Greenpeace acusa Louis Vuitton, Dolce e Gabbana, Dior e Versace de venderem moda infantil tóxica

O Greenpeace está mais uma vez com o radar apontado para a indústria da moda. A ONG acaba de lançar sua mais nova campanha, a fim de conscientizar os consumidores dos perigos escondidos atrás de uma etiqueta — mesmo que esta seja de luxo.

Greenpeace acusa Louis Vuitton, Dolce e Gabbana, Dior e Versace de venderem moda infantil tóxicaNova campanha do Greenpeace acusa grandes nomes da moda

Batizada de “The King Is Naked (O Rei Está Nu)”, a ação tem como objetivo denunciar grandes grifes do mercado, acusadas de comercializarem moda infantil contendo substâncias tóxicas e perigosas às pessoas e ao meio ambiente. E quem são os nomes por trás da denúncia? De acordo com a organização, ninguém menos das poderosas do “Made in Italy”:  Dolce & Gabbana, Dior e Versace, além da francesa Louis Vuitton.

Greenpeace acusa Louis Vuitton, Dolce e Gabbana, Dior e Versace de venderem moda infantil tóxica

O Greenpeace realizou uma análise em roupas e calçados infantis e, em oito grifes de luxo, encontrou substâncias químicas que podem ser nocivas. O resultado mostrou que 16 dos 27 produtos testados (59%) continham Etoxilato de Nonilfenol (NPE), Phthalates, Antimônio e outros componentes. “Não importa o quanto você paga, essas lindas roupas estão escondendo uma verdade terrível”, afirma a campanha.

Greenpeace acusa Louis Vuitton, Dolce e Gabbana, Dior e Versace de venderem moda infantil tóxica

Ainda segundo a ONG, a indústria têxtil é responsável por grande parte da poluição dos mares e oceanos do Sul do planeta, onde o uso de substâncias que podem ser perigosas ainda não está devidamente regulamentado. Tais componentes podem provocar distúrbios hormonais e gerar riscos à saúde de crianças e adultos e, conforme o alerta do Greenpeace, estão presentes tanto em produções de larga escala provenientes da China, quanto na moda de luxo.

Greenpeace acusa Louis Vuitton, Dolce e Gabbana, Dior e Versace de venderem moda infantil tóxica

No site da ONG, você consegue assinar uma petição para as grifes solicitando o fim da intoxicação, além de baixar o relatório na íntegra.

Imagens: reprodução / Site do Greenpeace

Publicação: 6 de março de 2014

AUTOR

Graduada em jornalismo e moda, Marcela é apaixonada por tudo que envolva os universos da moda, beleza, comportamento e cinema. Adora cultura geek, mas só quando o assunto é tecnologia. Já atuou na Revista Estilo, Guia Jeanswear e All Lingeriea, além de coloborar com o Blog do Pro e revista World Fashion.

COMENTÁRIOS

DESCONTOS EXCLUSIVOS FASHION BUBBLES

Leia o post anterior:
Mini-fashionista faz sucesso na internet com vestidos de festa de papel

O perfil do Instagram @2sisters_angie era bem comum para as mães que gostam de dividir os momentos de seus filhos...

Fechar