Mais um que vendeu o nome…

LESTE, OESTE
Chegou ao fim a parceria de dois anos entre o estilista Rogério Figueiredo e a empresária Kátia Grubisich, mulher do presidente da Braskem. Ela continuará com o ponto da rua da Consolação e com a marca “Rogério Figueiredo”. Ele abrirá lojas na rua Oscar Freire e no shopping Iguatemi, com a etiqueta “RF”.

(Monica Bergamo, Folha de São Paulo, para assinantes)

Essa história é conhecida. Esse pessoal vende o nome, embolsa a grana, briga com o sócio e depois entra em crise. Lembra do Marcelo Sommer? Até hoje não se recuperou. Sua nova marca tem um nome estranho (O Do Estilista), com toda a cara de dor-de-cotovelo. E a marca Sommer, que não pertence mais ao próprio, é só sucesso.

Preparem-se para o chororô do Rogério em breve.

É claro que somos mais do que um nome, como já disse Shakespeare há alguns séculos (“What’s in a name? That which we call a rose By any other word would smell as sweet.“, Romeo and Juliet), mas por outro lado o que somos sem um nome? Nenhum dinheiro do mundo vale o nosso (bom) nome.

Publicação: 17 de janeiro de 2007

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Lojas de fábrica, representação, vendas em consignação, etc

Encontre tudo sobre moda em atacado e para revenda no nosso site Moda Revenda: Endereços de lojas do Bom Retiro...

Fechar