O poder do laser: quais tratamentos de beleza são mais eficazes?

A popularidade dos tratamentos com o uso de dispositivos a laser na medicina e na cosmetologia continua.

O laser é uma ferramenta amplamente utilizada em muitas áreas da medicina. Oftalmologia, reumatologia, cirurgia e dermatologia são apenas alguns dos ramos em que os lasers ajudam a eliminar doenças persistentes.

O nome laser é uma abreviatura das palavras em inglês Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation, que significa a amplificação da luz pela emissão forçada de radiação.

Um laser é um dispositivo que emite um feixe de luz monocromático focalizado com um comprimento de onda específico. Esta luz se intensifica e então passa pelo tecido no local aplicado.

O centro ativo presente no laser pode ser gasoso, líquido, sólido ou semicondutor.

Os lasers podem operar com diferentes potências, emitir um feixe contínuo ou pulsado e penetrar no tecido a uma profundidade diferente.

Os parâmetros e tipo de laser utilizado dependem sempre do tipo de tratamento a ser realizado. Dependendo da potência do laser e por quanto tempo ele é usado, podemos esperar efeitos diferentes do laser no tecido.

 

 

1 – Uma alternativa ao Botox – laser contra rugas

 

 

Foto Freepik

 

 

Os lasers também são perfeitos para reduzir os sinais de envelhecimento da pele, ou seja, rugas.

O envelhecimento da pele humana é influenciado por uma série de fatores externos e fatores internos, como estresse ou predisposição hereditária. Diferentes partes do rosto podem ser rejuvenescidas usando um laser fracionado, por exemplo:

  • A barba;
  • Ao redor dos olhos;
  • Testa;
  • Queixo.

Os pacientes geralmente decidem usar o método a laser também nas mãos, pescoço ou decote. Além disso, o laser fracionado também pode ser usado para reduzir rugas e poros dilatados, eliminar manchas, tratar descoloração solar, cicatrizes de acne e estrias.

 

 

Efeitos da remoção de rugas a laser fracionário de CO2

 

 

  • Suavizando rugas finas e profundas;
  • Remoção de rugas ao redor dos olhos, levantamento de pálpebras a laser para pessoas com pele flácida e enrugada;
  • Suavizando as rugas da pálpebra inferior;
  • Suavização de cicatrizes atróficas de acne, cicatrizes após ferimentos e queimaduras;
  • Reafirmando a pele do pescoço e decote;
  • Melhorando e alinhando o tom da pele, removendo alguma descoloração do sol;
  • Redução de vasos sanguíneos dilatados;
  • Redução de estrias;
  • Aumentando o tom da pele flácida;
  • Suavizando rugas do lábio superior (“linhas de fumante”);
  • Alinhamento da epiderme;
  • Suavizando poros dilatados.

 

 

A remoção de rugas a laser é dolorosa?

 

 

O tratamento não é doloroso, durante o tratamento você pode sentir leves pontadas quando o raio laser penetra na pele. Mas em alguns casos, o médico decidirá aplicar um creme anestésico antes da realização do procedimento.

 

 

2 – Laser para combater as cicatrizes de acne

 

 

Foto: Freepik

 

 

A eficácia do tratamento depende do momento em que vamos ao médico, assim, quanto mais cedo melhor. Pois cicatrizes antigas são mais difíceis de reduzir.

A perseverança também é necessária. Na maioria das vezes, vários tratamentos são necessários, embora a melhora seja claramente visível após o primeiro tratamento.

Quase 90% dos adolescentes lutam com o problema da acne. Assim, manchas desfigurantes no rosto fazem com que as adolescentes percam a confiança, se retraiam e tenham uma opinião negativa sobre sua própria atratividade.

A maioria dos pais acredita que o problema desaparecerá por si mesmo quando a puberdade passar. Isso geralmente é verdade, mas um problema muito mais sério como as cicatrizes de acne, pode surgir no local do seu problema de acne.

Pessoas que trataram dermatologicamente e aquelas que negligenciaram o tratamento são igualmente afetadas por cicatrizes de acne. Enquanto a acne desaparece, as cicatrizes permanecem para o resto da vida.

O laser fracionado é o método mais eficaz de remoção de cicatrizes de acne. A terapia requer uma série de tratamentos, geralmente de 3 a 5 em intervalos de 4 a 6 semanas.

 

 

 

3 – Laser fracionado para cicatrizes: como funciona

 

 

Foto Freepik

 

 

O laser funciona emitindo radiação eletromagnética com um comprimento de onda de luz visível, radiação ultravioleta ou infravermelha. Assim, ele usa o chamado fenômeno de emissão forçada.

Os feixes de luz focalizados liberam energia que, precisamente, danifica termicamente a pele. Mas isso leva à estimulação da produção de fibras de colágeno e, consequentemente, à estimulação de processos regenerativos.

O tecido danificado é substituído por um novo tecido. O procedimento é totalmente seguro e indolor, portanto não requer anestesia. A profundidade de penetração do laser é de pelo menos 1,5 mm.

Quanto maior for, mais fibras de colágeno são produzidas e mais intensa é a regeneração. O tecido anormal é substituído por tecido saudável.

Como resultado, os defeitos nas cicatrizes atróficas são preenchidos e as cicatrizes hipertróficas se achatam. Atualmente é o método mais comum e eficaz de remoção da cicatriz da acne.

 

 

4 – Laser e cicatrizes pós-operatórias

 

 

Foto Freepik

 

 

Para muitas pessoas, a remoção da cicatriz a laser trouxe um grande alívio. Assim, as cicatrizes no rosto, que são difíceis de esconder, são particularmente prejudiciais. Frequentemente, são a fonte de muitos complexos e perda de autoconfiança.

Lesões e cirurgias são a causa de muitas marcas permanentes, mas ainda mais frequentemente a causa das cicatrizes é a acne juvenil.

Embora às vezes se afirme que cada cicatriz adiciona charme, geralmente é difícil para seus proprietários aceitar essas mudanças permanentes na superfície da pele.

Para muitos jovens, a acne em si é uma experiência estressante e seus traços não só não parecem esteticamente agradáveis, mas também podem sobrecarregar a psique de um jovem.

A aparência externa, principalmente em uma idade jovem, é de grande importância. Não é à toa que muitas pessoas escolhem a remoção da cicatriz a laser.

A remoção da cicatriz a laser consiste em direcionar com precisão um feixe de luz que penetra profundamente na pele, no tecido subcutâneo e na derme, causando microdanos. Lá, ocorre uma reação fototérmica e a água no tecido é aquecida e evapora.

A consequência desse fenômeno é o lançamento de processos naturais de reconstrução da pele e estimulação da produção de colágeno, ou seja, a substância responsável pelo estado impecável da pele.

Como você sabe, a diminuição da produção de colágeno causa envelhecimento da pele, flacidez e formação de rugas.

O laser fracionário, ao destruir o tecido alterado, estimula-o simultaneamente a se auto renovar. Mas para obter resultados satisfatórios, geralmente uma série de tais tratamentos deve ser usada.

 

 

 

5 – Laser e estrias

 

 

Foto Freepik

 

 

O método mais eficaz de tratamento das estrias é a terapia a laser. Os tratamentos a laser regeneram os tecidos e os remodelam e melhoram o tom da pele.

É um método não invasivo ou minimamente invasivo e, ao mesmo tempo, extremamente seguro – desde que o operador seja um especialista experiente.

O uso de lasers fracionados leva à produção de células jovens da pele e da epiderme, substituindo as células danificadas e garantindo um melhor metabolismo e síntese proteica.

 

 

6 – Remoção de tatuagem

 

 

 

 

Para remover tatuagens, os lasers emitem pulsos de luz da ordem dos nanossegundos, conhecidos como Q-Switched. Então, os lasers de nanossegundos emitem uma dose muito grande de energia em um tempo muito curto, o que provoca a remoção (quebra em pequenas partículas) da tinta ou pigmento sem deixar cicatrizes.

Pulsos de milissegundos usados ​​anteriormente (lasers sem função Q-Switched) causam danos térmicos à área irradiada, o que por sua vez leva à formação de cicatrizes.

Mas em lasers Q-Switched, a taxa de transferência de energia é tão alta que causa a quebra fotomecânica (fotoacústica) do pigmento/corante contido na tinta em partículas mais finas.

Além disso, fragmentos do corante fragmentado, localizados nas camadas mais profundas da pele, são eliminados por fagocitose “absorvidos” pelos macrófagos (células do sistema imunológico).

A quantidade de calor gerada é pequena, portanto o uso de um laser com a função Q-Switched não causa danos térmicos (queimaduras) aos tecidos circundantes.

 

 

O que determina a velocidade de remoção da tatuagem?

 

 

 

 

A variedade de substâncias usadas para fazer uma tatuagem tem uma influência decisiva na eficácia dos tratamentos a laser.

Existem muitos mitos sobre quais cores desaparecem mais rápido e mais lentamente.

Mas sabemos por experiência que as tatuagens coloridas saem mais rápido, as mais difíceis de remover são as tatuagens pretas.

 

 

Contraindicações para remoção de tatuagem

 

  • Gravidez;
  • Uso de drogas sensibilizantes à luz;
  • Diabetes;
  • Distúrbios de coagulação do sangue;
  • Pele bronzeada – intervalo mínimo de 2 semanas do bronzeamento ao sol;
  • Mudanças de pele na área da tatuagem;
  • Tomar analgésicos, antipiréticos, vitamina E e aspirina no período de 2 semanas antes do procedimento;
  • Uso de antidepressivos e outros medicamentos contendo ingredientes sensibilizantes da luz.

 

estriaEstriaslaserPelePeles acneicasrugastatuagem