Quartos de bebês decorados: como planejar o seu?

Quartos de bebês decorados: como planejar o seu?

A chegada de uma nova vida em casa sempre acompanha vários momentos gostosos. Um deles é a oportunidade de idealizar os quartos de bebês decorados! Decidir o tema, planejar as cores, montar os móveis…

O processo, ainda que trabalhoso, se torna quase uma brincadeira. É durante ele que você imagina os gostos do seu pequeno e se prepara para recebê-lo com muito carinho, amor e cuidado.

Por esses motivos, o Fashion Bubbles traz algumas dicas para caprichar na decoração. E, claro, várias imagens inspiradoras que podem te ajudar a criar esse ambiente!

 

  • Depois veja também Pote da calma: tudo sobre o brinquedo que acalma crianças.

 

Checklist: essenciais do quarto do bebê

 

Não é só uma decoração bonitinha que um quarto de bebê precisa. Alguns itens não podem faltar no dia a dia do pequeno. Outros são opcionais, mas fazem a diferença na sua rotina.

Logo, vamos começar com um checklist de que é essencial para  quartos de bebês decorados com primor! Sugerimos que você realmente faça uma lista. Dessa forma, não esquecerá de nada que é imprescindível ter antes do nascimento, ok?

 

1. Um berço ou um moisés

 

 

O primeiro não tem segredo: o berço é o cantinho de dormir do bebê. Ele deve ser bem arrumado para garantir não só conforto, como também segurança.

Para isso, deve ter um colchão firme que se encaixe perfeitamente em seu formato e lençóis que cubram todo o colchão e fiquem presos embaixo, sem risco de se soltarem.

Sabemos que os travesseiros, bichinhos de pelúcia e almofadas são itens queridinhos da decoração do berço! Porém, nenhum deles pode ficar em cima do móvel enquanto o bebê estiver dormindo.

Infelizmente esses objetos trazem riscos para o seu pequeno bebê. Então, se quiser tê-los, garanta um espaço no quarto para guardá-los sempre que o berço for usado.

Enfim, o moisés também é um companheiro valioso durante os primeiros meses após o nascimento. Ele cumpre a função de berço nesse período, e pode ficar no quarto dos adultos durante a adaptação na nova rotina

Ele também é um recurso para os pais que montaram um quarto de bebê montessoriano, mas acreditam que ainda não é hora de colocar a criança no chão.

 

Leia também: A importância do sono para o desenvolvimento saudável dos bebês

 

2. Uma poltrona de amamentação

 

 

A poltrona de amamentação é um dos móveis mais importantes desse cômodo. Esse móvel deve ser bastante confortável. Afinal, mamãe e bebê passarão bastante tempo nele — principalmente nos primeiros meses de amamentação.

Existe, inclusive, uma posição correta para amamentar. E essa é a razão pela qual a poltrona é tão valiosa! A mãe deve ficar sentada com os braços nas laterais da poltrona, para que eles não se cansem muito enquanto ela amamenta. Seu pescoço também deve estar repousado sobre o encosto da cadeira, evitando a tensão.

Um bônus da cadeira de amamentação é ter um puff para apoio dos pés. Se o quarto tiver espaço, pode apostar nele!

 

3. Um trocador

 

 

Esse móvel é vantajoso no quarto do bebê por ter mais de uma utilidade. geralmente ele é composto por uma cômoda — e aí você já ganha várias gavetas para guardar roupinhas e quaisquer objetos importantes.

Só não esqueça que ela precisa ter um tamanho certo, viu? Para acomodar o bebê e os itens de trocar com segurança, a cômoda deve ter pelo menos 50 cm de profundidade.

Em seguida, você precisará do trocador de fato — aquela espuma sobre a qual o bebê fica no momento da troca de fraldas.

Por último, o kit higiênico. Ele é composto por um recipiente para a água, outro para algodão e cotonetes, mais uma garrafa térmica. Para manter esse conjuntinho organizado, você pode usar uma bandeja que combina com seu décor.

Dica de ouro: deixe a bandeja do kit posicionada do lado que quem trocará o bebê com mais frequência possui mais habilidade com as mãos. Se a pessoa for destra, coloque-a do lado direito do trocador. Se for canhota, coloque do lado esquerdo!

 

4. Uma babá eletrônica

 

Com uma babá eletrônica, você pode acompanhar seu bebê à distância. Isso é bastante vantajoso! À noite, por exemplo, ter o aparelho no quarto do bebê garante que você o ouvirá quando ele chorar ou precisar de você.

Durante o dia, ela permite que você faça qualquer tarefa em casa com tranquilidade. Afinal, você estará escutando e vendo o bebê enquanto ele dorme. Basta carregar o receptor pela casa com você!

 

5. Dica extra: capriche nos detalhes!

 

 

A personalidade do quarto do bebê mora nos detalhes que você aproveita. Afinal, a base é quase sempre a mesma — como você viu ali em cima. Escolha bem o papel de parede, o tapete, o móbile e até o lixo! O da foto, por exemplo, é feito de rattan e imita o formato de um abacaxi.  Só por ele já é possível perceber a tendência tropical e natural do ambiente!

 

O método Montessori

 

Você já ouviu falar do método Montessori e como ele transforma a decoração do quarto do bebê?

Desenvolvido por Maria Montessori, o método é mais que uma maneira de decorar — é uma perspectiva educacional sobre o ambiente. Ou seja, é uma maneira de pensar o quarto do bebê sob uma ótica de desenvolvimento.

Os móveis, alturas dos objetos e até o tipo de berço podem, de acordo com Montessori, influenciar os aspectos sociais, cognitivos e emocionais da criança!

Em resumo, adotar o método Montessori é montar o quarto a partir do ponto de vista do seu pequeno. Sobretudo, o bebê precisa ter independência dentro do cômodo. Tudo o que lhe diz respeito deve estar ao seu alcance: livros, brinquedos, roupas… e até a cama!

 

 

Nesse tipo de quarto, o berço é trocado por um colchão que fica no chão. Isso dá autonomia para que o bebê acorde e se movimente como precisar.

Também há pouquíssimos móveis — há quem dispense até o trocador, que apontamos como essencial em um quarto de bebê padrão!

O objetivo é manter o espaço aberto para que a criança possa brincar e se movimentar como quiser, e explorar o próprio mundo. Com menos itens, quinas e afins no quarto, aumentamos também a segurança desse bebê. E ela é imprescindível para que sua liberdade seja possível!

 

XX ideias de décor para o quarto do bebê

 

Agora que você já sabe o que precisa ter em um quarto de bebê comum — ou em um que segue o método Montessori —, vamos para as inspirações!

 

Tons pastel em quartos de bebês decorados

 

 

Cores mais claras são, muitas vezes, consideradas mais tranquilas. Os tons pastel entram para essa categoria de “calmantes”, compondo ambientes gostosos de permanecer. Por esse motivo, são uma boa pedida para o quarto do bebê!

Usados na medida certa, eles não precisam ficar presos à uma idade. Uma parede de destaque em tom pastel pode ter ares modernos e acompanhar o crescimento e mudança de gostos da criança — da primeira infância até a adolescência.

Veja também: “Tons pastel: saiba como usar a tendência mais bombada do verão 2021″

 

Floresta e montanha são temas queridinhos

 

Existe uma fonte comum e lindíssima de inspiração para quartos de bebês decorados. É a natureza! Vemos muito, por aí, os animais e sobretudo bichinhos de pelúcia como foco desse décor. Abaixo, os pais afunilaram um pouco mais o tema, aproveitando até o papel de parede para a representação.

O primeiro quarto traz as montanhas como foco, com um grande desenho em uma parede de destaque. Animais selvagens como ursos, lobos e raposas aparecem em quadros. E até o móbile ressalta o tema, com um suporte tipo tora de madeira!

Já o segundo traz o tronco de muitas árvores sem folhas nas paredes. Os animais não estão só nas pinturas, como também em almofadas e até no formato da luminária ao lado da poltrona de amamentação.

 

 

O estilo também vai bem em quartos de bebê com um toque montessoriano. A cabana montada no canto do cômodo, por exemplo, é uma adição divertida para a hora das brincadeiras!

Conforme a criança cresce, a cama próxima ao chão pode ter uma estrutura tipo casinha em volta. Nesse caso, ela se torna uma cabana na floresta. O resultado é lúdico.

 

 

A praia inspira esses quartos de bebê

 

Nos distanciamos do verde da copa das árvores e chegamos mais perto do mar. Ele também inspira alguns ambientes! Os elementos que caracterizam o tema são o azul — um tom gostoso e calmante, perfeito para o quarto do bebê — e os materiais naturais.

 

 

A madeira clara e o rattan são must-haves desse tipo de ambiente. Eles deixam explícita a ligação com os dias de sol e areia!

 

 

O papel de parede muda tudo!

 

Muitos quartos de bebê são pequeninos. Por isso, as paredes fazem toda a diferença. Nesse caso, o papel de parede é uma adição poderosa ao décor!

 

 

O ambiente acima, por exemplo, é bem simples. Ele é composto por móveis de cor branca e alguns toques de azul aqui e ali. O que dá o tema é o desenho do mapa mundi em uma parede de destaque! Nele, vários animais “viajam” pelo mundo — de carro, avião e até balão.

 

 

O mesmo acontece neste outro quarto, que até já mostramos por aqui. Além dos animaizinhos, são as árvores da parede que deixam evidente que a escolha do tema são as florestas locais. Nesse caso, como o papel está em todas as paredes, os moradores também optaram por não usar quadros.

 

 

Nesse outro caso, não há tema definido. Mas é justamente o papel de parede que traz uma dose extra de aconchego ao imitar a textura natural da madeira.

 

 

Idem para esse outro quarto de bebê. Ainda que não haja um estilo específico, as folhas em tom azul deixam o décor mais colorido e gracioso. Sem elas, o ambiente seria muito mais simples e neutro.

 

Inspire-se nesse quarto de gêmeos

 

 

Tons fortes definem o estilo desse quarto. Duas crianças compartilham o espaço! Os pais lançaram mão dessa paleta mais complexa também com o propósito de diferenciar os objetos e berços dos gêmeos. Eles escolheram laranja e azul para o menino. Para a menina, o tom principal é o rosa.

 

Aposte em um quarto de bebê atemporal

 

 

Uma das vantagens de decorar o quarto do bebê pensando na atemporalidade é justamente manter o décor enquanto a criança cresce.

O minimalismo, por exemplo, é valioso nessa missão — ele tem uma base forte e aconchegante, e a partir dela conseguimos construir o restante do décor independente do momento ou tendência. Mantém-se paredes, tapetes e até móveis principais como cômodas e cadeiras, porque estes não envelhecem em termos de estilo.

 

 

Outro benefício de um ambiente minimalista é que ele raramente se condiciona ao gênero do seu pequeno. Logo, se você pretende ter mais de um filho, não precisa se preocupar com repintar as paredes, por exemplo! Ainda assim o ambiente se mantém charmoso porque, como falamos, a graça mora nos detalhes.

 

 

Há outro caminho possível para decorar o quarto de bebê de maneira mais atemporal. Além de apostar nos móveis neutros, é possível colorir as paredes com algo que não seja temático infantil. O desenho ainda pode ser lúdico, como o acima, que compõe uma parede geométrica — mas não contém animais ou itens do tipo.

 

Quartos de bebês decorados dos famosos

 

Já mostramos um pouquinho de várias casas dos famosos por aqui. Que tal, agora, vermos juntos como são os quartos dos bebês de alguns deles?

 

Sharon Menezes

 

Sharon Menezes decorou o quarto de seu pequeno com muita graça! No ambiente, os tons neutros na decoração criam a base para destacar detalhes e brinquedos em azul e laranja. Bandeirolas são recorrentes nos enfeites, do berço ao quadro na parede.

 

 

Todos os têxteis trazem pelo menos um tom alegre da paleta de cores escolhida. Como o cômodo é pequeno, as paredes foram muito bem aproveitadas, com nichos e prateleiras ao mesmo tempo funcionais e decorativos.

 

 

Eliana

 

Entre os quartos de bebês decorados, o da apresentadora Eliana é um dos mais neutros! Além do branco, um rosa bem clarinho traz um contraste suave em alguns dos móveis. A marcenaria é a estrela do décor! Além do guarda-roupas, uma estrutura tipo “telhado” traz ares de casinha ao canto de dormir.

As luzes destacam ainda mais a marcenaria, iluminando os nichos e a parte interna do guarda-roupas.

 

 

Khloé Kardashian

 

As irmãs Kardashian não são conhecidas apenas pelo reality show do canal E! e suas polêmicas.  O estilo próprio da família cria tendências. Inclusive quando o assunto é decoração de quarto de bebê!

Apesar disso, Khloé preferiu ser mais tradicional ao montar o quarto de sua pequena. A mãe investiu nos tons de rosa e animais delicados, como coelhos, ovelhas e borboletas.

 

 

Gigi Hadid e Zayn Malik

 

A modelo Gigi Hadid e o cantor Zayn Malik são pais de primeira viagem e capricharam no quarto do bebê. O estilo tende ao boho, com paredes em um laranja queimado intenso e texturas à beça! Além disso, o espaço ainda conta com uma cômoda ousada, com desenhos étnicos entalhados nas portas.

 

 

Deborah Secco

 

Mariah Flor, a filha de Déborah Secco, nasceu em 2015. Ainda assim, seu quartinho é fonte de inspiração até hoje! Isso porque os móveis chamam muito a atenção, em um estilo que conquista muitos pais: o provençal.

Além disso, o décor se inspira no próprio nome da bebê, cheio de flores e delicadeza. Na parede, anjos da guarda olham pela criança na rotina!

 

 

Thais Fersoza e Michel Teló

 

Sabe quem também apostou na neutralidade para compor esse ambiente? O casal Thaís Fersoza e Michel Teló. A decoração singela também contou com vários anjinhos protetores do bebê.

 

 

Gostou? Veja também: Famosas que foram mamães em 2020 + fotos de seus bebês.

BebêsCasa dos FamososDecoraçãodecoração de quartoquarto de bebêquartos de bebês decoradosquartos infantistendências de decoração