A fúria contra o luxo em outdoors

- Continue depois da Publicidade -

outdoorbeijing.jpg

Há tempos que a capital do maior país comunista do mundo se rendeu aos apelos capitalistas e exibe orgulhosa em seus outdoors e campanhas publicitárias de rua o melhor do capitalismo selvagem: apelos ferozes para o consumo e o status, especialmente no setor que mais cresce hoje na China, o setor imobiliário para a classe de alta renda.

Pois Pequim surpreendeu ontem ao mandar retirar de todos os outdoors da cidade os anúncios de empreendimentos imobiliários que prometem “uma vida de luxo”,  “o prazer supremo”, “morada num castelo”,  entre outros slogans de grandes condomínios de luxo no estilo americano ou de apartamentos de alta classe no Centro da cidade.

Você também pode gostar!

Segundo a Administração para Indústria e Comércio de Pequim em seu website na internet, os anúncios “ofendem os valores socialistas e ameaçam a harmonia social na cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2008. No momento, há problemas com alguns anúncios que não se enquadram nas demandas da civilização espiritual socialista (sic)”, diz o site oficial.

Leia o artigo completo no blog No Oriente.

- Continue depois da Publicidade -

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes