Bailes rockabilly unem nova e velha guardas no Centro de SP

- Continue depois da Publicidade -

256

rockabilly.jpg

Os topetes à la anos 50 não chegaram a entrar em extinção, mas, em pleno século 21, voltaram a atrair adeptos em São Paulo. Embalados pela moda retrô, bailes rockabillies ganharam novo impulso, unindo rockers dos 16 aos 50 anos.

Décadas após chegar ao país, o estilo de vida rockabilly carrega a mesma filosofia: diversão acima de tudo. Seus seguidores ainda se dividem em gangues, grupos de amigos representados por brasões. O figurino anos 50 também continua intacto, embora hoje não haja a necessidade de garimpar trajes em brechós ou no guarda-roupa da vovó.

“As roupas ganharam versão reeditada, com novos tecidos e materiais”, comenta a estilista Lili Angélika, de 49 anos, que abriu loja de roupas e acessórios na Rua Augusta.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Leia o artigo completo no Globo.com.

- Continue depois da Publicidade -

Confira galeria de fotos

Leia também:

Dicas para fantasias de festas dos Anos 50 Como se vestir para uma festa dos anos 50 Hairspray – Inspiração para uma festa dos Anos 50-60 Bailes rockabilly unem nova e velha guardas no Centro de SP
Dicas para fantasias de festas dos Anos 50 Como se vestir para uma festa dos anos 50 Hairspray – Inspiração para uma festa dos Anos 50-60? Bailes rockabilly unem nova e velha guardas no Centro de SP

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes