Logo

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Prada

A Grécia continua a nos inspirar muito. Na literatura, filosofia, arte, mitologia, jogos olímpicos e no culto ao corpo. Na moda, estamos vivendo um momento de consolidação da tecnologia, criação e diversidade de estilos. Há sempre um movimento e um contra-movimento que impulsionam as novas tendências.

Temos sido testemunhas que as passarelas, vitrines, revistas de moda, lugares glamorosos e calçadas dos centros fashion de todo o mundo apresentam um mix de estilos, cores, formas que confundem a todos que querem identificar a nova ordem na moda. Cores escuras, branco e preto de um lado e cores cítricas de outro; listrado, xadrez, bolas e figuras geométricas; laços, babados, drapeados e rendas; da cintura anos 50 (new look) até as cores e estilos dos anos 80. Ao me deparar com todas estas informações, nas coleções das principais marcas apresentadas em NY, concluí que vivemos um resumo da pujança da moda. Sinto como se tivéssemos no auge, no momento máximo de investimento financeiro, tecnológico, de estilo e criatividade.

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Prada

Neste momento, uma grande solução é voltar para as origens da cultural ocidental e se inspirar não mais nos humanos, mas nos deuses. A estilista francesa Madame Grès (1903 – 1993) teve sempre sua inspiração nas deusas gregas e sua produção da década de 50 poderia se confundir com algumas peças encontradas no contemporâneo. A Prada, que sempre mostrou sua superioridade através da originalidade nas coleções, como se estivesse na contramão das tendências, apostou nas inspirações das deusas gregas e foi seguida por outros grandes estilistas apresentados na matéria da Leo que fala sobre a homenagem ao clássico.

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na modaAs deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Madame Grès (1903 – 1993)

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na modaAs deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Deusa Grega entre os hits para o verão

A força das deusas gregas é tamanha que ficamos surpresos com a revelação da importância da mulher na Grécia antiga. Quem nos proporcionou tal conhecimento foi uma exposição organizada por Alexander S. Onassis Public Benefit Foundation; Helenic Ministry of Culture e National Archeological Museum, Athens. Através da exposição que vimos em New York – Worshiping Women – Ritual and Reality in Classical Athens, aprendemos que ao contrário do que lemos nos livros e ouvimos nos cursos sobre Grécia antiga, que as mulheres não eram nada, nem cidadãs, elas tinham um papel preponderante na administração dos templos, dos ritos e festividade, das casas dentre outras atividades. De fato, as mulheres não podiam falar nem votar nas assembléias, tampouco sentar-se em um júri diante de uma corte, mas através da arqueologia provou-se que elas tinham um importante papel nas atividades religiosidade e vida privada.

A exposição que se encerrou em 9 de Maio de 2009, apresentou estatuas e objetos arqueológicos que fazem parte do acervo de Onassis e relatam a reconstrução histórica do papel feminino na Grécia Clássica, a começar pelas deusas Athenas, Artemis, Demeter e Aphrodite.

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na modaAs deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda
Athena / Artemis

Athena era a deusa patrona da cidade que leva seu nome é a deusa da sabedoria, do ofício, da inteligência e da guerra justa. Artemis era a deusa da caça e da serena luz, a deusa casta (virgem) que mais inspirou os artistas e também conhecida como protetora das crianças. Demeter era a deusa mãe, da fertilidade (protetora da agricultura), sempre encontrada com sua filha Persephone (ou Kore) que foi raptada por Hades que a levou ao subterrâneo – Demeter ficou tão afetada com o rapto da filha que ficou estéril e a terra conheceu o inverno com a devastação das colheitas. Quando sua filha retornava para visitá-la a terra florescia novamente. Por fim, Aphrodite era a deusa da beleza e do amor que reunia todos os atributos de atração sexual e feminidade.

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na modaAs deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Demeter  / Aphrodite Ourania

A força da guerreira, a virgindade, a fertilidade e a beleza das deusas continuam a inspirar-nos em nossas produções e justifica qualquer retorno ao clássico mundo da moda.

Saiba mais sobre Madame Grès (1903 – 1993)

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

“Madame Grès nasceu bem no início do século XX como Germaine Émile Krebs e mais tarde usou vários nomes como Marcelle Alix, Alix, Alix Grès, e Alix Barton. O nome Grès é mais uma criação sua, surgiu da adaptação do nome de seu marido de trás para frente, Serge.

Dentre suas criações as mais marcantes foram os vestidos drapeados. Seus drapeados eram tão perfeitos que uma vez até perguntaram como ela conseguia ”esconder” tantos metros de tecidos. Entretanto, madame Grès não gostava de ser chamada de” a rainha dos drapeados”. Dizia que quando criava uma roupa no manequim o tecido, quase sempre em jersey de seda, deveria ficar do jeito que caía e com perfeição inigualável, aproveitava o movimento natural que o tecido fazia . Era pura alta costura. Sua cor preferida era o branco e todas as suas nuances.

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na modaAs deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Suas roupas pareciam verdadeiras esculturas gregas e para ela o jersey de seda (sua matéria prima mais usada) era estudado e trabalhado como os mármores do olimpo por seus arquitetos. A arte era a mesma, esculpir.

Além de vestir as mulheres mais elegantes de sua época dentre elas Wallis Simpson, Vivian Leigh, Greta Garbo, Marlene Dietrich, Jackie Onassis , a Begum e Grace Kelly, madame Grès desenvolveu um grande trabalho como figurinista de teatro. E mais, o famoso e versátil tubinho preto é atribuido a ela.”

Leia esta matéria completa no JB Online.

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Mais imagens da Campanha da Prada – Summer 2009

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Prada

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Prada

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Prada

Fonte: www.prada.com

Por Carlos Alberto Silva

As deusas gregas e suas inspirações na arte e na moda

Psicanalista e economista, com pós-graduação em Administração pela USP e Marketing pela ESPM. Tem MBA em Gestão Internacional pela Thunderbird School of Global Management‚ Arizona‚ USA e formação nas áreas de Psicologia e Filosofia.

8 Comment

  1. nao me ajudou em nada precisava fazer um trabalho sobre tudo dos deuses gregos

  2. eu adorei os modelitos sao show ,pena que eu nao tenho nenhum deles aki por que eu preciso de uma roupa que as deusas usavam e por aki no rio de janeiro é muito dificil achar ! se alguem souber me conte por favor eu preciso de algum modelito desses ate mes que vem ! é urgente!xau bjs ! obrigada!

  3. Gentee eu nao acredito isso me ajudou muiot,pois eu vou fazer um tartro na escola e eu precisava ver uma roupa grega pra mim usar porque eu vou ser rainha.

    Muito obrigada mesmo

    Meus parabéns!!

  4. AMEI a matéria!!!
    me ajudou muito no trampo da facul =) PARABÉNS!! ^^

  5. Carliiiinhos, ótima matéria, você sempre atualizado neste mundo supremo da Moda! Estou com você! Beijos!

  6. Vc sempre fera..adorei ! saudades !

  7. Carlos, belíssima matéria com ótimas reflexões sobre a moda atual. Parabéns!!!!

    • Obrigada vcs me ajudaram mt ,tinha q ir em uma festa da escola o tema : deuses do olimpo . tinha q ir caracterisado! parabéns !

Your Commment

Email (will not be published)