Jefferson Kulig na SPFW Inverno 2010 – Futurismo, jérsei e maxi-paetês

- Continue depois da Publicidade -

 

Amante das novas tecnologias e da ciência, Jefferson Kulig apresentou coleção de inverno na São Paulo Fashion Week norteada pelo viés futurista.

Em coleção de cerca de vinte looks, o estilista apresentou maxi-camisetas que se prestam muito bem ao papel de vestido e vestidos, propriamente ditos. Esses, feitos em jérsei, traziam drapeados e maxi-paetês em pontos estratégicos, como nas costas e no ombro. Destaque para as maxi golas que parecem capuzes.

A cartela de cores, bastante sóbria, tinha tons amarronzados, preto, tons acinzentados e algumas cores mais vivas como amarelo, azul claro e vermelho, para conferir mais leveza.

- Continue depois da Publicidade -

Esta coleção de Kulig diferencia-se das outras feitas pelo estilista por ser menos cerebral e mais simples.

Por Augusto Paz

- Continue depois da Publicidade -

 
Foto de Grão Imagem

SPFW Inverno 2010 – Jefferson Kulig

- Continue depois da Publicidade -

 
Foto de Grão Imagem

 

Foto de Grão Imagem

 
Foto de Grão Imagem

 
 
Foto de Grão Imagem

Você também pode gostar!


 
Foto de Grão Imagem


 
Foto de Grão Imagem



Foto de Grão Imagem

 
Foto de Grão Imagem



Foto de Grão Imagem



Foto de Grão Imagem

Saiba mais sobre Jefferson Kulig

Jefferson Kulig nasceu em Curitiba, Paraná e desde pequeno teve contato com o mundo da moda. Passou parte da infância na fábrica de tricô de seus pais, propondo e criando novas padronagens quando ainda era criança. Kulig se formou em economia, mas em 1993, decidiu estudar estilo e criação no Studio Berçot, de Paris. Em 1996 nasceu a grife que leva seu nome e que em 2003 estreou na São Paulo Fashion Week com a coleção outono inverno. Desde então, participou de todas as edições do evento.

Seu trabalho é conhecido, pois leva temas como ciências, literatura, arte e música às passarelas. Seu trabalho acontece na linha que ‘divide’ a arte, a moda e a pesquisa de materiais. O desenvolvimento do tecido tk-borracha juntamente com a Rhodia, foi sucesso e é até hoje muito utilizado em suas coleções, que na maioria das vezes trazem uma visão futurista.

Blog Jefferson Kulig

Site Jefferson Kulig http://www.jeffersonkulig.com.br/

Por Maria Zelada

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes