Alfaiataria – A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria

Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria

Moda, arte e alfaiataria se misturam!

Para comemorar 100 anos de manufatura com tecidos em lã de alta qualidade, o Lanifício Italiano REDA, preparou um evento muito curioso, a exposição intitulada “Lux Et Filum” (Luz e Fio): uma visão contemporânea de Caravaggio, renomado pintor italiano e grande representante do estilo Barroco (1571-1610).

A mostra fotográfica fez uma releitura moderna de sete dos trabalhos mais conhecidos de Caravaggio e revelam os tecidos de alta costura Reda utilizados pelos protagonistas.

Confira fotos de quem marcou presença no evento aqui.

Como foi?

A fotógrafa Monica Silva selecionou modelos com expressividade bastante atuais para fazer as belas fotos inspirado nas obras do artista em uma exposição interativa.

O que um lanifício tem a ver com isso? Esta foi a grande sacada: em  uma enorme homenagem a alta costura brasileira, a Reda convidou 35 renomados alfaiates brasileiros, entre eles Camargo – Camargo Alfaiataria e Bruno Colella a vestirem os modelos atuais de “Caravaggio”.

A recepção foi na Casa Petra, onde além de apresentar os ateliês destes alfaiates, através de vídeos, também ficaram em exposição dezenas de ternos, blazers, camisas todas feitas com os tecidos da patrocinadora italiana que comemora 100 anos de lanifício e 25 de Brasil.

Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria

A releitura de Caravaggio sob o olhar da fotógrafa Monica Silva, e abaixo obra original do ortista e ao lado detalhe da exposição

 Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria

Moda, arte e alfaiataria se misturaram na mostra

Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria
A mostra foi um verdadeiro mergulho ao universo da alfaiataria. As peças foram criadas por 35 dos melhores alfaiates brasileiros inspiradas pelos modelos atuais de “Caravaggio”. Em cada peça um vídeo mostrando parte do processo de criação da peça em uma belíssima iniciativa da Reda

Com uma trilha sonora fora de série, ao contrário do que se vê nos desfiles comuns, ali os modelos foram os elegantíssimos alfaiates e suas obras a desfilarem.

Trabalhadas em uma alfaiataria renovada e contemporânea, o toque dos tecidos era algo inacreditável, assim como o acabamento e estilo das peças em exposição.

Crítica? Sim, temos uma, depois da vernissage, a exposição ficou aberta ao público apenas um dia. Um trabalho elaborado como este merecia ser exposto por mais tempo, há tantos espaços na cidade que poderiam receber essa instalação curiosa, que mistura a mais pura tradição italiana ao melhor da cultura e alfaiataria brasileira. De “misturas” como esta é que surgem o novo na cultura!

Nós do Fashion Bubbles aguardamos o convite para ver em algum shopping ou outro espaço a mostra “LUX ET FILUM – uma visão contemporânea de Caravaggio”.

Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria
As obras da artistas e os quadros originais

Em uma conversa informal, Julio Caron, um dos alfaiates da exposição, contou que um terno sob medida – lê-se: escolha de pelo menos 15 cores, personalização no tecido do forro e autonomia para se escolher botões que podem ser bem fora do usual, pode sair a partir de dois a seis mil reais.

Com os tecidos da REDA, acabamento e caimento impecável, valem investimentos como estes!

 Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria
Julio Caron um dos alfaiates que fizeram parte da mostra e uma das peças expostas – acabamento e caimento perfeitos

Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria
A Medusa em olhos contemporâneos e aos olhos de Caravaggio

Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria
Denise Pitta e Vinicius Moura do Fashion bubbles fascinados pelo luxuoso universo Reda de Alfaiataria

  Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria

Tecidos e detalhes de peças luxuosas. O Lanifício REDA, marca Made in Italy, que produz tecidos  de alta qualidade deste 1865

Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria

Peça demonstra a complexidade e engenharia envolvida na criação de um terno. Os detalhes de acabamento e estilo foram um grande destaque da mostra. O toque dos tecidos era algo inacreditável

Saiba mais

Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria

Como porta voz dos valores italianos para a proteção e valorização do patrimônio artístico e histórico do país, a Reda, empresa italiana de tecidos de alfaiataria traz ao Brasil a inédita mostra “LUX ET FILUM, uma visão contemporânea de Caravaggio”, da fotógrafa internacional Mônica Silva. A exposição acontece nos dias 15 e 16 de setembro, na Casa Petra, São Paulo, com entrada gratuita.

A mostra faz parte de um inédito projeto fotográfico da Mônica Silva, brasileira radicada na Itália há 30 anos, nascido da curiosidade espontânea e pessoal da fotógrafa de saber como o mestre Caravaggio pintaria seus próprios quadros nos dias de hoje. A partir dessa proposta, a artista fez uma releitura moderna de sete dos trabalhos mais conhecidos de Caravaggio (“Medusa”, “Baco”, “Os Músicos”, “São Jerônimo escritor”, “Narciso”, “Ceia de Emmaus” e “Cesta de Frutas”).

O resultado final das fotografias, todas produzidas em estúdio na Itália, é um convite aos expectadores a atravessar uma teia de ressonâncias e reflexões entre as obras do mestre e as fotos da artista. A Reda participa com os tecidos de alta costura esculpindo os protagonistas das fotos. Nessa nova reinterpretação das obras do pintor em sintonia com os tempos atuais, reflete uma nova identidade para a sociedade de hoje com o auxílio de uma visão artística da renomada fotógrafa.

Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria

As imagens fotográficas assimilam a matriz de Caravaggio, mas superam o status de “maldito” a favor de uma delicadeza poética que se revela através da luz que se expande entre os protagonistas das fotos e os tecidos Reda. Somando-se a isso, treze nomes do mundo da arte e literatura européia terão suas frases de impacto sobre as obras da artista reproduzidas na exposição. Destaque para Vittorio Sgarbi, crítico de arte, político, comentarista cultural e personalidade da TV italiana, Gillo Dorfles, crítico de arte, pintor e filósofo italiano e o pianista Stefano Bollani.

Mônica expõe com maestria a sociedade atual numa nova releitura da época de Caravaggio, através de uma sensível observação da realidade e de uma profunda leitura psicológica do ser humano, exatamente como fazia o pintor. O projeto “LUX ET FILUM” criado e realizado por ela, em parceria com a Reda tem a missão de cultivar e preversar a beleza e o estilo italiano na sua melhor forma e expressão.

Sobre a Monica Silva:

Alfaiataria   A exposição “LUX ET FILUM traz uma visão contemporânea de Caravaggio” como inspiração para a alfaiataria

Mônica Silva, uma renomada fotógrafa retratista, residente na Europa desde 1986, onde atualmente vive na cidade de Milão, na Itália. Bem quista pelo público, a fotógrafa é embaixadora de grandes marcas da fotografia profissional, onde cotidianamente têm suas imagens publicadas em importantes jornais e revistas do seguimento. Desde 2008, a artista expõe projetos fotográficos de realizações complexas, em várias galerias de arte, na Itália. Por sua natural intuição em “ler” a alma das pessoas, Mônica costumeiramente é convidada para participar de congressos e cursos de psicologia em retrato.

Sobre a Reda:

Fundado em 1865, o Lanifício Reda, empresa italiana especialista na produção de tecidos para alfaiataria, tem como missão criar produtos sinônimos de qualidade e alto padrão que representam o estilo de vida italiano. Durante toda a sua história, a marca preza pela criatividade aliada ao estilo, personalidade e elegância, que fazem da Reda uma forte referência “Made in Italy” na moda clássica masculina. Reconhecida em toda a Europa, além de grandes mercados como Estados Unidos e Rússia, a Reda desenvolve parcerias com grandes nomes da alta-costura e alfaiataria no intuito de aprimorar a qualidade e os serviços oferecidos.

Sempre com a perspectiva de expandir seus horizontes, o lanifício tem investido em mercados em ascensão, assim como China, Índia e América do Sul, onde os consumidores têm grande apreço pela cultura do vestir italiano. Através da forte relação com o território de Biella, província da região do Piemonte, e com a intenção de preservar seu patrimônio natural, a marca adotou o sistema de certificação EMAS: gestão ecológica com foco na redução dos impactos ambientais. Cada passo da empresa forma uma parte do mosaico que faz do tecido Reda um item único, que transcende o luxo, esbanja suavidade, elasticidade e resistência, características ideais para o uso na alta costura do homem clássico e contemporâneo.

Mais fotos da Vernissage

Por Denise Pitta e Vinicius Moura

Publicação: 17 de setembro de 2014

AUTOR

Denise Pitta é digital Influencer e é editora do Fashion Bubbles. Estilista, formada em Moda e Artes Plásticas, atuou em diversas confecções e teve marca própria de lingeries, a Lility. Começou o blog em 2006 e está entre as primeiras blogueiras brasileiras da moda. Também desenvolve pesquisas sobre História e Identidade Brasileira na Moda e Psicologia Analítica. É apaixonada por filosofia, física quântica, psicanálise e política. Siga Denise no Instagram: @denisepitta e @fashionbubblesoficial

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Com Thiago Lacerda, Samsung inaugura primeira loja do mundo que inspira pessoas

No dia 16 de setembro, com a presença do ator Thiago Lacerda, fui  conhecer uma loja diferente, que em vez...

Fechar