Tudo sobre Leilões de Imóveis

Já pensou em comprar uma casa com um preço bem abaixo do que se tem no mercado? Através dos leilões de imóveis isso é possível!

- Continue depois da Publicidade -

264

Comprar sua própria casa é uma grande realização. Mas você sabia que você pode consegui-la por um preço bem mais em conta? Os leilões de imóveis podem ser uma opção super vantajosa se você conhecer as vantagens e desvantagens. Confira aqui, só no Fashion Bubbles!

 

O que é um Leilão de imóveis?

 

Primeiramente, um leilão é uma modalidade de compra, em que os mais diversos patrimônios são vendidos, desde peças artísticas e objetos pessoais à imóveis e carros.

O leilão ocorre quando o proprietário não consegue bancar um financiamento, empréstimo ou acordo. Assim, o que estava como garantia é leiloado para quitar a dívida. Por isso, é mais comuns em períodos de crise econômica.

Os leilões podem ser, inclusive, uma oportunidade para seu Primeiro Apartamento. Depois confira outras 17 dicas de como comprar o seu.

 

- Continue depois da Publicidade -

Como funciona

 

Diferente de uma compra comum, em um leilão você participa de uma disputa coletiva, podendo ser de forma presencial ou online. Sendo que a pessoa responsável pela organização do evento irá receber e analisar os lances dados pelos participantes. Após isso, ela irá identificar quem ofereceu o maior valor pelo item e entrar em contato com o novo proprietário.

Geralmente, os lances partem de um valor de acordo com a avaliação do imóvel. Caso não haja interesse e nenhum lance seja feito, um novo processo é aberto. Porém, com um valor abaixo do anterior estipulado, podendo variar entre 40% e 60% da avaliação inicial.

Ainda existem dois tipos de leilões que podem ocorrer: o judicial e o extrajudicial.

  • O judicial é decorrente de uma ação em que o juiz tira o imóvel do proprietário.
  • O extrajudicial é realizado pelos bancos, instituições financeiras e pessoas físicas. Nesses casos, o acordo feito não foi cumprido e então o patrimônio tido como garantia é retido.

Destacando que os leilões judiciais por terem passado pela justiça, já estão liberados para quem for comprar, portanto o processo é mais tranquilo. Enquanto, os extrajudiciais ainda têm que passar pela justiça para liberar o patrimônio.

 

leilão de imóveis
Leilão Judicial – Fonte: Pexels

Quem pode participar?

 

Qualquer pessoa maior de 18 anos pode participar como um comprador, tanto física quanto jurídica. Apenas tutores, testamenteiros, curadores, administradores e liquidantes não podem participar de leilões. Bem como, juízes e membros do Ministério Público e Defensoria Pública.

O credor da dívida original também pode participar, sendo que ele pode utilizar seu crédito de dívida para fazer a aquisição. Caso haja alguma diferença no valor, basta o credor pagar o que falta para completar.

 

Quando são feitos?

 

Você pode encontrar editais de leilões em sites de leiloeiros, jornais e páginas oficiais dos tribunais de justiça. Lá você irá encontrar informações sobre datas, locais, horário e o que será leiloado.

 

Tem lance máximo?

 

Uma desvantagem do leilão é não saber qual será o lançamento máximo, pois não há um limite. Você apenas sabe o valor de partida, se ele irá subir muito mais do que o estipulado não é possível saber. Porém, as chances de serem um valor menor que de um imóvel comprado de maneira usual é realmente maior.

 

Visitas

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Outra desvantagem, é que por nem sempre estar desocupado, as visitas dependem muito da situação do imóvel que está sendo leiloado. Se estiver desocupado é mais tranquilo de conseguir visitar, mas se ainda isso não tiver ocorrido as chances são baixas.

 

leilão de imóveis
Visitas à casas leiloadas – Fonte: Pexels

Depois da compra

 

Após a compra, caso o imóvel já esteja desocupado, basta fazer a papelada que a propriedade é sua. Caso contrário, as pessoas terão um prazo para se retiraram. E se não sairem até a data colocada, a própria justiça se encarrega de fazer a desocupação.

Contudo, isso é em casos judiciais. Em casos extrajudiciais, o processo não passou por um juiz, logo se os moradores não saírem espontaneamente, será necessário entrar com uma ação reivindicatória na justiça.

 

leilão de imóveis
Chave da casa – Fonte: Pexels

Dicas para participar de leiloes

 

1. Informação

Primeiramente se informe! Veja a origem do item, como banco e seguradora, além do estado do imóvel e das condições em que ele se encontra. Sempre leia o edital, nele você terá acesso a todas as informações e regras do leilão, assim como datas, horários e condições de pagamento. Logo, preste atenção se existem pendências com o imóvel, para saber se vale a pena o investimento.

 

2. Conheça o imóvel

Tente sempre visitar o imóvel, assim você saberá como está e se é isso que você quer. Afinal, sempre vale a pena ver o que você está comprando. Fotos podem enganar facilmente os compradores, principalmente com relação a tamanho e ao estado do imóvel.

 

3. Saiba o quanto vale investir

Baseado no que você viu do patrimônio, determine o máximo que você quer investir nele. Portanto, pesquise antes, veja como está o mercado e quanto você tem financeiramente também. Aliás, não se deixe levar pela dinâmica do leilão, saiba quanto você quer e pode pagar.

 

leilão de imóveis
Dinheiro – Fonte: Pexels

4. Cuidado com os preços

Às vezes o valor pode parecer muito vantajoso, mas cuidado e sempre cheque se há dependências e problemas com a documentação. Portanto, se o preço estiver muito baixo, desconfie! Certifique-se de que está tudo certo com a parte burocrática do imóvel.

 

E aí, está pensando em participar de algum leilão?

 

Por fim, comprar um imóvel leiloado pode realmente ser vantajoso, mesmo que alguns reparos sejam necessários. Contudo, sempre confira as procedências e como siga as dicas acima para comprar com tranquilidade e não ter dor de cabeça. Ainda com dúvida? Então, veja outras alternativas como: Comprar apartamento na planta vale a pena?

 

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes