John Malkovich em The Infernal Comedy – Confissões de um serial killer

107

Recentemente fui ao Teatro Municipal de São Paulo para assistir um de meus atores prediletos: John Malkovich em The Infernal Comedy – Confissões de um serial killer.

A peça conta a história verídica de um sagaz serial killer de prostitutas que virou celebridade no século passado ao escrever um livro e convencer a sociedade de que estava reintegrado a ela.

Embora a peça não tenha exigido muito da capacidade de atuação de Malkovich, seu domínio de palco e interação com o público fizeram a ida ao teatro valer a pena.

Com ares de tragédia grega, a encenação com excelente orquestra de Viena e duas cantoras de ópera une diferentes formas de arte com plenitude.

A peça encerrou seu tour pelo Brasil mais ainda vai rodar partes do mundo. Caso tenha a oportunidade, é um bom programa.

Você também pode gostar!

Não posso encerrar sem destacar negativamente a administração do Teatro Municipal de São Paulo que deixa um espaço lindo como aquele ter como “parceiros”:

– estacionamentos improvisados sujos, mal organizados e com preços abusivos;
– pessoas destreinadas para assessorar o público dentro do teatro;
– assentos caros extremamente mal projetados e desconfortáveis.

Por Fábio Euksuzian, autor dos livros A Ancestral Arte da Poesia, Yôga em Dupla e o CD Relaxe e Desperte!

www.fabioeuk.org

Fotos: Folha e Midiorama

você pode gostar também