Reva – I chega ao Brasil abrindo caminho para os carros elétricos

153

- Continue depois da Publicidade -

reva-i

Atualmente é raro vermos carros movidos por eletricidade nas ruas do Brasil. Porém, com a preocupação relacionada ao meio ambiente sendo cada vez mais noticiada, bem como as conscientizações ambientais feitas pela mídia e pelo governo,  este cenário deve mudar. Esta mudança deve, de certa forma, causar certo impacto e causar agitação no mercado automobilístico.

O Reva I, por exemplo, é um carro elétrico fabricado na Índia desde 2004 e seu preço é igual ao de um carro popular: U$$ 10 mil ou R$ 19 mil. Mas, aqui no Brasil o preço já é bem mais elevado, chegando a custar R$ 70 mil por causa de impostos e taxas de importação.Por aqui, apenas 2 peças estão sendo vendidas no momento, já que foram trazidas por importadores independentes, mas é possível encomendar o veículo, que chega depois de aproximadamente 5 meses.

- Continue depois da Publicidade -

reva-i-05

Segundo o site G1, que testou o carro, ao ligá-lo é praticamente imperceptível o som do motor, gerando até dúvidas se o veículo está ligado.  Não possui o pedal da embreagem, pois é automático e o sistema de troca de marchas funciona por um botão localizado próximo à direção. Ao colocar o Reva I em movimento é necessário prestar atenção no painel, pois pisando muito forte no acelerador um alerta acende, lembrando o condutor que o veículo tem como principal objetivo a economia e exige uma aceleração mais leve.

Painel - Reva I - Site G1
Imagem do site G1

- Continue depois da Publicidade -

Conforme diz a empresa que comercializa o carro na América Latina, ele é capaz de andar até 80 km a cada recarga completa que recebe, mas pode variar entre 60 e 70 km durante o dia-a-dia.  O que explica esses números é que a bateria não depende apenas do modo de condução, mas também do consumo de outros equipamentos elétricos como os faróis e o aparelho de som.

Para o site Planeta Sustentável, da Editora Abril, “com o mesmo consumo de energia mensal de uma geladeira duplex, o Reva-i foi feito para ir de casa ao trabalho e vice-versa, de preferência por caminhos congestionados. Com trânsito lento, ele não perde autonomia e o custo por quilômetro rodado pode ser até sete vezes menor, na comparação com um modelo 1.0 a gasolina. São argumentos racionais que, se ainda não são tão convincentes, podem ser uma trilha aberta por um pequeno precursor dos novos tempos.”

- Continue depois da Publicidade -

As informações do site Carplace dão conta de que “os dados informados pela importadora do Reva i, a velocidade máxima do carrinho é de 80 km/h. O modelo pode ser carregado em tomadas de 127V ou 220V. A recarga completa das baterias feita em oito horas, mas em duas horas e meia pode-se recarregar 80% do total das oito baterias. A importadora também informa que a vida útil é de três a cinco anos ou 600 ciclos de carga, o que representa cerca de 50 mil quilômetros.”

Tomada - Reva I - Site Carplace
Imagem do site Carplace

- Continue depois da Publicidade -

Confira vídeo do site Quatro Rodas.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Reva – I ( Carro elétrico) – Quatro Rodas

Mais imagens do Reva – I:

Reva-i-3

Carro Reva I - Site Carplace

reva-rear

reva-i 2

Reva-i-4

Marchas  Reva 1 - Site G1
Imagem do site G1

reva - interior
Imagem do site Go Eletric

reva - parte traseira
Imagem do site Go Eletric

Fontes:
G1
Carplace
Planeta Sustentável
Go Eletric

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também