Os sapatos que fizeram história

- Continue depois da Publicidade -

A história da moda permeia a história da humanidade. As vestimentas foram símbolo de poder, de distinção de civilizações. Elas foram ícones de pertencimento e diferenciação. A mesma importância se dá aos sapatos, que assim como as roupas, transcendem sua aplicação prática e hoje são objetos de desejo de todos nós.

Um dos “templos” de exposição dos mais incríveis sapatos da história é o Bata Shoe Museum, em Toronto, Canadá. Pouco divulgado, mas com uma mostra de tirar o fôlego, os sapatos são organizados de maneira a nos levar a fazer uma incrível viagem no tempo.

Existe uma exposição on-line com a linha do tempo e imagens dos magníficos exemplares de sapatos, cada um com sua história, além de uma parte dedicada aos sapatos de casamentos. Uma boa parte está on line! Confiram aqui.

- Continue depois da Publicidade -

Abaixo uma pequena mostra:

- Continue depois da Publicidade -

Crédito da Imagem: (c) Bata Shoe Museum, Toronto

Veludo Vermelho, Pietro Yantorny, 1920s
Pietro Yantorny – Nascido em 1874 na Calábria, Itália, conhecido como o designer de sapatos mais caro do planeta, os sapatos levavam anos para serem criados e muitos dólares para serem consumidos.

- Continue depois da Publicidade -

Crédito da Imagem: (c) Bata Shoe Museum, Toronto. Photo: Hal Roth

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Bota em seda bordada com fios de ouro – Jean-Louis François Pinet, 1880
Jean-Louis François Pinet é hoje considerado o primeiro grande designer de sapatos conhecido pelos seus bordados incríveis e saltos elegantes.

Crédito da Imagem: (c) Bata Shoe Museum, Toronto.

Mule Camurça Laranja com listras douradas e pretas. André Perugia, 1938
Exemplar de André Perugia. Nascido em Nice na França mas de parentesco italiano, com 16 anos em 1910, abriu uma loja em Paris onde vendia sapatos feitos a mão, trabalhava para Paul Poiret, entre outros grandes nomes da moda. O artista estava constantemente atravessando as barreiras do design de sapatos. Esse modelo exótico com a ponta arredondada recebe o nome de ‘Aladdin’ toes.

Crédito da Imagem: (c) Bata Shoe Museum, Toronto.

Sandália flores e grama. Beth Levine, final 1960s
Beth Levine constantemente desafiava as convenções e como resultado é considerada uma das mais criativas designers do século 20, norte americana que fez muito sucesso nos anos 1940s até 1970.

Fonte: Bata Shoe Museum

Por Alessandra Gimenez

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes