História dos Vestidos de Noiva – Noiva Romana – Parte 2 (História da Moda)

História dos Vestidos de Noiva – Noiva Romana – Parte 2  (História da Moda)

É célebre a história do rapto das sabinas como o casamento que deu origem ao povo romano

O objetivo do presente estudo é resgatar a evolução da trajetória do matrimônio, através de seu símbolo maior, que é o Vestido de Noiva. Diferente de outro traje social de luxo preparado para ocasiões especiais, este tem um significado relevante para a cultura ocidental. Mais do que uma veste nupcial, o vestido de noiva, resgata  pedaços da cultura, da religiosidade e da história da humanidade. Seus tecidos, volumes e complemento, simbolizam a magia que envolve a união dos cônjuges e demonstram a profundidade do conceito de Amor para as culturas do ocidente.

Noiva Romana

Quanto aos romanos, é célebre a história do rapto das sabinas como o casamento que deu origem a este povo. O rapto, como forma de casamento, era um costume bárbaro, servia para demonstrar a virilidade do marido e a subserviência da esposa como valorização da disposição física do esposo. A esposa, a partir de então, passava a considerá-lo como seu amo e senhor. Este costume se manteve na Europa até a sua total cristianização, que se deu durante a Idade Média.

Entre os romanos civilizados a cerimônia de casamento era diferenciada das outras cerimônias civis através do traje, que era preparado unicamente para esta ocasião, quando a noiva vestia uma túnica branca e se envolvia com um véu de linho muito fino de cor púrpura. Este véu tinha o nome de FLAMMEUM. Nesta ocasião, a jovem arrumava o cabelo com tranças e ornava com uma coroa de flores de verbena. As flores, num casamento, sempre foram sinônimo de fertilidade.

Veja matéria completa no blog  Queila Ferraz

Leia também a  História dos Vestidos de Noiva – História de Amor e Matrimônio – Parte 1.

História dos Vestidos de Noiva – Noiva Romana – Parte 2  (História da Moda)

História dos Vestidos de Noiva – Noiva Romana – Parte 2  (História da Moda)

História dos Vestidos de Noiva – Noiva Romana – Parte 2  (História da Moda)História dos Vestidos de Noiva – Noiva Romana – Parte 2  (História da Moda)

A noiva vestia uma túnica branca e se envolvia com um véu de linho muito fino de cor púrpura. Este véu tinha o nome de FLAMMEUM

Veja matéria completa no blog  Queila Ferraz

Leia também a  História dos Vestidos de Noiva – História de Amor e Matrimônio – Parte 1.

Publicação: 26 de maio de 2010

AUTOR

Queila Ferraz, Coordenadora Geral do Curso de Design de Moda da UNIP, foi professora da Universidade Anhembi Morumbi e dos cursos de pós-graduação de Moda do Senac. É historiadora de moda, especialista em processos tecnológicos para confecção e consultora de implantação para modelos industriais para a área de vestuário.

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Diane-em-Cannes-353x450
Temas para o Verão 2011 – Acessórios, calçados e bolsas

Diane Kruger no festival de Cannes 2010/Foto do site Dia de Beuaté As tendências do Verão 2011 no Brasil serão,...

Fechar