Fashion in the Mirror: glamour diferente

Fashion in the Mirror: glamour diferente

Tim Walker, Hannelore Knuts, ‘What’s in Vogue?’ London 2005 (Italian Vogue)

É verão em Londres e as galerias de fotografia estão todas dando o máximo de si para a moda. A capital inglesa abre a exposição “Fashion in The Mirror: Self-Reflextion in Fashion Photography” até o dia 14 de setembro na cidade da cultura, onde fotógrafos de moda mostram a profissão com outro ângulo – a fotografia atrás da fotografia. Dentre eles estão Richard Avedon, Terence Donovan, Nick Knight, Helmut Newton, Juergen Teller, Mario Testino, Steven Klein e Jonathan de Villiers.

Fashion in the Mirror: glamour diferente

Norman Parkinson, no Queen, 1962

São fotos que datam desde a década de 1950 até os dias de hoje, em que 21 fotógrafos renomados, mostram os artifícios que usaram para produzir aquela foto publicada ora em campanhas publicitárias, ora em editoriais de revistas. A grande sacada dessa exposição é a de “destruir”, através desses “truques” usados, a perfeição da imagem que a fotografia de moda nos remete, revelando os segredos da indústria da moda, que diluíram as suas ilusões de glamour e questionaram o conceito de beleza perfeita, criando imagens que expõem a teatralidade deste mundo fascinante.

Fashion in the Mirror: glamour diferente

Jonathan de Villiers, para L’Officiel (Paris), 2003

Segundo Steven Klein, “existe um desejo inerente de vincular fotografia como forma de pintura. Minha referência é a pintura e eu sinto que não há conexão entre os dois. A sensação é a de que a câmara sempre esteve presa a um pecado, produzindo uma arte bastarda, que de alguma forma, temos sempre que ligar ao passado, a fim de dar-lhe credenciais. Eu não quero essas credenciais, não quero essa fotografia. Não tenho necessidade de pedir desculpas por fotografar. Meus arquivos existem apenas para razões comerciais, senão o meu trabalho seria descartável. E aí reside a contradição, porque eu sou uma pessoa privada e não um exibicionista. Eu sou uma pessoa que vive para o futuro e não para o passado. Estou em pé atrás de uma câmara, a fim de que eu possa estender-me na frente dela”.

Estas dicotomias, o comercial como meio de expressão de arte, e arte como meio de expressão comercial é que deixam intrigados todos os amantes de fotografia, principalmente os de fotografia de moda.

Fashion in the Mirror: glamour diferente

Karl Lagerfeld e modelos fotografados por Willian Klein para Harper’s Bazaar, 2003.

Fashion in the Mirror: glamour diferente

Twiggy.

Antes como uma retratação do ato de vestir, a fotografia de moda passou a retratar uma atitude. A roupa deixou de ser o centro da atenção do fotógrafo. Muitas vezes ela nem aparece. Como por exemplo Karl Lagerfeld e Twiggy.

O que Susan Sontag e Vilém Flussem diriam disso tudo?

Saiba mais sobre a História da fotografia e conheça estudos sobre Imagens Fotográficas.

Serviço:

A exposição vai até o dia 14 de setembro/08 na Great Newport Street em Londres/UK

Fashion in the Mirror: glamour diferente

Terence Donovan, Celia Hammond, 18 December 1961

Por Diego Carvalho

Fashion in the Mirror: glamour diferente

Grégoire Alexandre for 1.2.3 catalog, 2003

Publicação: 4 de agosto de 2008

AUTOR

Colaboradores do Fashion Bubbles

COMENTÁRIOS

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Leia o post anterior:
image023-thumb
A História do Perfume e a Moda – Parte 2/2

Leia também A História do Perfume e a Moda - parte 1. O casamento do perfume com a moda aconteceu...

Fechar