Transição Capilar: BBB 21 aumenta desejo pela volta dos cabelos naturais - tudo sobre transição capilar

Transição Capilar: BBB 21 aumenta desejo pela volta dos cabelos naturais – tudo sobre transição capilar

O BBB 21 vem se destacando como uma das edições do programa com mais questões importantes levantadas. Uma delas, por exemplo, é a transição capilar.

Embora não seja uma novidade, o assunto está despertando o interesse, em especial, devido à polêmica envolvendo Rodolffo e João Luiz (o seu cabelo).

Neste caso, Camilla de Luca falou sobre transição capilar, a fim de explicar a questão de retornar ao seu cabelo natural, que é crespo. Ou, então, o chamado cabelo afro.

 

 

“Eu uso esse alongamento, que é uma peruca, porque estou em transição, estou tirando a química do meu cabelo pra deixar igual ao do João. Eu não uso isso para esconder quem eu sou e a minha origem. É justamente para trazer de volta o que é meu. E que por anos eu aprendi a odiar: o meu cabelo”, disse Camilla de Lucas ao vivo, no BBB 21.

 

 

Além disso, vale ressaltar as palavras de Tiago Leifert em relação ao cabelo de João Luiz, abordando o Movimento  Black Power no BBB 21 e também toda simbologia e história do Cabelo Black Power.

 

Camilla de Luca está em transição capilar. A BBB já mexer nos cabelos diversas vezes , por não aceitar os fios crespos

 

 

  • Não perca as dicas de especialistas de  como cuidar dos fios de forma barata e eficiente durante a transição capilar, com o uso do D-Pantenol, mais conhecido como Bepantol!

 

 

Transição capilar para todos os cabelos!

 

Por outro lado, a transição capilar não é algo que está em alta somente entre as pessoas com cabelos crespos ou afros. Por exemplo, este retorno ao cabelo natural vem sendo feito em outras situações:

 

  • Pessoas com cabelos naturalmente cacheados ou enrolados e que querem se livrar de químicas alisadoras.

 

  • Por quem tem o cabelo com muita tintura ou descoloração e desejam voltar a cor natural. Ou, então, usar fios menos coloridos quimicamente.

 

  • Pessoas com cabelos grisalhos escondidos por excesso de coloração, assim, desejando assumir os brancos.

 

Aprenda mais dicas sensacionais sobre a transição capilar! Já no artigo de transição capilar das famosas, além de fotos com antes e depois, abordamos também o  emocionante depoimento de professora que passou pela transição e acabou se descobrindo mais bonita.

 

A transição capilar também é feita por pessoas que desejam se livrar do excesso de tinturas e descolorações, como  Adriane Galisteu  (Divulgação)

 

 

 

Guia completo de transição capilar para fazer em casa

 

A transição capilar, ao contrário do que muita gente imagina, é algo que não custa tão caro. Aliás, processos para alterar o cabelo natural costumam exigir mais do nosso bolso…

Por outro lado, não tem como escapar de alguns quesitos que este retorno ao natural exige:

 

  • Cuidados frequentes com o cabelo.
  • Paciência (o processo pode ser demorado).
  • Autoestima (nem sempre é simples mudar).
  • E, é claro, dicas de especialistas – que a Fashion Bubbles foi consultar para você!

 

 

Siga-nos no Google News para poder acompanhar tudo sobre beleza direto em seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

 

 

 

  • Não deixe de assistir o testemunho real de uma transição capilar, no fina deste artigo!

 

A polêmica do Big Chop como técnica de transição capitar

 

Primeiramente, vamos esclarecer o Big Chop na transição capilar,

Mas, afinal, o que é o Big Chop? Bem, para quem não sabe, a expressão indica um grande corte.

De acordo Giovanna Paiva, graduada em Estética e especializada em Cosmetologia e em Saúde e Estética Capilar, o Big Chop  é considerada uma técnica de transição capilar. No entanto, a especialista explica que poucas pessoas querem cortar totalmente o cabelo, a fim de voltar aos fios naturais.

Além disso, Giovanna explica que há mitos em relação ao Big Chop.

Por exemplo, muita gente acaba, sem querer, optando por cortar quase totalmente os cabelos para ter uma transição capilar rápida. Assim, pensando que isto fará as madeixas crescerem mais rápido.

Porém, cortar totalmente ou cortar muito o cabelo não faz os fios crescerem mais rápidos. Além disso, não faz os cabelos crescerem mais fortes.

Assim, ela explica já viu muita gente se arrepender, pois as químicas dos cabelos, é claro, foram embora. Mas, o crescimento aconteceu de forma lenta, como é normal ocorrer com todas as pessoas.

Além disso, Giovanna conta que algumas pessoas, por se sentirem mal com o visual raspado ou muito mais curto, optaram por aderir a procedimentos artificiais, como os alongamentos presos na raiz do cabelo – prejudicando o processo de retorno aos cabelos naturais.

Portanto, é preciso pensar muito em optar pelo Big Chop como forma de acelerar a transição capilar, certo?

 

 

Big Chop para transição capilar? Você decide!

 

Guia para a transição capilar em casa

 

Caso você tenha decidido por seguir outro caminho para a transição capilar, que não seja o corte total do cabelos, confira o guia que a especialista preparou:

 

1 – Cortar

 

Não precisa radicalizar se você não quer, mas cortar é importante. Neste caso, cortar as pontinhas é necessário para a transição capilar.

O recomendado, por exemplo, é cortar as pontas a cada 3 ou 4 meses.

Isso porque se você cortar antes deste prazo, não verá o cabelo crescer e terá a impressão de que o objetivo da transição capilar nunca irá acontecer.

Mas, passar deste tempo pode fazer com que as cutículas das pontas dos cabelos se abram (pontas duplas). E a volta às madeixas naturais também preza pela saúde e beleza dos fios, não é mesmo?

 

2 – Tipos de cortes

 

“Posso ter um corte atual e bacana durante a transição?”

Giovanna conta que é uma pergunta comum das pessoas que querem de volta os cabelos naturais. E a resposta é: pode, sim!

Mas, a especialista recomenda que além de aparar as pontinhas, é preferível optar, durante a transição capilar, por cortes fáceis de manter.

Ou seja, é recomendável abrir mão um pouquinho de estilos que necessitem de modeladores ou secadores de cabelo para ficarem legais, diz Giovanna. Isso para não atrapalhar o retorno saudável aos cabelos naturais, certo?

Alguns cortes ficam bem em cabelos crespos, afros, enrolados, lisos, cacheados ou enrolados. Além disso, não exigem ser modelados com cosméticos muito carregados de ingredientes pesados e nem usar de aparelhos quentes, que prejudicam os fios.

Os cortes mais indicados pela especialista para quem está em transição capilar são:

 

  • Veja também tudo sobre o Botox capilar, técnica que rejuvenesce as madeixas, ou ainda conheça as principais tendências de Corte de cabelo médio. E Biotina – Como usar essa vitamina para o cabelo crescer mais rápido.
Long Bob

 

Um corte bem atual e versátil. Além disso, é elegante e não exige modelar os fios.

Isso porque o próprio corte já deixa qualquer cabelo arrumado. Além disso, vai bem com todas as texturas de cabelo e formato de rosto.

 

 

Long Bob

 

 

Chanel

 

Chanel de bico ou o Chanel clássico reto são opções para quem está em transição capilar.

Quem tem o rosto mais arredondado ou quadrado, pode optar pelo bico, que afina o rosto. Já pessoas com o rosto triangular ou fino, pode ir com o Chanel reto.

Depois,  é só seguir a dica de cortar as pontinhas, de acordo com o que Giovanna recomendou.

 

 

Chanel

 

 

Camadas

 

Você pode exibir lindas camadas também enquanto está no processo de transição capilar.

Esse corte, além de não precisar de modelagens, dá volume e balanço aos fios. Assim, não fica aquela impressão de “cabelo sem corte” – um receio de quem pretende começar à volta aos cabelos naturais.

 

 

Em camadas

 

3 – Como cuidar dos cachos?

 

Com a finalidade de valorizar o corte curtinho, o ideal é apostar em produtos e processos que definam os cachos. Por isso, existem alguns cuidados especiais que precisam ser tomados na hora de lavar, secar, finalizar e fazer hidratação para cabelo cacheado curto:

  • Utilize shampoos e condicionadores sem sulfatos, petrolatos e silicones na composição, visto que esses ingredientes tiram a oleosidade natural do fio;
  • Com o cabelo úmido, separe mechas e faça a fitagem, aplicando um creme para pentear de textura leve;
  • Aposte em mousse e gel para um visual ainda mais modelado;
  • Retire o excesso de umidade dos fios com uma toalha de microfibra a fim de evitar o frizz;
  • Seque com um difusor em velocidade baixa ou média;
  • Finalize com óleo capilar nas pontas para que os fios fiquem brilhantes, macios e hidratados.

 

Atenção:

 

Alertamos para os cuidados com  Receitas caseiras para os cabelos: entenda porquê você deve ter cuidado ao usar.

Pesquisadora Científica especializada em Cosmetologia, explica por quais motivos você dever ter cuidado ao usar receitas caseiras, principalmente ao usar substâncias de grau alimentício nos cabelos, pois podem acabar alimentando bactérias, desencadear seborreia e outros desequilíbrios no couro cabeludo, chegando até a problemas de queda dos cabelos!

 

 

3 – Hidratar

 

Fundamental hidratar os fios durante a transição capilar. Isso porque quem está com o cabelo modificado costuma sofrer com a desidratação que os processos químicos acarretam.

Por outro lado, é preciso escolher bons produtos. Além disso, fugir de processos muito pesados, por exemplo, dando preferência para ingredientes naturais (que são excelentes, além de baratos).

Confira uma receita incrível de hidratação profunda para cabelos em transição:

Ingredientes:

 

  • 2 colheres de sopa de óleo de coco virgem ou extravirgem;
  • 2 colheres de sopa de máscara de hidratação capilar;
  • Xampu neutro;
  • Condicionador;
  • Reparador de pontas.

Como aplicar:

 

Misture o óleo de coco com a máscara capilar, a fim de obter uma pasta homogênea. Leve ao microondas ou em banho-maria, para a misturinha ficar morna. Atenção: não aqueça demais.

Umedeça os fios.

Então, aplique a receitinha mecha por mecha (caso precisar, aumente as proporções dos ingredientes).

Preserve a raiz dos cabelos.

Faça um coque frouxo, sempre baixo. Isso porque coques altos costumam levar o produto para a raiz do cabelo.

Aguarde cerca de 30 minutos.

Em seguida, retire o hidratante caseiro no chuveiro, com água fria ou morna.

Lave os fios com xampu neutro.

Por fim, condicione e enxague bem.

Então, quando o cabelo estiver quase seco, aplique um reparador de pontas.

Uma dica de Giovanna e sempre evitar passar reparadores de pontas no cabelo molhado, pois pode enrijecer os fios e fazer com que as pontas grudem demais umas nas outras.

Faça esta hidratação para cabelos em transição capilar 1 ou 2 vezes na semana.

 

5 – Nutrição

 

Nutrir é diferente de hidratar. E, também, é um passo fundamental para uma transição capilar saudável.

De acordo com Giovanna, o excesso de informações e produtos nas prateleiras sugerem que hidratar e nutrir são as mesmas coisas.

Porém, a esteticista e cosmetóloga explica:

  • Hidratação dos cabelos: repõe a água perdida dos fios capilares. Também, é essencial para “segurar” a água nos cabelos, pois é ela que mantém as madeixas hidratadas.
  • Nutrição dos cabelos: tem o objetivo de acelerar a reposição de mais de 20 nutrientes dos fios – perdidos com processos químicos ou com calor excessivo de modeladores, secadores, pranchas alisadoras.

Entre os nutrientes, estão, por exemplo, os óleos vegetais, que são repletos de nutrientes.

Agora, Giovanna também nos dá uma receita eficaz para nutrir os cabelos. E o melhor: com ingredientes com preços super acessíveis e para fazermos em casa.

Alerta do editor:

 

Alertamos para os cuidados com  Receitas caseiras para os cabelos: entenda porquê você deve ter cuidado ao usar.

Pesquisadora científica especializada em Cosmetologia, explica por quais motivos você dever ter cuidado ao usar receitas caseiras, principalmente ao usar substâncias de grau alimentício nos cabelos, pois podem acabar alimentando bactérias, desencadear seborreia e outros desequilíbrios no couro cabeludo, chegando até ao desenvolvimento de  problemas de queda!

 

Ingredientes para nutrir os fios:

 

  • 150 ml de leite integral;
  • 1 colher rasa de sopa de amido de milho (maisena);
  • 2 colheres de sopa de óleo vegetal de sua preferência (por exemplo: azeite, oleo de coco, oleo de amêndoas, etc);
  • 1 colher de sopa cheia de açúcar branco refinado ou açúcar cristal.

Modo e preparo:

 

Primeiramente, leve o leite ao fogo baixo com o amido de milho, mexendo bem, a fim de obter um minguau. Isso é importante para evitar que o amido de milho empelote e acabe por grudar nos fios.

Em seguida, acrescente o açúcar e o óleo vegetal.

Mexa bem, até que o óleo misture e o açúcar dissolva.

Então, lave os cabelos, sem condicioná-los.

Remova o excesso de água com uma toalha (não use secador).

Agora, aplique a receita de nutrição mexa por mexa, sendo que ser aplicada (moderadamente) na raiz.

Deixe repousando por uns 20 minutos. Não ultrapasse muito este período, a fim de não engordurar as madeixas.

Por fim, remova com água todo o conteúdo da receita para nutrir os fios.

Finalize com um pouco de condicionar, apenas para não embaraçar os cabelos.

Depois, penteie e deixe secar ao natural. Então, passe um reparador nas pontas.

A nutrição capilar pode ser feita a cada 15 dias.

 

 

Maísa também aderiu à transição capilar. Removeu o alisamento químico e voltou a exibir cachos naturais exuberantes (divulgação)

 

6 – Reconstrução para cabelos em transição capilar

 

Como já mencionado, as pessoas que desejam o natural de volta, estão com o cabelo enfraquecido.

Assim, é fundamental reconstruir. Caso contrário, o retorno ao natural não será o desejado, pois as madeixas permanecerão modificadas e frágeis.

Afinal, o que é a reconstrução capilar?

Bem, de acordo com Giovanna reconstruir significa repor a massa capilar. Isso porque processos químicos acabam por absorver parte desta massa, que é formada, em especial, por queratina.

Ou seja, fios desconstruídos são extremamente frágeis, além de muitos finos. Assim, eles se quebram com muita facilidade. Além disso, quando crescem, tendem a não ganhar comprimento, pois quebram, em geral, quando chegam na altura do queixo.

E a transição capilar inclui deixar os cabelos crescer, para que as madeixas naturais reapareçam, não é?

A reconstrução, porém, por ser um processo profundo, muitas vezes, requer apoio de um profissional. Mas, em alguns casos, pode ser feita em casa. Ou mesmo alternar: em casa e com um profissional, certo?

Para fazer a reconstrução de cabelos em casa veja a receita da especialista, a seguir!

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de queratina líquida de boa qualidade;
  • Xampu anti resíduos ou para limpeza profunda ;
  • Condicionador de boa qualidade.

Modo de preparo e aplicação:

Primeiramente, lave os cabelos com o xampu anti resíduos ou de limpeza profunda. Enxague bem.

Em seguida, retire o excesso de água com uma toalha.

Agora, aplique a queratina líquida em todo o cabelo, menos na raiz. Mas, atenção, não exagere. Assim, a dica é borrifar a queratina pelo comprimento e pontas.

Deixe a queratina repousando por uns 10 ou 15 minutos, que é a pausa indicado pelos bons fabricantes.  Lembre-se: nem a menos, nem a mais. Aliás, esquecer a queratina nos cabelos pode endurecer as fibras e levar à quebra.

Depois da pausa, enxague os cabelos.

Em seguida, aplique um protetor térmico nos fios e seque com secador, pois a queratina precisa de calor para se fixar nos cabelos.

Por fim, aplique um reparador de pontas.

 

 

 

 

Atenção!

 

A reconstrução capilar deve ser feita 1 vez ao mês somente. Ou, no máximo, a cada 15 dias, quando os fios já estiverem mais fortalecidos.

Além disso, existe a Reconstrução a Frio e a Quente. Nestes casos, procure um profissional. Não faça esses dois procedimentos em casa, pois o resultado pode ser desastroso…

 

 

 

Principais dúvidas sobre a transição capilar

 

 

Quanto tempo demora a transição capilar?

 

Não há um tempo específico, pois depende de inúmeros fatores. Por exemplo: estado atual dos cabelos, que tipo de química eles têm, resultados desejados, entre outros.

Por isso, é preciso paciência e não desistir! Além, é claro, de seguir as dicas da especialista consultada.

 

Meu cabelo vai, realmente,  “voltar ao normal”, com a transição?

 

Em geral, sim. Mas, desde que a transição seja feita com paciência e com os cuidados necessários.

Por exemplo, não adianta ter pressa e encher o cabelo de cremes, hidrantes, etc. Nem mesmo aplicar mais químicas ou exagerar no uso de aparelhos térmicos – pois eles farão você recomeçar transição capilar do zero.

Além disso, algumas químicas podem modificar a estrutura natural do cabelo. No entanto, neste caso, consulte um profissional, pois sempre há uma solução, certo?

 

Além de ter meu cabelo natural de volta, quais os demais benefícios da transição capilar?

 

Com um cabelo 100% natural, são maiores as possibilidades de “brincar” com as madeixas. Isso porque os cabelos naturais são sempre mais fortes e resistentes.

Por exemplo, depois da transição capilar você poderá:

 

  • Aplicar algumas químicas pouco agressivas para dar um “up” no visual, como mechas não tão claras e que não necessitam de tanta descoloração.
  • Investir em cortes diversos.
  • Usar, com mais segurança, modeladores, chapinhas e secador. Depois da transição capilar, os fios naturais são mais resistentes a esses processos. Mas, sem se  esquecer do protetor térmico e de não exagerar, ok?
  • Tenha certeza que para manter as madeixas saudáveis e bonitas, depois da transição capilar, o custo será muito menor. Isso porque seus cabelos estarão fortes, hidratados, nutridos, reconstruídos e livre de químicas pesadas. A manutenção, então, é mais simples e custa menos para o  bolso.
  • Seus cabelos não quebrarão mais quando crescerem. Assim, poderá cortar ou deixá-los longos, sempre que quiser!

 

 

 

 

Especial : Diário de uma transição capilar

 

benefícios da transição capilarCabelo crespo transiçãoCamilla de Luca BBB 21 transição capilarcomo fazer transição capilarcortes para transição capilarcrescimento da transição capilardicas para cabelosdicas para transição capilarEspecialista ensina transição capilar em casahidratação capilar caseirao que é transição capilar?receitas caseiras para cabeloTransição capilartransição capilar baratatransição capilar BBB 21transição capilar em casatratar cabelo em casatratar dos cabelosvoltar ao cabelo natural