História da Moda – As Grandes Estilistas da Moda Européia – Vivienne Westwood – Parte 5/5

História da Moda   As Grandes Estilistas da Moda Européia – Vivienne Westwood – Parte 5/5
Foto de A Tiny City

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, preparamos uma série sobre mulheres que fizeram moda e mudaram a forma de ser mulher na sociedade.

Aqui temos como objetivo pensar a moda criada na Europa durante o século XX por mulheres. Elas fizeram moda e mudaram a forma de ser mulher na sociedade ocidental.

Não desprezamos a importância da criação japonesa, nem da norte-americana no cenário da moda contemporânea, nossa intenção é apenas mostrar a presença feminina num mundo que é conhecido quase exclusivamente como posse dos grandes costureiros e das Maisons.

História da Moda   As Grandes Estilistas da Moda Européia – Vivienne Westwood – Parte 5/5
Foto de Moon Star Lady

O nome da inglesa Vivienne Westwood, nascida em Glossop, no Derbyshire, começou a ficar conhecido no início dos anos 70. Depois de estudar por algum tempo na Harrow Art School e de trabalhar como professora, ela criou, em 1971, com Malcom McLaren, hoje seu ex-marido, uma loja em King’s Road, rua de Londres de onde decolavam as novidades extravagantes da moda da época. McLaren era agente do grupo de rock Sex Pistols e a loja, que originalmente se chamava Sex – mas mudava constantemente de nome – tinha como público aqueles que mostravam afinidades com seus integrantes – gente jovem querendo fugir do convencional e, se possível, chocar.

Westwood vendia couro preto, estampas de animais e tecido de rede com rasgos, rachaduras e presos com alfinetes-de-ama. O estilo punk tinha ali sua perfeita representação. Os estilos vinil, fetiche e sado-masoquista viram a luz do dia com Westwood, ao mesmo tempo em que as mulheres desfrutavam de uma liberdade até aí desconhecida. As punks desenvolveram uma imagem muito própria, uma nova estética e uma linguagem sem inibições, além das pressões sociais e dos códigos do vestuário.

Camisetas estampadas com frases eróticas, como “ele lhe agarrou os seios e encostou-a contra a parede” eram peças encontradas em sua boutique. No início dos anos 80, Vivienne Westwood desistiu dos alfinetes-de-ama e mostrou uma moda romântica, sempre com referências históricas. Chegou ao final da década lançando o barroquismo e o body suit em Lycra, e aos anos 90 sem se preocupar tanto com consumidores jovens.

História da Moda   As Grandes Estilistas da Moda Européia – Vivienne Westwood – Parte 5/5
Foto de Vivienne Westwood

História da Moda   As Grandes Estilistas da Moda Européia – Vivienne Westwood – Parte 5/5
Foto de Vivienne Westwood

História da Moda   As Grandes Estilistas da Moda Européia – Vivienne Westwood – Parte 5/5

Invenções como a crinolina descartável, também chamada mini-cri, a armadura para o traseiro, o sapato de cunha e o twin set com pérolas para o homem provocaram, ano após ano, muita consternação, para depois aparecerem em coleções de outros estilistas.

Com o tempo, as criações irreverentes da estilista acabaram influenciando até mesmo o prêt-à-porter, como foi o caso do estilo que levou o nome de pauperismo, e que era exatamente o que seu nome sugeria.

A estilista exerceu uma influência sobre a moda que é maior do que muitas pessoas supõem. O guru dos meios de comunicação social John Fairchild, editor da publicação norte-americana Women’s Wear Daily, considera Westwood um dos seis talentos mais criativos do século, entre outros motivos pela sua capacidade de visão quando abandona as modas antes de estas acabarem por se tornar banais.

História da Moda   As Grandes Estilistas da Moda Européia – Vivienne Westwood – Parte 5/5
Foto de Hong Kong Hustle

História da Moda   As Grandes Estilistas da Moda Européia – Vivienne Westwood – Parte 5/5
Foto de Want Need Have to Have

Em pleno século 21, Vivienne Westwood continua fiel ao tipo de moda que criou: exagerada, sem ajustes tradicionais, surpreendente e anárquica, combinando técnicas e materiais tradicionais com a modernidade e uma franca ironia.

A título de curiosidade, em 1992, quando lhe foi atribuída a Ordem do Império Britânico, Westwood apresentou-se na cerimônia real do Buckingham Palace sem roupa íntima, o que foi desaprovado pela rainha, líder de uma comunidade conservadora.

História da Moda   As Grandes Estilistas da Moda Européia – Vivienne Westwood – Parte 5/5
Foto de Vivienne Westwood

Veja também:

As grandes Estilistas da Moda Européia – Jeanne Lanvin – Parte 1/5

As grandes Estilistas da Moda Européia – Madeleine Vionnet – Parte 2/5

As grandes Estilistas da Moda Européia – Coco Chanel – Parte 3/5

As grandes Estilistas da Moda Européia – Elsa Schiaparelli – Parte 4/5

Publicação: 10 de março de 2010

AUTOR

Queila Ferraz, Coordenadora Geral do Curso de Design de Moda da UNIP, foi professora da Universidade Anhembi Morumbi e dos cursos de pós-graduação de Moda do Senac. É historiadora de moda, especialista em processos tecnológicos para confecção e consultora de implantação para modelos industriais para a área de vestuário.

COMENTÁRIOS

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Leia o post anterior:
Dona-de-casa-pos-moderna
Secadora Brastemp Ative – Suas roupas sem rugas, você administrando melhor seu tempo

Na vida pós-moderna cada minuto tem seu valor. Queremos ter sucesso na carreira, cuidar da família, ter hobbies interessantes, ser...

Fechar