Itália reforça presença no setor da moda brasileira no São Paulo Prêt-à-Porter

 Itália reforça presença no setor da moda brasileira no São Paulo Prêt à Porter

Numa ação conjunta do ICE – Instituto Italiano para o Comércio Exterior, entidade governamental ligada ao Ministério do Desenvolvimento Econômico da Itália, da EMI – Ente Moda Itália e do SMI – Sistema Moda Itália, nove renomadas marcas italianas participam da São Paulo Prêt-à-Porter, Feira Internacional de Moda, Confecções e Acessórios, que acontece de 18 a 21 de janeiro de 2011, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Em sua primeira edição, e abrindo o calendário de eventos do setor da moda brasileira, a SP Prêt-à-Porter contará com a presença coletiva da Itália, onde nove expositores apresentarão uma vasta gama de produtos nos segmentos da moda prêt-à-porter, feminina e masculina, da conceituada alfaiataria e camisaria, do clássico contemporâneo ao casual e artigos em couro, entre outros, para as coleções outono/ inverno 2011.

Considerando o Brasil como mercado potencial e buscando novas oportunidades de negócios, o país reforça, a cada ano, sua presença no setor. “Além de ser uma das áreas mais promissoras do varejo brasileiro, o setor de vestuário, apresenta grandes perspectivas de crescimento, o que o torna altamente atraente para investidores internacionais. As empresas italianas vêm com o objetivo de promover o produto Made in Italy, desenvolver parcerias e novos negócios, bem como criar uma interface com o mercado consumidor”, afirma Giovanni Sacchi, diretor do ICE para o Brasil.  

Segundo o Instituto Italiano de Estatísticas, a indústria da moda italiana (vestuário, calçados, bolsas, tecidos e acessórios) representa 11% do PIB da Itália, com faturamento anual de cerca de 48 bilhões de euros. A moda masculina responde por 8.2 bilhões de euros.

EMPRESAS – Pavilhão Italiano
HONEGGER – Desenvolve projetos para incrementar negócios no setor, dirigida às empresas, associações e instituições. Apoia indústrias italianas representando, no mundo, marcas selecionadas de calçados e acessórios, através do I-Shoes Made in Italy e moda, através do I-Fashion Made in Italy.

FABIO INGHIRAMI – Confecção italiana de moda clássica masculina, aposta no estilo contemporâneo para desenvolver suas coleções. Enriquecida por detalhes nos acabamentos e da alta qualidade da alfaiataria, a marca usa tecidos e aviamentos exclusivos nas suas coleções.

INGRAM – Reconhecida marca de camisaria, feminina e masculina, destaca-se pelos tecidos e modelos diferenciados. O corte, a costura e a confecção resultam em peças elegantes, desenvolvidas com tecidos nobres e de alta qualidade.
ROBERT FRIEDMAN – Confecção de moda masculina destaca-se pelas coleções modernas e inovadoras  combinando diferentes materiais, tecidos e cores.
MANIFATTURA DEL SEVESO (www.manifatturadelseveso.it) – Com quase 100 anos de atividade na indústria têxtil, a Manifattura del Seveso, adquiriu grande expertise no enobrecimento e acabamento de tecidos. Consolidada como produtor líder, na Itália e Europa, de telas para encadernação, papelaria e embalagens de luxo, a marca apresenta, em sua linha, produtos totalmente recicláveis, produzidos com material sustentável.

PAMELA MILANO – Confecção de moda feminina prêt-à-porter e acessórios. Suas coleções apresentam peças únicas e versáteis.

SEVERI
– O grupo concentra suas coleções em três marcas: “MARIA GRAZIA SEVERI”, para mulher chique e sofisticada, com peças sóbrias e elegantes; “22 MAGGIO”, linha dedicada à mulher refinada, espirituosa e jovial; “SEVERI DARLING”, para mulheres que vestem tamanhos grandes, com coleções atualizadas e que respondam às exigências especiais desta consumidora.

SUPREMA 90 - Empresa que atua, desde 1982, na produção, venda e exportação de vestuário e artigos em couro. Com modelos diferenciados, produz linhas mais jovens e casuais e produtos mais sofisticados. O uso de materiais inovadores e a qualidade dos produtos permitiram que a empresa se consolidasse não apenas na Itália, mas também em outros mercados, como América e Ásia.

XACUS – Reconhecida marca de moda masculina produz peças inovadoras e de alta qualidade para as linhas Xacus e Paolo da Ponte. Com confecção artesanal, as coleções trazem o vestuário clássico masculino alinhado às novas tendências e propostas da moda contemporânea.
Entidades no Pavilhão Italiano
ICE - Instituto Italiano para o Comércio Exterior

Entidade responsável pela promoção do intercâmbio comercial e tecnológico entre a Itália e os demais países, sobretudo no que tange às empresas de pequeno e médio porte e seus consórcios de exportação. Sediado em Roma, possui 17 escritórios na Itália e outros 117 distribuídos em 87 países.

Com sua rede de escritórios, garante apoio às empresas italianas que desejam atuar no mercado global, fornecendo informações a nível econômico, legal e técnico, bem como desenvolvendo estudos setoriais e análises personalizadas da concorrência e de viabilidade de mercado, auxiliando-as no fechamento de contratos de venda, estabelecimento de joint-ventures, concessão de licenças e instituição das demais formas de cooperação. Através da realização de Pavilhões Oficiais Italianos em exposições internacionais e de missões comerciais de empresários à Itália, bem como de italianos ao exterior, de cursos e convenções, de campanhas publicitárias e outras iniciativas de seu Programa Promocional, o ICE intensifica as oportunidades de negócios, reforça a imagem da marca Made in Italy e promove a cooperação industrial e o investimento de capital estrangeiro na Itália.

EMI – Ente Moda Itália

Atuando há mais de 25 anos na promoção do “Made in Italy” no mundo, a EMI apoia e organiza a presença de empresas italianas em feiras de moda, buscando acordos de distribuição e cooperação com foco principal na expansão de pequenas e médias empresas nos mais importantes mercados internacionais. O EMI surgiu de uma iniciativa do Centro de Firenze para a Moda Italiana e do Sistema Moda Itália, que juntos promovem as feiras Pitti Donna, Pitti Uomo e Pitti Bimbo, em Firenze.
SMI – Sistema Moda Itália

O SMI é uma das maiores organizações de representação industrial do setor têxtil, moda e confecção. A Federação representa um setor fundamental para a indústria e economia italiana, que possui mais de 500 mil empregados em quase 60 mil empresas. O SMI é um serviço disponível as empresas italianas do setor, sendo interlocutor oficial de instituições e organizações nacionais e internacionais. É ligado à Confindustria (Confederação das Indústrias Italianas) e sócio fundador da Euratex, Organização Européia do Setor Têxtil, Moda e Confecções.

Informações à Imprensa

Instituto Italiano para o Comércio Exterior
Deptº para a Promoção de Intercâmbios da Embaixada da Itália
Regina Di Marco     rdimarco@uol.com.br
Silvia Colaianni       rm-comunicacao@uol.com.br
T +55 11 2950.4820
www.italtrade.com/brasil
www.ice.gov.it

Serviço

SP Prêt-à-Porter (Feira Internacional de Moda, Confecções e Acessórios)
Pavilhão Italiano: Rua C – Estande 45
Local: Expo Center Norte, São Paulo – SP
Data: 18 a 21 de janeiro de 2011
Horário: terça a quinta-feira das 10h às 20h/ sexta-feira das 10h às 17h

Por Queila Ferraz

Publicação: 11 de janeiro de 2011

AUTOR

Queila Ferraz, Coordenadora Geral do Curso de Design de Moda da UNIP, foi professora da Universidade Anhembi Morumbi e dos cursos de pós-graduação de Moda do Senac. É historiadora de moda, especialista em processos tecnológicos para confecção e consultora de implantação para modelos industriais para a área de vestuário.

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
wanessa
Wanessa apresenta espetáculo Worth It na The Week São Paulo

Após o megasucesso de sua apresentação na The Week do Rio, Wanessa levará o show “Worth It “ para a...

Fechar