Morte de Karl Lagerfeld: há dois anos o mundo perdia o estilista alemão

No dia 19 de fevereiro de 2021 completamos dois anos desde a morte de Karl Lagerfeld, estilista alemão que marcou o mundo da moda de luxo com muita atitude e personalidade.

- Continue depois da Publicidade -

Hoje, dia 19 de fevereiro de 2021, completamos dois anos da morte do estilista alemão Karl Lagerfeld. Nascido em 1933, ele foi um dos maiores ícones da moda dos séculos XX e XXI. Tendo morrido em Paris aos 85 anos, Lagerfeld deixou um legado que dificilmente se apagará.

 

Karl Lagerfeld para H&M.
Karl Lagerfeld para H&M. Fonte: H&M.

 

Vida e obra de Karl Lagerfeld

 

Sendo original de Hamburgo, Lagerfeld desde cedo demonstrou interesse pelas artes visuais. A sua maior inspiração? Os artistas franceses. Inclusive, de acordo com o DW Documentary “Karl Lagerfeld – fashion designer and icon” (2014), ele teria continuado os seus estudos apenas para poder aprender a língua francesa.

 

Karl Lagerfeld em 1960, com 27 anos, no seu escritório em Paris.
Karl Lagerfeld em 1960, com 27 anos, no seu escritório em Paris. Fonte: GETTY images / Harper´s Bazaar.

 

- Continue depois da Publicidade -

Bom, o sonho de menino se realizou. Tendo se mudado para Paris em meados da década de 50, Karl Lagerfeld foi gradualmente progredindo no mundo da moda, vindo a trabalhar para importantes nomes como Jean Patou, Charles Jourdan, Chloé, Krizia, e Valentino.

 

Grandes Marcas

 

- Continue depois da Publicidade -

Em 1967 Lagerfeld foi contrato pela marca Fendi, tendo se tornado o responsável pela sua linha de peles. O seu trabalho teve tanto êxito que ele seguiu trabalhando para a Fendi até a sua morte.

Entretanto, o que mais marcou a sua carreira foi provavelmente a função de diretor criativo da marca Chanel, que desde a morte da estilista Coco Chanel (1883-1971) se encontrava em gradual declínio. Tendo desempenhado a função de 1983 até a sua morte, Karl Lagerfeld renovou completamente a marca. Um dos maiores exemplos dessa mudança foi a adoção de um novo símbolo, o famoso CC cruzado.

 

Logo da Chanel.
Logo da Chanel. Fonte: Wikimedia commons.

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Pouco depois, em 1984, o estilista lançou a sua própria marca, a “Karl Lagerfeld”.

As principais características do estilo de Lagerfeld? O cabelo branco chamativo, os óculos de sol muito escuros e marcantes, as luvas sem dedos e muitos colares.

 

Uma das suas primeiras aparições de Karl Lagerfeld com o cabelo preso e óculos escuros.
Uma das suas primeiras aparições com o cabelo preso e óculos escuros. Fonte: GETTY images / Harper´s Bazaar.


 

Após a morte de Karl Lagerfeld

 

Ainda em vida, Lagerfeld chegou a referir que gostaria que Hairder Ackermann o sucedesse – o que entretanto negou posteriormente. Contudo, após a sua morte, a marca decidiu colocar Virginie Viard, diretora de estúdio da Chanel e mão-direita do estilista, como a sua nova diretora criativa.

Em suma, apesar de muitas polêmicas ao longo da vida, incluindo a discussão sobre o uso de peles e possíveis comentários gordofóbicos e racistas, Karl Lagerfeld teve uma passagem extremamente relevante no mundo da moda. O seu legado marcou todas as décadas da história da moda recente, e seguirá sendo uma inspiração para estilistas ao redor do mundo.  

 

Por Mariana Boscariol.

 

Fonte: Britannica.

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes