Second Life no Brasil terá 2 milhões de usuários até fevereiro de 2008

- Continue depois da Publicidade -

second-life.jpg
A rede social Second Life contará com cerca de 2 milhões de usuários em apenas um ano de funcionamento, segundo projeção revelada pela Kaizen Games, empresa do interior de São Paulo responsável por localizar a rede no Brasil.

Atualmente, o Second Life experimenta um crescimento exponencial no número dos seus usuários, contabilizando 3,5 milhões de habitantes digitais na tarde desta segunda-feira (12/02).

Os números não devem ser considerados brutos, no entanto, aconselha a Linden Labs, já que, deste total, apenas 1,2 milhão de usuários entraram na rede nos últimos dois meses.

Em dezembro, a rede criada pela norte-americana Linden labs havia alcançado a marca de 2 milhões de usuários em todo mundo.

Mesmo com a explosão na sua comunidade, que em dezembro contava com cerca de 70 mil brasileiros, segundo dados do Ibope//Netratings, o Brasil deverá representar apenas um décimo de todos os usuários até fevereiro de 2008, segundo confirma Maurílio Shintate, executivo-geral da Kaizen Games.

- Continue depois da Publicidade -

Se comparado ao final de setembro de 2006, quando atingiu a marca de 1 milhão de usuários mundiais, o Second Life deverá multiplicar por vinte o número de cadastrados – pagantes ou não – em quase um ano e meio (17 meses).

Não é apenas a população do Second Life que está aumentando em razão geométrica, conforma afirma dados demográficos e geográficos da rede social divulgados pela Linden Labs nesta sexta-feira (09/02).

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Segundo o documento, o mercado virtual do Second Life movimenta atualmente, entre seus usuários, cerca de 6 bilhões de Linden Dollars, o que equivale a 24,2 milhões de dólares reais.

A área em que construções são erguidas e avatares podem montar seus empreendimentos também saltou dos 218 km2 registrados em outubro para 360 km2 no final de janeiro.

Atualmente, a comunidade brasileira já conta com áreas próprias, como as ilhas Berrini, Itaim, Nelore e Brasil. A Kaizen está elaborando uma ilha própria, com acordos comerciais com empresas do mundo real, que será aberta ao público no lançamento da rede no Brasil.

- Continue depois da Publicidade -

Entre os países que mais usam o Second Life, os Estados Unidos aparecem na frente, com 31,19%, seguido pela França (12,73%), Alemanha (10,46%), Reino Unido (8.09%) e Holanda (6,55%).

No ranking da Linden Labs, o Brasil aparece na sétima posição, responsável por 3,77% da comunidade internacional.

Fonte: IDG Now – Guilherme Felitti, repórter do IDG Now!

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes