Museu Hering, dois anos de criatividade e contribuição para a cultura regional

Museu Hering, dois anos de criatividade e contribuição para a cultura regional

Em dois anos, o Museu Hering contabilizou cerca de 21 mil visitações, sendo mais de 7 mil estudantes. Promoveu dezenas de atividades sociais e educacionais para aproximar o público do museu e da cultura regional. Inovou na forma criativa de apresentar o acervo e sua história, se reinventou e diferenciou-se na maneira interativa de relacionar as pessoas com o passado, o presente e o futuro.

Os principais resultados da trajetória do Museu Hering estão no Relatório do Ano II, que vem sendo divulgado pela instituição. O documento apresenta as conquistas, realizações e evoluções, incluindo registros das comemorações do segundo aniversário, em novembro de 2012.

O relatório demonstra a evolução no número de visitações: em 2012 foram 11.761 registros, crescimento de 38% em relação a 2011, quando 8.529 pessoas estiveram no Museu. Em visitas monitoradas de estudantes, foram 4,7 mil em 2012, metade delas facilitada pelo do transporte programado, no qual o Museu Hering disponibiliza um ônibus para buscar e levar os alunos. O transporte programado também permitiu o acesso ao Museu de idosos que vivem em ancionatos, dos internos do CERENE, dos catadores ligados ao RECIBLU e de portadores de necessidades especiais.

Interatividade

O Domingo no Museu é um dos destaques, com a realização de 11 eventos e a presença de 383 pessoas em 2012. Com eventos mensais – oficinas, palestras e apresentações culturais, o Domingo no Museu tem o objetivo de incentivar nas pessoas o fazer criativo e o convívio com a arte, em um espaço inspirador. Máscaras de carnaval, horta caseira, brinquedos de garrafa PET, nutrição, maquiagem e jogos cooperativos foram alguns temas desta ação.

Inspirado no DNA da marca que abriga, o Museu Hering também promoveu, também, nove Oficinas Criativas em 2012, nas quais a moda e a beleza estiveram em evidência. Os participantes puderam praticar a confecção de maxi colares, carteiras, ecobags, pulseiras e cachecóis ou customizar suas roupas e acessórios (jeans, camisas, sandálias, etc).

Duas exposições temporárias marcaram o ano e consolidaram a proposta do Museu Hering em ser referência de interatividade, não só com a história passada, mas também com o presente e o futuro. A primeira delas – “As cooperativas constroem um mundo melhor” – destacou o Ano Internacional do Cooperativismo, instituído pela ONU, apresentando a trajetória e o perfil da Cooper e da Viacredi, as duas cooperativas nascidas dentro da Cia Hering, nas décadas de 1940 e 1950.

A segunda exposição temporária – “A nova linguagem visual do Museu Hering: um processo de criação colaborativa” mostrou a inspiração para o Enxaimel Type, fonte de escrita estilizada criada especialmente para o Museu e que está presente em toda a sua comunicação. Para chegar à nova identidade, que remete aos traços das construções enxaimel, os criativos Vitor Cesar Junior, Jackson Araújo e sua equipe envolveram a equipe multidisciplinar do Museu, através de uma oficina de ideias.

Museu Hering, dois anos de criatividade e contribuição para a cultura regional

Aniversário

A exposição, assim como o lançamento do Enxaimel Type, integraram a agenda comemorativa do segundo aniversário do Museu Hering, em novembro. Palestras, debates, bate-papo com professores e profissionais criativos, oficinas e apresentações de música também estiveram na programação.

Um dos pontos marcantes foi o lançamento do livro “Museu Hering: conquistas e possibilidades criativas”, coletânea de artigos que traz o olhar e as interpretações dos profissionais que trabalham cotidianamente com o acervo, sobre o patrimônio cultural e industrial da Hering, abrindo caminhos para novas ações educativas e expositivas.

Novidades

Além desta obra e da fonte Enxaimel Type, as comemorações do segundo aniversário deixaram outras contribuições para o Museu, a exemplo dos três novos vídeos. Em “A moda no tempo” os visitantes podem conhecer a evolução da moda entre os anos de 1910 e 2000. Para o vídeo das estampas, foi criado um caleidoscópio, em que se pode ver as imagens em diferentes formas. O terceiro é um conjunto de vídeos que mostra todas as etapas da produção com um olhar artístico e os ruídos originais das máquinas, fazendo com que o visitante se sinta no coração da fábrica.

Outra contribuição que fica como novidade em 2013 é o site do Museu, atual e interativo, no qual os visitantes podem compartilhar fotos, enviar mensagens e visualizar todas as informações sobre a instituição e sua agenda.

Fonte: New Age Comunicação

Publicação: 5 de março de 2013

AUTOR

Paulistana formada em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo e com curso técnico de locução pela Rádioficina. Atuou como redatora e locutora no Grupo Bandeirantes de Rádio e também como repórter para um telejornal segmentado.

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
walter-retrato-atelie
Walter Rodrigues ministra oficina de Literatura e Moda

A oficina "A Literatura e a moda: a estranha relação entre as palavras e o corpo", acontece na Oswald de...

Fechar