·

Presente Virtual do Vinícius para o Diego – Especial Kylie Minogue

Diego Eu tinha pensado num texto de reflexão. Mas não seria um presente para você. Seria somente mais um texto escrito por mim. Ainda que…

Diego

Eu tinha pensado num texto de reflexão. Mas não seria um presente para você. Seria somente mais um texto escrito por mim. Ainda que a justificativa fosse forçar você a comer sorvete de passas ao rum com chocolate – uma combinação que aprovo – sabendo que seu gosto é de pistache com creme…

Encontrei nos arquivos do FB o nome de Kylie Minogue. Um clique pra cá dois pra lá. Pronto! Não é que a moça é um arraso? No fim das contas a idéia de lhe dar algo novo saiu pela culatra e quem ganhou algo novo fui eu. Escutei umas dez músicas. Ela é muito envolvente, tanto que me peguei batendo o pé ou balançando a cabeça sem perceber. Contagiante!

Foi aí que começou o dilema…

E não deve ter sido um dilema diferente do que sentiu cada um dos participantes deste curioso amigo secreto. Peculiar e próprio do mundo virtual. Onde só mesmo através da virtualidade é possível juntar pessoas com afinidades tão distintas. Como escrever do que não conheço para alguém que conheço pouquíssimo?

O diálogo comigo mesmo me deixou assustado quanto a minha sanidade, mas espero que tenha feito um bom trabalho.

– Uma foto?


– Não. Isso é muito simples. Mande um vídeo.
– Mas qual escolho? Não conheço nenhum e se pegar justamente o que ele não gosta?
– In your eyes?


– Muito legal este. Acho que agora acertei!
– Manda também um link para o fã clube. Ela deve ter um…
– Mando junto a ficha de inscrição virtual, não é?
– E tem que ser virtual. A regra do amigo-secreto é um presente VIR-TU-AL.
– Não seria bacana?
–  Já está virando sacanagem. Fã clube?


– Garimpe mais as matérias, com certeza seu amigo secreto deve gostar de algo mais que ainda não viu.
– Escreva algo sobre ela. Ela é sem dúvida algo que ele gosta.
– Escreverei o que? De alguém que não conheço para alguém que só vejo numa foto?
– Google imagens!!!


– Caramba! Ela é… Não posso escrever o que estou pensando.
– Gostei da foto do calendário. Transparências, foto ousada. E ela também canta?
– Ela é de maio de 1968. Australiana de quarenta anos.
– Quarenta anos? Quem é o dermatologista? Pesquise isso também. Além de linda ela é….. linda.

–  Ocasionalmente compõe.
–  Passa? Cozinha?
– Quem diria? Além de linda, é linda mesmo.
– Veja se ela não é amiga da Britney nem da Amy.
– Não a deixe chegar nem perto. Manda um SMS alertando sobre más companhias.
– Era atriz no início dos anos 80.

– Recebeu um convite para cantar uma música…

– Será que ela leu “O Segredo?”
– Eu conheço essa musica! Que surpresa!
– Ela atuou em 1994 no filme Street Fighter com Jean Claude van Dammer e Raul Julia.
– Ainda não encontrei nada da Britney nem da Amy… Ainda bem.
– Você não vai acreditar…
– O que?
– Ela cantando Dancing Queem do Abba.


–         Mas, não foi nada disso que a projetou.
–         O que foi?
–         Em 2001 e 2002 ela estourou com: Come into my World.

–         Os vídeos são super produzidos.
–         Vídeos e figurinos são sua marca registrada, além, é claro, da sensualidade.
–         Bem que a música poderia ter uns 15 minutos, o vídeo é hipnotizante.
–         E esta?

–         Na primeira vez que se ouve já se gosta.
–         E esta? Never too late?

–         Deliciosa.
–         Ela também ajudou a dirigir o vídeo “Better The Devil You Know”, transparecendo uma mulher ainda mais sensual.


–         Ahhh! Tem aqui seu sucesso mundial.

– Esta também é dela dela? Quem diria?
– Acho que eu sempre gostei dela e não sabia.
– Você acredita que ela tem uma boneca que usa as criações da grife da própria cantora?
– É lógico rapidamente foi comparada a Madonna.
– Olhe que vídeo bacana, Slow.

– E olhe que a poderosa Madonna já a prestigiou usando uma camiseta com seu nome na premiação “Europe Music Awards” da MTV.
– A última dela foi o lançamento do álbum “X”, super aguardado já que ela não lançava nada inédito desde 2003.
– Também… Ela teve câncer de mama em 2005 e só ficou curada em 2006.
– Este álbum também foi o início de sua maior turnê e a mais cara US$32 milhões..
– E o melhor de tudo é que ela saiu do seu eixo Europa-Australia. Vindo para América do Sul, Ásia e para Nova Zelândia.

– Quem diria, agora até virei fã da Kylie!!!!

Grande abraço, ótimas festas e um feliz ano novo!

Matérias Similares