Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

Quando Abby Kingston ficou noiva do seu namorado, Jason Curtis, ela nem se quer pensou em procurar um vestido de noiva. Isso porque nos últimos 70 anos existe uma tradição entre as mulheres da família dela de usar o vestido da tataravó dela, Mary Lowry Warren, que se casou em 1895.

“Quando eu era criança, enquanto eu tocava piano na casa dos meus pais, tinha uma foto emoldurada com as seis primeiras noivas a usar o vestido, então eu pensava: um dia…”, disse Abby ao Buzzfeed. Assim que ficou noiva, ela avisou sua mãe Leslie que queria achar o vestido. Como ela própria casou com ele, achou a ideia fantástica.

A tradição, na verdade, demorou cerca de 50 anos para começar – as próprias filhas de Mary Lowry não tiveram interesse de usar o vestido. A peça foi subir ao altar pela segunda vez no casamento da neta de Mary em 1946.

Ao longo dos anos, o vestido se manteve praticamente o mesmo. Abby estima que ele seja entre 90% e 95% original. A única mudança visível nas fotos é o comprimento da cauda, que foi diminuindo – principalmente nos anos 80. Outra alteração aconteceu na cintura, já que a dona original do vestido era invejavelmente acinturada.

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família
A noiva original em 1895

Um pouco de renda também foi acrescentado em algumas ocasiões. De acordo com Abby, algumas noivas esconderam alguns danos do vestido com renda, ao invés de mandar reformar.

Quando elas acharam o vestido na casa de uma tia avó, ele estava bastante danificado – o vestido chegou praticamente marrom nas mãos delas. Além dele ter ficado guardado por 24 anos, o vestido de noiva foi lavado apenas uma vez em toda a sua existência.

Abby e sua mãe concordaram que deveriam restaurar o vestido para sua forma original. No total, foram 200 horas de trabalho para resgatar a peça. O vestido conseguiu ser clareado para uma cor champagne, as mangas foram refeitas, a silhueta ajustada à nova noiva e ainda foi preciso uma viagem a Nova York para achar o mesmo tecido para o restauro.

Depois de cinco provas ao longo de seis meses, Abby descreve o resultado final como surreal. “Ao mesmo tempo, eu me sinto como a Cinderella”, diz a noiva. Para o futuro do vestido, Abby pensa em preservar melhor a peça, até mesmo em um museu. Entretanto, já tem uma prima de olho no vestido…

1946

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

1948

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

1960

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

1976

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

 1977

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

1982

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

1989

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

1986

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

1991

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

Antes da reforma

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

Após a reforma

Um vestido de noiva com mais de cem anos e onze noivas da mesma família

DESCONTOS EXCLUSIVOS FASHION BUBBLES

Publicação: 29 de setembro de 2015

AUTOR

Paulistana formada em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo e com curso técnico de locução pela Rádioficina. Atuou como redatora e locutora no Grupo Bandeirantes de Rádio e também como repórter para um telejornal segmentado.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
#Truques para usar salto alto com mais conforto

Usar salto alto é lindo, mas é o tipo de beleza que tem seu custo. Bolhas, calos e muita dor...

Fechar