Louboutin processa YSL e Carmen Steffens por solas vermelhas

104

- Continue depois da Publicidade -

Está rolando uma briga de salto muito alto entre Christian Louboutin e a tradicional maison YSL, não pelos tapetes vermelhos ,mas pelas solas cor de sangue de seus sapatos. Louboutin ficou irritado com a indiferença da Maison YSL aos seus avisos prévios sobre seus direitos autorais pelas solas vermelhas, sua marca registrada. Ele decidiu seguir com o processo de USD 1 milhão contra a YSL e Carmem Steffens France, marca brasileira que alega produzir e vender sapatos com solado em tons vermelho desde 1966, dois anos antes do próprio Louboutin nascer.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Christian Louboutin, 47 anos, filho de vietnamita, nasceu em Paris. Trabalhou de 1980 a 1986 no Folies Bergère, uma casa de música parisiense cujo apogeu se deu no período da Belle Époque (1890-1920) e que posteriormente virou uma casa de espetáculos.

Em 1991 lançou sua primeira coleção de sapatos femininos com saltos altíssimos (+13cm) e em 1992, inspirado pelas cantoras de cabarés que usavam esmaltes vermelhos e faziam strip-tease sem descer do salto,  lançou os sapatos de salto alto com solas laqueadas em vermelho, que tornou sua assinatura. Sua fama foi tamanha que em 2007 Louboutin decidiu patentear a sola vermelha para se proteger dos imitadores.

Agora cabe à Justiça decidir se os solados vermelhos são exclusivos de Louboutin.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

- Continue depois da Publicidade -