Moda sustentável na cabeça – O chapeleiro Du E-Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Tudo o que usamos e consumimos causa um impacto no meio ambiente. Mesmo que pareça mínimo, multiplicado pelas milhares de outras pessoas ao redor no mundo, ao longo do tempo isso pode ser catastrófico.

Com uma população cada vez mais consciente disso, a sustentabilidade se mantém em alta, principalmente quando falamos de moda sustentável. O Ecofashion, como também é chamada, já marca presença nas passarelas nacionais e internacionais.

Vestir uma roupa ou acessório que tem uma história para contar pode ser visto como um novo conceito de chique. O novo luxo é, às vezes, pagar mais caro numa peça que teve um custo maior justamente por ser sustentável, sabendo que esse ato não traz benefício nenhum para o consumidor que poderia simplesmente optar por um produto mais barato sem se importar com a procedência dele.

“A moda não é algo presente apenas nas roupas. A moda tem a ver com ideias, a forma como vivemos, o que está acontecendo”, Coco Chanel.

Dar preferência aos produtos menos impactantes é tendência. Consumo e Sustentabilidade deram as mãos e começaram a andar juntos no que promete ser uma longa caminhada. O ecofashion veio para ficar.

Por aqui, dentre tantos estilistas renomados que ajudam a pensar em novos materiais e novas formas de reaproveitamento, como Oskar Metsavaht, Ronaldo Fraga e Alexandre Herchcovitch, há também o chapeleiro Du E-Holic, que esbanja criatividade de forma sustentável, promovendo assim o consumo responsável.

Para dar um fim digno para o lixo, Du E-Holic agrega o reaproveitamento de materiais não apenas em seu trabalho, mas também em praticamente tudo o que compõe sua loja na Vila Madalena, em São Paulo capital.

Foi uma construção próxima à sua loja que abriu os olhos do chapeleiro para o saco de cimento – algo que ele nem sabia ser tão resistente. A partir daí a maneira de enxergar o lixo se transformou, virando até uma diversão, tentando imaginar o que mais poderia virar um chapéu. “O lixo é tão rico”, declara Du E-Holic.

“A moda sai de moda. O estilo, jamais”. Coco Chanel.

Leia também: Trabalhe no que você ama – Conheça o chapeleiro Du E-Holic no vídeo Fashion Bubbles.

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles Moda sustentável na cabeça   O chapeleiro Du E Holic e o consumo responsável em vídeo Fashion Bubbles

Um pouco da história da moda ecofashion

A moda sustentável nos moldes do que é conhecido hoje despontou na década de 60 e teve seu início, de fato, no movimento ambientalista dos hippies. Entretanto, os primórdios da moda ecofashion aconteceram no início do século XVIII, quando os vestidos de seda feitos à mão eram modificados com o objetivo de dar uma nova utilização ao tecido.

Leia também: Trabalhe no que você ama – Conheça o chapeleiro Du E-Holic no vídeo Fashion Bubbles.

Conheça o site  Du-E-holic.

Por Samantha Mahawasala

Publicação: 24 de setembro de 2012

AUTOR

Paulistana formada em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo e com curso técnico de locução pela Rádioficina. Atuou como redatora e locutora no Grupo Bandeirantes de Rádio e também como repórter para um telejornal segmentado.

COMENTÁRIOS

DESCONTOS EXCLUSIVOS FASHION BUBBLES