os looks eram radicais, frios e minimalistas, andando na contramão do exagero que marcou os anos 80 e inaugurando uma nova estética, que persistiu na década de 90 e causou um impacto gigantesco no mundo da moda. Na cola do Antwerp Six, logo emergiram outros designers belgas como Martin Margiela, que foi associado ao coletivo e por isso muitas fontes até hoje se referem à eles como o Antwerp 6 + 1.

A história do Antwerp Six   Como um coletivo de novos designers belgas dominou o mundo da moda

Ann Demeulemeester em 1992 e 1997

O lendário fotógrafo Bill Cunningham trabalhava no New York Times em 1991, quando conheceu o Antwerp Six e se apaixonou pelo trabalho do coletivo. Na época, ele publicou: “Com a metade do mundo uniformizada de Chanel,era inevitável ocorrer uma rebelião jovem. Um grupo de sete designers belgas emergiu com força destruidora e três deles – Martin Margiela, Ann Demeulemeester e Dirk Van Saene – apresentaram suas coleções aqui (em Paris) nessa semana. Eles se especializaram em transformar as roupas de dentro para fora, destacando a estrutura interna e usando as costuras como uma forma de embelezamento, a ser utilizada orgulhosamente como um detalhe exterior.”

A história do Antwerp Six   Como um coletivo de novos designers belgas dominou o mundo da moda

Anos 90 – Martin Margiela e Dries Van Noten

A história completa do Antwerp Six está em exibição online no MoMu e você pode conferi-la em detalhes através desse link. O We Wear Culture é uma nova plataforma do Google, que faz parte do projeto Arts & Culture e traz para a sua casa um acervo de séculos de informação sobre o mundo da moda. Com apenas alguns cliques, você pode explorar o acervo dos melhores museus do mundo, com nomes de peso como o MET, Central Saint Martins e o Museu Victoria & Albert. Comece pelo Antwerp Six e aproveite a semana para aprender mais sobre a história da moda! A plataforma Google Arts & Culture é gratuita e está disponível na web, e no aplicativo para iOS e Android.

A história do Antwerp Six   Como um coletivo de novos designers belgas dominou o mundo da moda

Imagens da exibição SIGNATURES. The Antwerp 6 + 1. MoMu © Fashion Museum Antwerp

A história do Antwerp Six   Como um coletivo de novos designers belgas dominou o mundo da moda

The Antwerp Six

Salvar

Publicação: 20 de junho de 2017

AUTOR

Francieli Hess é formada em Design de Moda pela UDESC e já estudou Cultura e Progettazione della Moda em Florença. Trabalha como estilista freelancer em Florianópolis e é apaixonada por criação, história, branding e comunicação. Instagram: @fvhess

COMENTÁRIOS

DESCONTOS EXCLUSIVOS FASHION BUBBLES

Leia o post anterior:
Tranças Juninas – Ideias criativas para atualizar o penteado das Festas de São João

  É mês de São João e hora de se preparar para as quadrilhas mais fervidas do Brasil. Além da...

Fechar