Festa Temática Hollywood - O Glamour do Cinema na vida real - Parte 1clássicos

Festa Temática Hollywood – O Glamour do Cinema na vida real – Parte 1clássicos

Inspire-se nas estrelas de Hollywood

Desde seu início o cinema é acompanhado pelo glamour e pela fantasia, já que nas telas tudo é possível. Quem não sonhou em ser protagonista de algum filme? Ou não se identificou com um? Tudo começa com um lindo dia de sol, festas, flores, carros, casais felizes e beijos perfeitos, aqueles que chamamos de “beijo de filme”. Uma boa forma de viver um pouco dessa imaginação é numa festa temática cujo tema é Cinema.

Inspire-se nas grandes divas e nos galãs para criar fantasias que tragam o glamour e a magia do Cinema para vida real em uma noite de pura diversão!

São inúmeras possibilidades de fantasias, decoração e músicas, o que às vezes nos deixa em dúvida: “Marilyn Monroe ou Angelina Jolie?”, “George Clooney ou Brad Pitt?” Para facilitar a escolha, veja alguns clássicos do cinema, seus respectivos atores e seus figurinos. Então, luz, câmera, ação!

Veja também

Estrelas de Hollywood

O Anjo Azul- 1930
Estrelado por Marlene Dietrich (1901 – 1992) atriz e cantora alemã.
Peças-chave: cartola, cinta liga, terno, chapéus.

A trilha sonora deve acompanhar o espírito dos grandes clássicos, sem ficar chato


Peças-chave: cartola, cinta liga, terno, chapéus. Imagem do site Alardia Express .
Imagem do site Paulo Braccini

O ideial é incorporar o personagem que traz o poder do universo masculina com a sensualidade do feminino


Madonna fantasiada de Marlene Dietrich


Imagem do site Males Trip Show

Trecho de “O Anjo Azul”

E o vento levou – 1939

Estrelado por Vivien Leigh (1913 – 1967) atriz e lady inglesa nascida na Índia, na época pertencente ao Império Britânico.
Peças-chave: vestidos longos de veludo com rendas e babados

Peças-chave: vestidos longos de veludo com rendas e babados.
Imagem do site
Gardenal – Che Caribe


Imagem do site Coardeboard Standups


Imagem do site Amantes do Cinema e Imagem do site Virtualia o Manifesto

Trecho de “E o vento levou”

Casablanca – 1942

Estrelado por Humphrey DeForest Bogart (1899 – 1957) ator norte-americano de cinema e de teatro.

Peças-chave: gravata borboleta, chapéu, terno branco, trend coach.


Peças-chave: gravata borboleta, chapéu, terno branco, trend coach.
Imagem do site Solar Vingator


Como o filme se passa na década de 40 em meio a segunda guerra, as fantasias podem trazer referência dos uniformes, como os famosos trend coachs

 
Neste período tem a ascensão de Hollywood e os figurinos são puro glamour. O lenço na cabeça também foi uma das características da época


Imagem do site Cenaset e Imagem do site Hollywood Blog


Imagem do site Pop Star Plus

Trecho de “Casablanca”


Gilda – 1946

Estrelado por Rita Hayworth (1918 – 1987) atriz norte-americana.

Peças-chave: vestido longo tomara que caia com fenda, luvas, piteira, estola de pele, cabelos cacheados repartido de lado, batom vermelho.


Peças-chave: vestido longo tomara que caia com fenda, luvas, piteira, estola de pele, cabelos cacheados repartido de lado, batom vermelho.
Imagem do site Cinema Juiz de Fora


Imagem do site Jolly People e Imagem do site Conversa de menina


Imagem do site Zezizezi

Trecho de “Gilda”

Os homens preferem as loiras – 1953

Estrelado por: Marilyn Monroe (1926 – 1962) atriz norte-americana.

Peças-chave: vestido tomara que caia cor de rosa, luvas  cor de rosa ou pretas, colar e pulseiras brilhantes, cartola preta, bengala, collant, batom vermelho.

Imagem do site CinemaCC


Imagem do site Mail Online


Imagem do site IMDb

Trecho de “Os homens preferem as loiras”

O pecado mora ao lado – 1955

Estrelado por: Marilyn Monroe (1926 – 1962) atriz norte-americana.

Peças-chave: vestido branco, cabelos/peruca loira, sandálias brancas de salto, brincos brilhantes, olhos bem delineados.


Peças-chave: vestido branco, cabelos/peruca loira, sandálias brancas de salto, brincos brilhantes, olhos bem delineados.
Imagem do site English Eastday


Imagem do site Moda dos Famosos

Trecho de “Quanto mais quente melhor”

Breakfast at Tiffany’s – 1961

Estrelado por: Audrey Hepburn (1929 – 1993) atriz, modelo e humanista belga.

Peças-chave: vestido longo preto com fenda, piteira, cabelos presos, olhos bem delineados,  luvas pretas, colar e brincos brilhantes.


Peças-chave: vestido longo preto com fenda, piteira, cabelos presos, olhos bem delineados,  luvas pretas, colar e brincos brilhantes.
Imagem do site Popart UK


Também conhecido como Bonequinha de Luxo – Imagem do site Tinker


Imagem do site Geek Girlfriends


Imagem do site Time

Trecho de “Breakfast at Tiffany’s”


Jules et Jim – 1962

Estrelado por: Oskar Werner (1922 – 1984) ator austríaco, e por Henri Serre (1931) ator francês.

Peças-chave: jaqueta de couro, camiseta listrada, boinas.


Peças-chave: jaqueta de couro, camiseta listrada, boinas.
Imagem do site Vertigo Store


Imagem do site Arnadal


Imagem do site Horas Vacas e Imagem do site Kinoeye

Trecho de “Jules et Jim”


Grease – Nos tempos da Brilhantina – 1978

Estrelado por: John Joseph Travolta (1954) ator, cantor e dançarino norte-americano.

Peças-chave: calça e camiseta justas, jaqueta de couro, cabelo com topete, cinto marrom ou preto para eles e para elas vestidos rodados com a cintura bem marcada


Peças-chave: calça e camiseta justas, jaqueta de couro, cabelo com topete, cinto marrom ou preto.
Imagem do site Baixa Logo


Imagem do site Area Voices


Imagem do site Mail Online

Imagem do site Movie Mania

Trecho de “Grease – Nos tempos da Brilhantina”

Breve história do cinema

Em 1895, no Grand Café, em Paris, os irmãos Lumière realizaram a primeira exibição pública e paga de cinema. Foram dez filmes, com duração de 40 a 50 segundos cada. Os mais conhecidos até hoje são “A saída dos operários da Fábrica Lumière” e “A chegada do trem à Estação Ciotat”. Não é possível definir exatamente o dia em que o cinema foi criado, pois existem registros de projeções anteriores a dos Lumière, no entanto, a exibição no Grand Café é considerada um marco inicial da inovadora arte.

O cinema logo ganhou novas características. Georges Méliès, um mágico ilusionista assistiu as projeções cinematográficas dos irmãos Lumière e encontrou nelas uma forma de aprimorar seus truques de mágica. Foi assim que surgiram os primeiros efeitos especiais da história do cinema.

Mais tarde, já no século XX, David W. Griffith, diretor norte-americano e um dos pioneiros de Hollywood, dirigiu filmes que desenvolveram e definiram melhor a linguagem cinematográfica. O cinema, que pode ser dividido em duas principais correntes – ficção e documental – é mais do que movimentos que contam uma história. A sétima arte é uma linguagem, uma maneira de se comunicar, e também indústria poderosa que continua inovando e crescendo.

Para ler mais sobre a história do Cinema clique aqui.

Dicas de Decoração

Confira fotos com dicas de cenário para Festa Hollywood, que deve trazer referências e o glamour dos filmes e cartazes do cinema. Os rolos de filmes e estrelas  são muito usados na decoração, aparecendo em lembrancinhas e até nos docinhos.

A estátua do Oscar é outra referência bacana, assim como o tapete vermelho que não pode faltar. Veja uma seleção de fotos com ideias bacanas para sua festa trazer toda magia do cinema.

Referências ao Oscar e aos cartazes do cinema podem ser usados na decoração da Festa Temática Hollywood 
Interessante  fazer cenário para selfies bacanas

Cenário para festa dos anos 50

Veja também Festa temática – Glamour do Cinema na vida real parte 2

 

anjo azulAudrey HepburnCinemae o vento levouEstrelas de HollywoodFantasiasFestaFesta TemáticaFestasgeorge clooneyhumphrey deforest bogartlife in italyLook FestaLook FestasMarilyn MonroeMarlene Dietricho ventorita hayworth